Atualizar o Simples Nacional

Por: | Data: março 21, 2022

Atualizar o Simples Nacional

Como atualizar o Simples Nacional? Essa é uma dúvida muito comum entre empresários e empreendedores que por descuido ou problemas financeiros, acabam atrasando o pagamento da guia do Simples.

Pensando nisso e na importância do assunto, decidimos preparar um conteúdo completo, explicando como funciona a atualização das guias vencidas e o parcelamento de débitos em aberto com o Simples Nacional.

Continue conosco e acompanhe esse conteúdo até o final, para colocar a sua empresa em dia e evitar problemas com o fisco.

Como atualizar o Simples Nacional?

Como todos nós sabemos, o DAS – Documento de Arrecadação do Simples, tem como data de vencimento o dia 20 de cada mês.

Sendo assim, uma vez que o pagamento não é realizado até a data de vencimento, é preciso atualizar o Simples Nacional.

Contabilidade Online

Para emissão da guia atualizada, siga o passo a passo abaixo:

  1. Acesse o site do Simples Nacional, clicando aqui.
  2. Escolha a opção PGDAS-D e DEFIS – a partir de 2018” ;
  3. Acesse com seu código de acesso ou certificado digital;
  4. Caso não possua um código de acesso, clique aqui para cadastrar (guarde o código em local seguro, você precisará dele nos outros meses);
  5. Informe o CPF do Responsável Legal e CNPJ da empresa para acessar;
  6. Por fim, siga o passo a passo, preenchendo os campos corretamente para gerar boleto do Simples Nacional atualizado.

Vale destacar que sobre as guias do Simples Nacional em atraso, incide multa de 0,33% ao dia, limitada a 20% e juros calculados de acordo com a Taxa Selic do período.

Diante disso, manter o pagamento das guias em dia, é sempre o melhor caminho para o empresário que deseja garantir economia, evitando juros e multas sobre o valor devido.

Como parcelar o Simples Nacional?

Nos casos, onde os valores para pagamento das guias em atraso estão elevados e fora das possibilidades da empresa, é possível aderir ao parcelamento.

Veja como funciona:

  1. Acesse o site do Simples Nacional, clicando aqui.
  2. Clique em “Simples – Serviços” e na sequência, em “Parcelamento – Simples Nacional”;
  3. Faça login com o seu certificado digital ou código de acesso;
  4. Clique em “Pedido de Parcelamento”;
  5. Confira as condições e confirme para aderir ao parcelamento.

Vale lembrar, que o pedido só será efetivado após o pagamento da primeira parcela e que para obter o parcelamento é necessário concordar com as seguintes condições:

  • Os débitos são parcelados entre 2 e 60 prestações;
  • O valor mínimo de cada parcela é de R$ 300,00;
  • O valor de cada parcela é acrescido de juros, utilizando como referência a taxa Selic;
  • A primeira parcela deve ser quitada no mês de opção pelo parcelamento;
  • As demais parcelas devem ser pagas até o último dia útil de cada mês.

Com o parcelamento, as empresas em débito com o Simples Nacional, conseguem ganhar tempo e ao mesmo tempo, mantém sua situação em regularidade com o fisco, podendo exercer normalmente suas atividades.

Precisa atualizar a guia do Simples Nacional ou solicitar o parcelamento de débitos em aberto? Clique aqui e entre em contato conosco!

O que acontece com empresas que atrasam o Simples Nacional?

Agora que você já sabe como atualizar o Simples Nacional, é hora de conferir o que acontece com as empresas que atrasam o pagamento da DAS.

No entanto, é importante esclarecer que a cobrança de multa e juros não são as únicas consequências para as empresas em atraso com o Simples.

Na prática, os atrasos podem gerar consequências muito mais graves, incluindo:

  • Exclusão do Simples Nacional;
  • Suspensão temporária do CNPJ;
  • Encerramento definitivo do CNPJ.

Dentre as consequências listadas acima, a exclusão do Simples Nacional é a primeira a ser aplicada pelo fisco, sobre empresas que estão em atraso.

Ao ser excluída do Simples Nacional, a empresa precisa aderir a outros regimes tributários, dentre eles o Lucro Presumido ou o Lucro Real.

Nesses regimes, as empresas passam a pagar impostos em guias separadas e na maioria dos casos, enfrentam uma carga tributária maior.

Para retornar ao Simples Nacional, é preciso regularizar as pendências e solicitar o enquadramento no mês de janeiro do ano seguinte.

Como atualizar o cadastro de empresas no Simples Nacional?

Quando o assunto é como atualizar o Simples Nacional, muitos questionam sobre os procedimentos para alteração de dados cadastrais da empresa perante o fisco, incluindo:

  • Alteração de Nome Fantasia;
  • Alteração de endereço;
  • Inclusão e exclusão de atividades (CNAE);
  • Alterações no quadro societário;

Em situações que exigem alterações de dados cadastrais, é necessário protocolar um pedido de alteração contratual na Junta Comercial.

Por fim, será necessário atualizar o cadastro da empresa em órgãos como a Secretaria Estadual de Fazenda e a Prefeitura.

Para realizar esse tipo de procedimento, é fundamental que o empresário procure o auxílio e a orientação de um contador.

Contabilidade Online

Contabilidade para empresas do Simples Nacional

Agora que você já sabe como atualizar o Simples Nacional, conheça os nossos serviços e mantenha a sua empresa em dia com o fisco.

A Já Calculei Contabilidade Online, atende negócios de todo o Brasil e oferece serviços completos em contabilidade para empresas do Simples Nacional.

Conheça alguns dos nossos serviços:

  • Abertura de empresa gratuita;
  • Troca de contabilidade grátis;
  • Cálculo da guia do Simples Nacional;
  • Registro de admissão e desligamento de funcionários;
  • Cálculo de pró-labore e folha de pagamento;
  • Entrega de declarações e obrigações acessórias;
  • Apresentação do balanço contábil e DRE;
  • Dentre outros serviços em contabilidade.

Aqui na Já Calculei, você encontra uma plataforma online exclusiva, para consulta e download dos documentos da sua empresa e conta com um time de contadores à sua disposição.

Sendo assim, sua empresa fica em dia com o fisco e evita problemas com o Simples Nacional.

Contrate um dos nossos planos, com mensalidades a partir de R$ 99,00 e mantenha sua empresa em dia com o fisco.

Para saber mais ou tirar outras dúvidas, clique aqui e entre em contato conosco, agora mesmo!