Aprenda o cálculo do Simples Nacional para a sua empresa

Por: | Data: fevereiro 23, 2022

Aprenda o cálculo do Simples Nacional para a sua empresa

O Simples Nacional é o regime preferido das micro e pequenas empresas. É um regime de tributação que simplifica o recolhimento dos impostos, das taxas e das contribuições porque reúne uma só guia os principais tributos que devem ser pagos.

Apesar de um regime muito adotado, nem todos os gestores sabem como se realiza o cálculo do Simples Nacional. Veja como fazer isso ao longo de nosso post!

A base de cálculo do Simples Nacional

A base de cálculo do Simples Nacional é a receita bruta anual de uma empresa, o faturamento do negócio nos últimos 12 meses.

O valor da contribuição desse regime muda conforme o valor faturado, aumentando na mesma proporção dele.

Contabilidade Online

As alíquotas do Simples Nacional

Na Tabela do Simples Nacional 2022, estão os anexos que mostram o valor da alíquota de acordo com à área de atuação da empresa:

O cálculo do Simples Nacional

Para o cálculo do Simples Nacional, é preciso seguir quatro passos básicos:

  1.   cálculo do faturamento da empresa;
  2.   identificação da alíquota;
  3.   cálculo da alíquota efetiva;
  4.   valor do Simples Nacional.

Cálculo do faturamento da empresa

Nesse caso, é preciso identificar o valor total faturado pela empresa no último ano. Trata-se da receita bruta total, representada por: RBT ou RBT12. Equivale a todas as entradas resultantes da venda de serviços/produtos dos últimos 12 meses.

Identificação do valor da alíquota

Com o valor da receita bruta, é necessário verificar o anexo referente ao setor de atuação do negócio, identificando a alíquota e a PD, parcela dedutível.

Vejamos um exemplo. A empresa X se enquadra na categoria “comércio”. O faturamento anual é de R$ 400 mil, o que coloca a empresa na terceira faixa do anexo. No mês de cálculo, o faturamento foi de R$ 40 mil. Nessa situação, a alíquota é de 9,50% e o valor dedutível é de R$ 13.860,00.

Valor da alíquota efetiva

Para cálculo da alíquota efetiva do Simples Nacional, é necessário aplicar uma fórmula: [(RBT12 x ALIQ) – PD] / RBT12. No exemplo dado, temos que:

  •         RBT12 = R$ 400.000,00;
  •         ALIQ = 9,50%;
  •         PD = R$ 13.860,00.

Aplicando na fórmula, temos:

  •         [(RBT12 x ALIQ) – PD] / RBT12 =
  •         [(400.000 x 9,50%) – 13.860] / 400.000 =
  •         [38.000 – 13.860] / 400.000 =
  •         24.140 / 400.000 =
  •         0,06035 ou 6,035%.

6,035% é o valor da alíquota efetiva.

Contabilidade Online

Valor do Simples Nacional

A partir da alíquota efetiva, é possível calcular o valor do Simples Nacional. Levando em conta que o faturamento do mês foi R$ 40.000,00, temos um total de recolhimento de R$ 2.414,00 (40.000 x 6,035%). Esse será o valor do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS).

Também é possível verificar a alíquota efetiva de cada tributo, informado no respectivo anexo. No caso em questão, temos as seguintes alíquotas:

  •       IRPJ: 5,50%;
  •         CSLL: 3,50%;
  •         PIS/Pasep: 2,76%;
  •         Cofins: 12,74%;
  •         CPP: 42%;
  •         ICMS: 33,50%.

Para identificar a alíquota efetiva de cada tributo, basta multiplicar a alíquota do anexo pelo valor do Simples Nacional, que, no nosso exemplo, é de R$ R$ 2.414,00.

O Simples Nacional para empresas de micro ou pequeno porte é uma ótima opção para facilitar a gestão tributária. Ajuda a evitar equívocos e atrasos no pagamento dos tributos. Além disso, existem calculadoras online que fazem o cálculo automático do valor do Simples.

Já calcula corretamente o valor do DAS? Gostou da nossa postagem? Não deixe de nos seguir no Facebook e no Instagram! Nas redes sociais, temos conteúdo diversificado e mais dinâmico.