Tipos de empresas para abrir

Por: | Data: fevereiro 23, 2022

Tipos de empresas para abrir

Quem decide empreender e montar o próprio negócio têm à sua disposição, diferentes tipos de empresas para abrir.

Neste conteúdo, vamos apresentar os principais tipos de empresa existentes no Brasil e suas características.

Você sabe qual o melhor tipo de empresa para abrir? Continue conosco e acompanhe esse conteúdo até o final para saber mais sobre o assunto e tirar todas as suas dúvidas.

Tipos de empresa para abrir no Brasil

Tipos societários, tipos de empresa ou natureza jurídica, definem dentre outras coisas, se o empreendedor montará sua empresa sozinho ou com o apoio e parceria de sócios.

No entanto, os tipos de empresa não se resumem apenas a existência ou não de sócios no negócio. Sendo necessário que todo empreendedor conheça as principais características de cada opção.

Conhecer os tipos de empresas para abrir um negócio é fundamental para tomar uma decisão assertiva e não se arrepender no futuro.

1.MEI – Microempreendedor Individual

O MEI – Microempreendedor Individual é uma das opções mais procuradas por aqueles que pretendem abrir uma empresa e montar o próprio negócio.

Quem opta pelo MEI, toma essa decisão com base na facilidade para abrir esse tipo de empresa e na sua reduzida carga mensal de impostos.

No entanto, apesar dos benefícios é importante conhecer as limitações do MEI, dentre elas:

  • Faturamento limitado a R$ 81 mil por ano;
  • Não pode contratar mais que 1 funcionário;
  • Não pode desenvolver determinadas atividades;
  • Não permite a inclusão de sócios no negócio.

Abrir Empresa

Além disso, quem decide abrir um MEI, não pode ser sócio ou proprietário de outras empresas e negócios.

2.EI – Empresário Individual

O EI – Empresário Individual é mais uma das opções em tipos de empresas para abrir um negócio de forma individual, ou seja, sem sócios.

Esse tipo de empresa vem caindo em desuso, uma vez que não oferece muita segurança jurídica ao empreendedor no que tange ao seu patrimônio pessoal.

Na EI, o patrimônio pessoal do empresário e da empresa permanecem vinculados, o que significa que os bens pessoais do empreendedor podem ser penhorados para quitação de dívidas não pagas pela sua empresa.

3.SLU – Sociedade Limitada Unipessoal

A opção mais procurada e indicada atualmente para quem pretende abrir uma empresa individual é a Sociedade Limitada Unipessoal.

Esse tipo de empresa nasceu com a Lei da Liberdade Econômica e substituiu a antiga EIRELI – Empresa Individual de Responsabilidade Limitada.

Na SLU, a principal vantagem dos empreendedores é a desvinculação entre o seu patrimônio pessoal e o patrimônio da empresa. Sendo assim, em caso de dívidas vinculadas ao CNPJ, os bens pessoais do empreendedor permanecem protegidos.

Além disso, um mesmo empreendedor pode abrir mais de uma SLU, diferentemente do que acontece no EI – Empresário Individual e no MEI – Microempreendedor Individual.

Sem limites de faturamento ou outras exigências, a SLU é sem dúvidas a melhor opção para empresários individuais.

4.Sociedade Empresária Limitada

A Sociedade Empresária Limitada é uma das opções em tipos de empresa para quem pretende abrir um negócio com dois ou mais sócios.

Sua principal vantagem é a natureza limitada, que protege o patrimônio dos sócios de dívidas da empresa, limitando a responsabilidade dos sócios ao capital social da empresa.

Além disso, esse tipo de empresa oferece flexibilidade para inclusão e exclusão de sócios do quadro societário, a qualquer momento.

5.Sociedade Simples

Por sua vez, a Sociedade Simples é um tipo de empresa destinada exclusivamente ao exercício de atividades de natureza, artística, científica ou literária.

Sendo assim, essa é uma excelente opção para médicos, dentistas, engenheiros, arquitetos e outros profissionais que desejam desenvolver suas atividades em sociedade.

Uma Sociedade Simples pode ser de dois tipos:

  • Sociedade Simples Pura: Onde o patrimônio pessoal dos sócios fica vinculado ao negócio.
  • Sociedade Simples Limitada: Onde o patrimônio pessoal dos sócios não fica vinculado ao negócio.

6.SUA – Sociedade Unipessoal de Advocacia

A Sociedade Unipessoal de Advocacia é um tipo de empresa exclusivo para profissionais que pretendem abrir um CNPJ para conquistar o direito de exercer a advocacia como pessoa jurídica.

A opção é muito procurada por advogados que buscam uma alternativa para garantir economia no pagamento de impostos.

7.Sociedade Anônima – S.A

Por fim, temos a Sociedade Anônima, ou S.A, tipo de empresa onde o capital social é dividido em cotas e distribuído entre os seus sócios.

A responsabilidade de cada sócio fica limitada ao valor das suas cotas, ou seja, a sua participação no negócio.

Além disso, uma S.A pode ser classificada da seguinte forma:

  • Capital aberto: Com ações negociadas na Bolsa de Valores;
  • Capital fechado: Sem negociação de ações na Bolsa de Valores.

Tipos de porte de empresa para abrir no Brasil

Além da classificação de tipos de empresa para abrir no Brasil, com base no regime societário e natureza jurídica, temos também, os tipos de empresa com base no porte.

Confira as opções disponíveis:

  • ME – Microempresa;
  • EPP – Empresa de Pequeno Porte;
  • Médio e Grande Porte.

Por sua vez, dentre os critérios adotados para definir o porte em que cada empresa deve ser enquadrada, temos as seguintes opções:

ANVISA – Por Faturamento Anual

A ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária classifica os tipos de empresa quanto ao porte com base no faturamento, observando a seguinte tabela:

Porte da empresa Faturamento anual
Grupo I – Empresa de Grande Porte Superior a R$50 milhões
Grupo II – Empresa de Grande Porte Igual ou inferior a R$50 milhões e superior a R$20 milhões
Grupo III – Empresa de Médio Porte Igual ou inferior a R$20 milhões e superior a R$6 milhões
Grupo IV – Empresa de Médio Porte Igual ou inferior a R$6 milhões
Empresa de Pequeno Porte (EPP) Igual ou inferior a R$4,8 milhões e superior a R$360 mil
Microempresa Igual ou inferior a R$360 mil

BNDES – Por Faturamento Anual

Por sua vez, o BNDES – Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social classifica os tipos de empresa quanto ao porte, observando a tabela de faturamento abaixo

Porte da empresa Faturamento anual
Microempresa Menor ou igual a R$ 360 mil
Pequena empresa Maior que R$ 360 mil e menor ou igual a R$ 4,8 milhões
Média empresa Maior que R$ 4,8 milhões e menor ou igual a R$ 300 milhões
Grande empresa Maior que R$ 300 milhões

IBGE/SEBRAE – Por Número de Funcionários

Curiosamente, o SEBRAE e o IBGE classificam os tipos de empresas quanto ao porte, levando em consideração o tipo de atividade desenvolvida e o número de funcionários.

Porte Indústria Serviços
Microempresa Até 19 empregados Até 9 empregados
Pequena empresa De 20 a 99 empregados De 10 a 49 empregados
Média empresa De 100 a 499 empregados De 50 a 99 empregados
Grande empresa 500 ou mais empregados 100 ou mais empregados

Receita Federal – Por Faturamento Anual

Por fim, temos a Receita Federal, que classifica os tipos de porte de empresa da seguinte forma:

  • MEI – Microempreendedor Individual: Faturamento anual de até R$ 81 mil;
  • ME – Microempresa: Faturamento anual de até R$ 360 mil;
  • EPP – Empresa de Pequeno Porte: Faturamento anual de até R$ 4,8 milhões;
  • Demais Portes: Para empresas que faturam mais de R$ 4,8 milhões por ano.

Passo a passo para abrir uma empresa

Agora que você já conhece os diferentes portes e tipos de empresa para abrir, é hora de conferir um passo a passo completo para tirar seus planos do papel e abrir a sua empresa.

Abrir uma empresa e realizar o sonho de montar o próprio negócio, pode ser muito mais simples e prático do que você imagina, confira o checklist que preparamos e vamos apresentar na sequência.

Abrir Empresa

1.Monte um plano de negócio

Quando o assunto é o passo a passo para abrir uma empresa, recomenda-se que o empreendedor inicie pelo plano de negócios.

Muito embora a montagem do plano de negócios não seja um requisito obrigatório para abertura e legalização de empresas, o documento em questão é fundamental para que o empreendedor tenha sucesso em sua empreitada.

Em um plano de negócios completo, temos uma série de informações importantes sobre a futura empresa, incluindo:

  • Objetivos do negócio;
  • Planejamento financeiro;
  • Planejamento de marketing;
  • Estudo de mercado e concorrentes;
  • Definição do público-alvo;
  • Escolha dos fornecedores;
  • Atividades a serem desenvolvidas;
  • Investimento necessário;
  • Prazo estimado de retorno;
  • Dentre outros itens importantes.

2.Contrate um serviço de contabilidade

Após a elaboração do plano de negócios, o empreendedor que está planejando a abertura de uma empresa, deve contratar um serviço de contabilidade.

O suporte de uma contabilidade completa é fundamental para abrir uma empresa e manter suas obrigações em dia com o fisco.

Dentre as atribuições e responsabilidades da contabilidade, podemos destacar:

  • Registro e legalização de empresas;
  • Apuração e cálculo de impostos;
  • Cálculo do pró-labore e da folha de pagamento;
  • Registro e admissão de funcionários;
  • Entrega de obrigações acessórias ao fisco.

3.Separe os documentos necessários

Na sequência, será preciso separar os documentos exigidos para o registro e legalização de empresas no Brasil, incluindo:

  • RG e CPF;
  • Comprovante de Residência;
  • Contrato Social ou Requerimento de Empresário;
  • FCN – Ficha de Cadastro Nacional;
  • Inscrição imobiliária ou Carnê IPTU do local para instalação da empresa.

Possui dúvidas em relação a um ou mais documentos presentes na lista acima? Não se preocupe, entre em contato conosco e receba a orientação do nosso time de contadores.

4.Escolha o tipo de empresa

Conforme já destacamos ao longo deste conteúdo, quem pretende montar um negócio precisa escolher entre um dos tipos de empresa para abrir.

Vamos lembrar quais são as opções que temos disponíveis?

  • MEI – Microempreendedor Individual;
  • EI – Empresário Individual;
  • SLU – Sociedade Limitada Unipessoal;
  • Sociedade Empresária Limitada;
  • Sociedade Simples;
  • SUA – Sociedade Unipessoal de Advocacia;
  • S/A – Sociedade Anônima.

Nossos contadores vão analisar os seus objetivos e as características do seu negócio e na sequência, indicar a melhor alternativa para a sua empresa.

5.Defina um regime tributário

Dando sequência ao nosso passo a passo para abertura de empresas, o empreendedor precisará definir em conjunto com sua contabilidade qual regime tributário adotar.

Dentre as opções disponíveis, temos:

  • Simples Nacional: para empresas que faturam até R$ 4,8 milhões por ano (micro e pequenas empresas).
  • Lucro Presumido: para empresas que faturam até R$ 78 milhões por ano.
  • Lucro Real: Para empresas que faturam mais de R$ 78 milhões por ano ou que estão obrigadas ao enquadramento neste regime, por força de lei.

6.Aguarde a emissão do CNPJ e outros documentos

Por fim, é só aguardar a emissão dos documentos da sua empresa, incluindo:

  • CNPJ – Cadastro Nacional das Pessoas Jurídicas;
  • Inscrição Estadual;
  • Inscrição Municipal;
  • Alvará de Localização e Funcionamento;
  • Licenças Especiais (quando necessárias).

Como abrir uma empresa de forma gratuita pela internet?

Após conferir todas as etapas do tópico anterior você pode chegar a pensar que abrir uma empresa é um processo extremamente burocrático.

No entanto, a boa notícia é que independente do tipo de empresa que você pretende abrir, é possível fazer isso pela internet, com total facilidade e comodidade.

Para isso, basta que você assine um dos nossos planos anuais de contabilidade e garanta abertura de empresa gratuita!

Conte com o time de contadores e especialistas da Já Calculei! Siga o passo a passo abaixo:

  • Efetue o seu cadastro em nosso chatbot, clicando aqui;
  • Escolha o plano ideal para as suas necessidades;
  • Efetue o pagamento da primeira mensalidade.

Pensando em abrir uma empresa, mas antes de tomar uma decisão, precisa saber mais e tirar outras dúvidas?

Clique aqui e fale com um dos nossos contadores por WhatsApp!

A Já Calculei Contabilidade Online atende empresas e empreendedores de todas as partes do Brasil, oferece serviços completos e tem planos sob medida para cada tipo de empresa.

Sendo assim, não perca mais tempo e entre em contato conosco, hoje mesmo!

Conte com uma contabilidade parceira e comprometida com os resultados da sua empresa.