Quem deve declarar imposto de renda 2022

Por: | Data: fevereiro 1, 2022

Quem deve declarar imposto de renda 2022

Quem deve declarar imposto de renda? Essa é uma dúvida muito comum que costuma surgir entre os meses de março e abril de cada ano, com a chegada do período de entrega das declarações de Imposto de Renda Pessoa Física – IRPF.

De acordo com a Receita Federal, são mais de 30 milhões de brasileiros obrigados a entregar a declaração em 2022, será que você é um deles?

Para não ficar na dúvida, neste conteúdo você vai conferir quem deve declarar imposto de renda 2022, o prazo para entrega da declaração, como fazer a declaração de IR, dentre outros itens importantes.

Dúvidas para declarar o imposto de renda 2022? Não se preocupe, a Já Calculei Contabilidade ajuda você! Continue conosco e acompanhe esse conteúdo até o final.

Quem deve declarar Imposto de Renda?

Existem algumas hipóteses e condições que obrigam os contribuintes a apresentar a declaração de Imposto de Renda para o fisco, são elas:

  • Quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 durante o ano anterior;
  • Todos que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte em valor superior a R$ 40.000,00 durante o ano anterior;
  • Quem recebeu durante o ano base, valores relacionados a alienação de bens e direitos, incluindo imóveis, veículos, ações, criptomoedas, dentre outros itens.
  • Pessoas que possuem patrimônio superior a R$ 300 mil reais;
  • Estrangeiros que residem no Brasil;
  • Quem exerce atividade rural e teve receita bruta acima de R$ 142.798,50.

Se você se enquadra em pelo menos uma das condições acima, não tenha dúvidas, você precisa apresentar a sua declaração de Imposto de Renda.

Contabilidade Online

Qual o prazo para entrega da declaração de Imposto de Renda?

Tão importante quanto saber quem deve declarar imposto de renda é conferir o prazo para entrega da declaração.

A declaração de imposto de renda é entregue anualmente, normalmente, entre os dias 01 de março e 30 de abril, levando em consideração os rendimentos recebidos pelo contribuinte no ano anterior.

Sendo assim, entre os meses de março e abril de 2022, os contribuintes precisam apresentar ao fisco a declaração de rendimentos e patrimônio referente ao ano de 2021.

Quais os documentos para declarar Imposto de Renda?

Para declarar o Imposto de Renda, você precisará separar e organizar alguns documentos pessoais e também os documentos que comprovem seus rendimentos, venda de bens e despesas com educação e saúde.

Você já sabe quem deve declarar Imposto de Renda 2022, agora anote os documentos importantes:

  • CPF do titular e também dos seus dependentes;
  • Título de eleitor;
  • Comprovante de endereço atual;
  • Número do recibo da declaração do ano anterior;
  • Informes de rendimentos bancários e de corretoras de investimento;
  • Informes de rendimentos fornecidos por empregadores ou INSS;
  • Extrato de contribuições para planos de previdência privada;
  • Documentos que comprovam a compra e venda de bens;
  • Documentação de imóveis e veículos;
  • Comprovantes de despesas com saúde e educação;
  • Dados Bancários.

Essa é a documentação que você precisará para preencher corretamente e apresentar a sua declaração de IRPF.

Quem deve declarar Imposto de Renda: Declaração completa ou simplificada?

Quando o assunto é quem deve declarar Imposto de Renda, uma dúvida muito comum é a opção entre a declaração completa ou simplificada.

Afinal de contas, qual é a opção mais econômica para o contribuinte? Na prática, não existe uma única resposta, pois tudo vai depender dos rendimentos e das despesas do contribuinte durante o ano anterior.

Por isso, é muito importante que você entenda a diferença prática entre a declaração completa e a simplificada, confira:

Quem deve declarar Imposto de Renda: Declaração Simplificada

Na declaração simplificada, as despesas dedutíveis com saúde, educação e planos de previdência privada não são consideradas para cálculo do imposto de renda.

No entanto, o contribuinte que escolhe esse modelo, recebe 20% de desconto na base de cálculo do Imposto de Renda.

Dito isso, podemos afirmar que devido às suas características, a declaração simplificada de Imposto de Renda é a opção ideal para contribuintes que possuem poucas despesas dedutíveis para apresentar.

Quem deve declarar Imposto de Renda: Declaração Completa

Por sua vez, na declaração completa, o contribuinte não recebe descontos ou abatimentos automáticos na base de cálculo.

No entanto, pode apresentar despesas com saúde, educação e previdência privada e utilizar tais despesas para abater o valor do imposto de renda.

Logo, podemos concluir que devido às suas características, a declaração completa é a melhor opção para contribuintes com muitas despesas dedutíveis para declarar.

A boa notícia é que durante o preenchimento da declaração, o próprio validador da Receita Federal apresentará o resultado nos dois modelos, incluindo o valor a pagar ou a restituir, bastando que o contribuinte selecione aquela que lhe for mais vantajosa.

Como declarar Imposto de Renda?

Você já sabe quem deve declarar Imposto de Renda e ao longo do conteúdo tirou uma série de dúvidas referentes ao assunto. Sendo assim, é hora de conferir como declarar o Imposto de Renda.

A declaração de Imposto de Renda deve ser realizada por meio de um programa específico para este fim, disponibilizado pela Receita Federal.

Os contribuintes que precisam apresentar a declaração, precisam acessar o site da Receita Federal na época da declaração, efetuar o download do validador atualizado, preencher e transmitir sua declaração.

Dito isso, é importante destacar que quem deve declarar Imposto de Renda precisa ficar atento, pois erros de preenchimento podem resultar em retenção da declaração na Malha Fina e cobrança de multas.

Por isso, o recomendado é que o preenchimento e a entrega da declaração de Imposto de Renda seja realizada por um profissional de contabilidade.

O que acontece se não declarar Imposto de Renda?

O contribuinte que é obrigado, mas não apresentar sua declaração de Imposto de Renda, precisará acertar as contas com o fisco.

Dentre as sanções previstas na legislação, podemos destacar:

  • Suspensão do CPF;
  • Restrição para abertura de contas bancárias;
  • Restrição de acesso a crédito;
  • Aplicação de juros e multas;
  • Responsabilidade judicial por crime de sonegação fiscal;
  • Prisão por crime de sonegação.

Evite problemas com o fisco, entregue sua declaração de Imposto de Renda com o apoio da Já Calculei Contabilidade.

Para saber mais, clique aqui e entre em contato conosco!

Contabilidade Online