Como abrir uma consultoria de TI

Por: | Data: junho 22, 2022

Como abrir uma consultoria de TI

Com o avanço da tecnologia, negócios na área de TI são a bola da vez e opções cada vez mais procuradas por aqueles que desejam empreender e montar o próprio negócio.

Observando o cenário do mercado de tecnologia da informação, a Já Calculei decidiu preparar um conteúdo completo com insights e informações que vão ajudar você a abrir uma consultoria de TI.

Pensando em abrir uma consultoria, mas não sabe por onde começar? Vamos ajudar você! Continue conosco e acompanhe este conteúdo até o final.

O que é uma consultoria de TI?

Como o próprio nome sugere, consultoria de TI é a empresa especializada em fornecer suporte e assessoria de tecnologia da informação para empresas e organizações dos mais diferentes portes e segmentos.

Em um mundo cada vez mais conectado e tecnológico, empresas que pretendem crescer e conquistar os melhores resultados precisam investir em estrutura e soluções de TI que incluem dentre outros, os seguintes itens:

  • Redes de computadores;
  • Periféricos;
  • Softwares;
  • Manutenção de equipamentos;
  • Políticas de segurança.

Abrir Empresa

Para manter suas áreas de TI em ordem e garantir o perfeito funcionamento dos negócios, as empresas e organizações podem optar por montar um departamento próprio de TI ou contratar os serviços especializados de uma consultoria.

Na maioria dos casos, a segunda opção tem se mostrado a escolha mais eficaz e econômica, principalmente para empresas que dependem da área de TI, mas não atuam diretamente neste segmento de negócios.

Em meio a um cenário onde praticamente todas as empresas e organizações precisam da informática e da internet para desenvolver suas atividades, a demanda por serviços especializados em consultoria de TI vem crescendo bastante.

O que é necessário para abrir uma consultoria de TI?

O empreendedor interessado em abrir uma consultoria de TI precisa de conhecimento técnico na área e também de um plano de negócios que o auxilie a colocar suas ideias no papel e estruturar o seu negócio.

É interessante estudar o mercado, seus principais concorrentes e pensar em diferenciais competitivos que coloquem a sua empresa em posição de destaque frente à concorrência.

Você também precisará definir um público alvo, modelo de trabalho e desenhar processos que o ajudem a oferecer seus serviços e conquistar os primeiros clientes.

Em síntese, a montagem de uma consultoria de TI deve iniciar por um plano de negócios que leve em consideração, dentre outros, os seguintes itens:

  • Planejamento financeiro;
  • Planejamento de marketing;
  • Serviços a serem ofertados;
  • Mão de obra necessária;
  • Principais concorrentes;
  • Perfil do público-alvo;
  • Investimento necessário.

Qual o CNAE para consultoria de TI?

Quando o objetivo é abrir uma consultoria de TI, uma das tarefas do empreendedor consiste em definir quais tipos de serviços sua empresa oferecerá ao mercado.

A definição do rol de serviços é fundamental para correta classificação da empresa na tabela CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas).

Como regra geral, o CNAE para consultoria de TI é o 6204-0/00 – Consultoria em tecnologia da informação, no entanto, a depender do rol de atividades da empresa, alguns CNAEs secundários podem ser vinculados ao CNPJ, incluindo:

  • 4751-2/01 – Comércio varejista especializado de equipamentos e suprimentos de informática;
  • 6202-3/00 – Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis;
  • 6209-1/00 – Suporte técnico, manutenção e outros serviços em tecnologia da informação;
  • 8599-6/03 – Treinamento em informática;
  • 9511-8/00 – Reparação e manutenção de computadores e de equipamentos periféricos.

Como funciona a tributação para consultoria de TI?

Quem decide abrir uma consultoria de TI tem três regimes tributários à sua disposição:

  • Simples Nacional;
  • Lucro Presumido;
  • Lucro Real.

Cada regime tributário possui suas próprias características e alíquotas, sendo o Simples Nacional e o Lucro Presumido as opções normalmente mais indicadas para empresas que desenvolvem atividades em consultoria de TI.

Simples Nacional para consultoria de TI

No Simples Nacional, as empresas de consultoria de TI podem faturar até R$ 4,8 milhões por ano e contam com o benefício de pagar seus impostos em guia única.

A tributação é calculada sobre o faturamento e conta com alíquotas proporcionais ao faturamento da empresa.

As alíquotas iniciam em 6% ao mês para empresas que possuem despesas com folha de pagamento em volume igual ou superior a 28% do seu faturamento (Anexo III) e em 15,50% para as demais (Anexo V).

Lucro Presumido para consultoria de TI

Por sua vez, as empresas de consultoria de TI optantes pelo Lucro Presumido, podem faturar até R$ 78 milhões por ano.

Quanto à tributação, as alíquotas variam de 13,33% a 16,33% ao mês, sendo:

  • 11,33% em impostos federais;
  • 2% a 5% referente ao ISS (imposto municipal).

Como abrir uma consultoria de TI: passo a passo

Levando em consideração o avanço da internet e da tecnologia, podemos concluir que abrir uma consultoria de TI pode ser um negócio extremamente lucrativo e promissor.

No entanto, muitos dos que estão interessados em empreender neste segmento questionam: “como abrir uma consultoria de TI?”

A boa notícia é que o processo é simples e pode ser resumido em poucos passos, conforme veremos a seguir:

1.Contrate uma contabilidade

Independente do tipo de negócio, contratar uma contabilidade é o primeiro passo quando o assunto é a abertura de empresa.

A contabilidade auxiliará o empreendedor e cuidará de todos os trâmites burocráticos que envolvem o registro e a legalização de uma empresa.

Abrir Empresa

2.Separe a documentação necessária

Na sequência, é necessário reunir a lista de documentos exigida pela Junta Comercial para registrar uma empresa, incluindo:

  • RG e CPF do empresário individual ou dos sócios;
  • Comprovante de Residência do empresário ou dos sócios;
  • Inscrição Imobiliária ou Carnê IPTU do ponto comercial;
  • Contrato Social ou Requerimento de Empresário Individual em três vias;
  • FCN (Ficha de Cadastro Nacional) modelo 1 e 2, em uma via.

3.Emissão dos documentos da empresa

Por fim, basta aguardar alguns dias, enquanto a contabilidade cuida dos trâmites para emissão dos documentos da empresa, incluindo:

  • CNPJ;
  • Inscrição Municipal;
  • Alvará de Funcionamento.

Abrir uma consultoria de TI pode ser mais fácil do que você imagina, conheça os nossos planos e abra a sua empresa de forma gratuita, com o apoio da Já Calculei