Autônomo precisa declarar Imposto de Renda?

Por: | Data: junho 23, 2022

Autônomo precisa declarar Imposto de Renda?

Autônomo precisa declarar Imposto de Renda? Esse é um tipo de dúvida muito comum entre profissionais que trabalham por conta própria, ou seja, são autônomos.

Pensando nisso, a Já Calculei Contabilidade Online decidiu preparar um conteúdo completo sobre o assunto, cujo objetivo é esclarecer as principais dúvidas sobre o tema.

Aqui, além de descobrir se autônomo precisa declarar Imposto de Renda, você vai descobrir como um profissional autônomo pode economizar no pagamento de impostos.

Quando um autônomo precisa declarar Imposto de Renda?

Muitos acreditam que o profissional autônomo não precisa declarar Imposto de Renda, no entanto, não é exatamente desta forma que as coisas funcionam.

A Receita Federal está de olho na renda de todos os contribuintes, incluindo aqueles que trabalham de forma independente e autônoma, sem qualquer tipo de vínculo empregatício.

Contabilidade Online

Além disso, existe uma lista de condições que determinam quem precisa declarar o Imposto de Renda. Confira:

  • Quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 durante o ano anterior;
  • Todos que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte em valor superior a R$ 40.000,00 durante o ano anterior;
  • Quem recebeu durante o ano anterior, valores relacionados a alienação de bens e direitos;
  • Pessoas que possuem patrimônio superior a R$ 300 mil reais;
  • Estrangeiros que residem no Brasil;
  • Quem exerce atividade rural e teve receita bruta acima de R$ 142.798,50.

Portanto, se você é trabalhador autônomo, mas se enquadra em pelo menos um dos critérios acima, saiba que você precisa declarar o Imposto de Renda.

Autônomo precisa declarar Imposto de Renda Mensal?

Você sabia que o autônomo que possui rendimentos mensais superiores a R$ 1.903,98 também precisa declarar o imposto de renda mensalmente?

Muitos profissionais autônomos não sabem desta exigência e por isso, acabam sendo surpreendidos por multas e autuações por parte do fisco.

De acordo com a legislação em vigor, os profissionais que recebem rendimentos oriundos do trabalho autônomo, precisam preencher mensalmente o carnê leão web, declarando os seus rendimentos.

Após o preenchimento, a guia do IR será gerada e o contribuinte deverá recolher os valores devidos em favor do fisco.

O imposto de renda mensal sobre os rendimentos dos profissionais autônomos é calculado com base nas faixas de renda e alíquotas da tabela abaixo:

Base de cálculo Alíquota Parcela a deduzir
Até 1.903,98 Isento Isento
De 1.903,99 até 2.826,65 7,50% R$ 142,80
De 2.826,66 até 3.751,05 15% R$ 354,80
De 3.751,06 até 4.664,68 22,50% R$ 636,13
Acima de 4.664,68 27,50% R$ 869,36

Autônomo precisa declarar imposto de renda: despesas dedutíveis

De acordo com a legislação em vigor e orientações da Receita Federal, o profissional autônomo pode deduzir algumas despesas no momento de declarar seu imposto de renda mensal.

São despesas dedutíveis no Imposto de Renda:

  • Contribuição Previdenciária (INSS);
  • Imposto Sobre Serviços (ISS);
  • Aluguel da sala comercial;
  • Despesas com água, luz, internet e telefone;
  • Material de escritório e limpeza;
  • Despesas com folha de pagamento e contratação de pessoal;
  • Pagamento do conselho de classe profissional;
  • Despesas com propaganda;
  • Despesas com materiais e insumos para exercício da profissão;

As despesas dedutíveis abatem o valor da base de cálculo do Imposto de Renda, e por consequência, do valor que o profissional precisa pagar.

Para aproveitar todas as despesas dedutíveis possíveis e além disso, não lançar nenhum tipo de dedução não permitida pelo fisco, é fundamental que o contribuinte conte com o apoio de um contador.

Autônomo precisa contribuir para o INSS?

Como você já sabe, o autônomo precisa declarar Imposto de Renda. No entanto, o que muitos não sabem, é que além de contribuir para o IR, também precisam contribuir para o INSS.

De acordo com a legislação em vigor, mesmo que contribuam para um plano de previdência privada, os profissionais autônomos também precisam contribuir mensalmente para o INSS.

Neste caso, cabe ao trabalhador escolher entre contribuir com 11% sobre o salário mínimo (para aposentar com 1 salário mínimo) ou 20% sobre a sua renda, garantindo assim, uma aposentadoria maior no futuro.

Por sua vez, vale destacar que além de evitar problemas com o fisco e garantir o direito à aposentadoria, quem contribui para o INSS tem direito a auxílio-doença, auxílio-acidente, salário-maternidade, dentre outros benefícios importantes.

Vale a pena abrir CNPJ para profissional autônomo?

Como você já sabe, o profissional autônomo precisa declarar imposto de renda mensal quando fatura mais de R$ 1.903,98 por mês.

No entanto, muitos se queixam da alta carga tributária sobre seus rendimentos como autônomo, tendo em vista que a tabela do IR possui alíquotas que podem chegar a 27,50%.

Neste caso, uma alternativa para reduzir a carga tributária e economizar no pagamento de impostos, é a abertura de um CNPJ.

Profissionais autônomos que formalizam suas atividades e passam a atuar como pessoa jurídica podem contar com alíquotas menores e regimes tributários econômicos como o Simples Nacional.

Contabilidade Online

No Simples Nacional, a tributação inicia em 4% ao mês para atividades de comércio e 4,5% ao mês para prestação de serviços.

Além disso, com um CNPJ é possível ter acesso a outros benefícios, incluindo:

  • Permissão para emitir notas fiscais;
  • Permissão para contratar funcionários;
  • Acesso a condições especiais de crédito;
  • Possibilidade de prestar serviços para grandes empresas.

Sendo assim, podemos afirmar, que por todos os motivos citados, vale a pena abrir CNPJ para profissional autônomo.

Como declarar o Imposto de Renda de autônomo?

Para declarar corretamente o seu Imposto de Renda e evitar problemas com o fisco, conte com o apoio do time de contadores e especialistas da Já Calculei.

Aqui na Já Calculei você encontra contadores de verdade e serviços completos em contabilidade por valores acessíveis e que cabem no seu orçamento.

Declare o seu imposto de renda com quem realmente entende do assunto ou solicite a abertura gratuita do seu CNPJ para começar a pagar menos impostos!

Conte com a Já Calculei Contabilidade Online e fique em dia com o fisco!

Clique aqui e entre em contato conosco para saber mais sobre os nossos serviços.