Advogado Autônomo: Quanto ganha e como iniciar a carreira

Por: | Data: junho 7, 2022

Advogado Autônomo

Quanto ganha um advogado autônomo e como iniciar nesta promissora carreira? Essas são dúvidas comuns entre bacharéis em Direito que estão concluindo a faculdade e pretendem iniciar o quanto antes a exercer sua profissão.

Sabendo disso, a Já Calculei Contabilidade Online decidiu preparar um conteúdo completo sobre o assunto, cujo objetivo é esclarecer as principais dúvidas sobre o tema.

Você concluiu recentemente o curso de Direito ou está na fase final da sua graduação e deseja saber mais sobre perspectivas salariais e dicas para iniciar na carreira?

Se a sua resposta foi “Sim”, você chegou ao lugar certo! Portanto, convidamos você para continuar conosco e acompanhar este conteúdo até o final.

O que é um advogado autônomo?

Advogado autônomo é o profissional que trabalha por conta própria, ou seja, não possui vínculo CLT com empresas ou escritórios de advocacia e, portanto, opta por construir a sua própria carteira de clientes.

O trabalho autônomo é a modalidade mais procurada e valorizada por profissionais que não abrem mão da flexibilidade e que buscam uma remuneração acima da média do mercado.

Como advogado autônomo você é o seu próprio chefe, e, portanto, o único responsável por tomar todas as decisões que cercam o seu negócio.

Quanto ganha um advogado autônomo?

A remuneração de um advogado autônomo é extremamente variável e diretamente proporcional ao seu esforço.

Em média, um advogado em início de carreira consegue obter uma remuneração de cerca de R$ 3 mil reais mensais. No entanto, este valor pode crescer de forma substancial ao longo do tempo.

Desenvolvendo um bom trabalho e construindo uma reputação sólida, é possível obter rendimentos mensais superiores a R$ 10 mil reais.

Contabilidade Online

Como iniciar na carreira como advogado autônomo?

Iniciar uma carreira como advogado autônomo pode ser um grande desafio, fazendo com que muitos profissionais não saibam exatamente por onde começar.

Foi pensando nisso, que decidimos separar algumas dicas úteis e importantes que podem ajudar bastante neste processo.

1.Tenha um CNPJ

Abrir um CNPJ é o primeiro passo para quem pretende ter sucesso ao iniciar uma carreira como advogado autônomo.

Na prática, como todos nós sabemos a advocacia é uma profissão liberal, e, portanto, não há nada que impeça um advogado de atuar em seu próprio nome, ou seja, sem uma pessoa jurídica vinculada.

No entanto, o que nem todos sabem, é que um CNPJ pode garantir muita economia em termos de impostos, levando o advogado autônomo a uma remuneração líquida mensal mais atrativa.

2.Monte o seu escritório

Por sua vez, após abrir um CNPJ é interessante que o profissional estabeleça um local para receber e realizar reuniões com seus clientes.

Normalmente, o local escolhido é uma sala localizada em algum endereço comercial e de fácil acesso na cidade, preferencialmente próximo do Fórum, por questões logísticas.

Para não elevar significativamente os seus custos iniciais, você pode iniciar em uma sala pequena ou mesmo em um espaço de coworking e migrar para um espaço maior à medida que conquistar reputação e crescer em faturamento.

3.Divulgue os seus serviços

Qual a sua especialidade e quais serviços você pode oferecer? Quais são os seus diferenciais e como acredita que pode agregar valor aos clientes?

Para iniciar sua carreira como advogado autônomo, você precisará investir tempo em estratégias de marketing jurídico e em networking.

As pessoas precisam conhecer você e entender em quais momentos e para quais tipos de serviços jurídicos podem contar com você.

Na prática, quanto maior o número de pessoas conhecendo o seu trabalho, maiores serão as suas chances de conquistar clientes e alavancar sua carreira profissional.

Quanto um advogado autônomo paga de imposto?

O valor que um advogado autônomo paga de imposto pode variar significativamente em função do seu modo de atuação (como pessoa física ou como pessoa jurídica).

Ao contrário do que muitos pensam, o advogado pessoa física é aquele que costuma enfrentar a maior carga tributária, tendo em vista que os seus rendimentos ficam sujeitos ao IRPF – Imposto de Renda Pessoa Física.

Com base na tabela abaixo, podemos concluir que com uma renda mensal maior que R$ 4.664,68, o advogado precisará deixar uma contribuição de 27,50% para o leão.

Base de cálculo Alíquota Parcela a deduzir
Até 1.903,98 Isento Isento
De 1.903,99 até 2.826,65 7,50% R$ 142,80
De 2.826,66 até 3.751,05 15% R$ 354,80
De 3.751,06 até 4.664,68 22,50% R$ 636,13
Acima de 4.664,68 27,50% R$ 869,36

Por sua vez, o advogado autônomo que decide abrir um CNPJ para atuar como pessoa jurídica, tem como benefício, a possibilidade de ser tributado pelo Simples Nacional.

No Simples Nacional, advogados que faturam até R$ 180 mil por ano, ou seja, em média R$ 15 mil por mês, são tributados em apenas 4,50%.

Faixa Receita em 12 meses Alíquota Valor a deduzir
Até 180.000,00 4,50%
De 180.000,01 a 360.000,00 9,00% R$ 8.100,00
De 360.000,01 a 720.000,00 10,20% R$ 12.420,00
De 720.000,01 a 1.800.000,00 14,00% R$ 39.780,00
De 1.800.000,01 a 3.600.000,00 22,00% R$ 183.780,00
De 3.600.000,01 a 4.800.000,00 33,00% R$ 828.000,00

Por fim, vale destacar que em ambos os casos, o advogado autônomo também precisa contribuir mensalmente para a Previdência Social (INSS).

A contribuição previdenciária ao INSS possui caráter obrigatório, mesmo que o profissional seja adepto a um plano de previdência privada.

Abrir Empresa

Como abrir um CNPJ para advogado autônomo?

Pensando em abrir um CNPJ para iniciar sua carreira da melhor forma possível, garantindo economia no pagamento de impostos e uma renda efetiva mensal maior?

Se a sua resposta foi “Sim”, conte com os serviços e soluções da Já Calculei Contabilidade Online e abra o seu CNPJ sem qualquer complicação.

Aqui na Já Calculei a abertura de CNPJ é gratuita para assinantes de um dos nossos planos anuais, ou seja, você não paga honorários contábeis para abrir a sua empresa e ao mesmo tempo garante uma assinatura que mantém o seu CNPJ em dia com o fisco.

Para saber mais e conhecer os nossos serviços, clique aqui e entre em contato conosco!

Atendemos escritórios de advocacia e advogados autônomos de todas as partes do país!