8 dúvidas que todo pequeno empreendedor possui

Por: | Data: junho 22, 2022

8 dúvidas que todo pequeno empreendedor possui

Empreender é um grande desafio, e como todo desafio, costuma gerar dúvidas e alguns medos. Sabendo disso, a Já Calculei Contabilidade decidiu reunir em um único conteúdo, as principais dúvidas dos pequenos empreendedores e suas respostas.

Sabe aquelas dúvidas que todo pequeno empreendedor possui, mas que nem sempre é fácil encontrar a resposta? Você vai encontrar as respostas aqui.

Para saber mais e conferir tudo o que separamos para você. Continue conosco e acompanhe este conteúdo até o final.

1.O que é um plano de negócios?

O plano de negócios é um documento chave e básico para toda e qualquer empresa que pretende chegar ao sucesso e colher bons resultados.

Através do plano de negócios, o empreendedor consegue colocar suas ideias no papel e ter maior clareza na hora de tomar suas decisões.

Dentre as informações mais importantes em um plano de negócios, podemos destacar:

  • Nome da empresa;
  • Missão, visão e valores;
  • Objetivos do negócio;
  • Planejamento financeiro;
  • Planejamento de marketing;
  • Estudo de concorrentes e fornecedores;
  • Definição do público-alvo;
  • Necessidade de mão de obra;
  • Prazo estimado de retorno do investimento.

Abrir Empresa

2.O que é Capital Social?

De forma simples e objetiva, podemos afirmar que o capital social é o valor que os sócios investem na empresa para a sua abertura. Ao contrário do que muitos pensam, o capital social não precisa ser formado apenas por dinheiro em espécie, mas também, pode incluir bens.

Além de ser utilizado para montagem e estruturação do negócio, o capital social será utilizado como capital de giro até que a empresa consiga gerar suas próprias receitas e manter suas atividades por conta própria.

Normalmente, não há um valor pré-determinado de capital social para abertura de uma empresa. Contudo, o valor deve ser suficiente para cobrir todas as despesas iniciais do negócio.

3.O que é Contrato Social?

Quando o assunto são as dúvidas que todo pequeno empreendedor possui, podemos afirmar que o contrato social é uma delas.

O contrato social é um dos documentos mais importantes para abertura e constituição de empresas, sendo uma exigência da Junta Comercial.

Neste documento precisam ser reunidas uma série de informações importantes sobre o novo negócio, incluindo:

  • Nome dos sócios;
  • Direitos e obrigações de cada sócio;
  • Percentual de cada sócio no negócio;
  • Capital inicial investido na empresa;
  • Atividades a serem exercidas;
  • Local de instalação da empresa;
  • Dentre outras informações importantes.

4.Qual o melhor regime de tributação?

Ao citar as dúvidas que todo pequeno empreendedor possui, não poderíamos deixar de comentar sobre os regimes de tributação.

Todos nós sabemos que a carga tributária no Brasil é bastante elevada, e que nenhum empreendedor quer pagar mais impostos que o necessário, não é mesmo?

Sendo assim, é comum que empreendedores de todos os portes e de todas as partes do país queiram saber qual é o melhor regime de tributação para os seus negócios.

De acordo com a legislação em vigor, são três regimes de tributação:

No entanto, como cada regime possui características e particularidades próprias, apenas um estudo e planejamento tributário completo elaborado por um contador pode indicar o melhor regime tributário para cada empresa.

Com isso, o que queremos afirmar, é que ao contrário do que muitos pensam, não há um regime tributário que seja o melhor para todos os casos.

5.Toda empresa precisa de contador?

Dentre as dúvidas que todo pequeno empreendedor possui, uma das mais comuns diz respeito à contabilidade. Afinal, toda empresa precisa de contador?

De forma direta e objetiva, podemos afirmar que sim, toda empresa precisa de contador, conforme determina o artigo 1.179 do Código Civil.

“O empresário e a sociedade empresária são obrigados a seguir um sistema de contabilidade, mecanizado ou não, com base na escrituração uniforme de seus livros, em correspondência com a documentação respectiva, e a levantar anualmente o balanço patrimonial e o de resultado econômico.”

6.O que são obrigações acessórias?

As obrigações acessórias são compostas por uma série de informações, declarações e obrigações que as empresas precisam manter em dia para permanecer em situação regular com o fisco.

São exemplos de obrigações acessórias:

  • Emissão de notas fiscais;
  • Escrituração de livros fiscais;
  • Elaboração do balanço e das demonstrações contábeis;
  • Entrega de declarações como DCTF, eSocial e SPED;
  • Dentre outras obrigações acessórias.

Empresas que deixam de cumprir com o envio das suas declarações podem sofrer consequências severas que incluem multa e até mesmo a suspensão e baixa do CNPJ.

7.O que é Capital de Giro?

Quando o assunto são dúvidas que todo pequeno empreendedor possui, não podemos deixar de comentar a respeito do capital de giro.

De forma simplificada, podemos dizer que o capital de giro é o montante financeiro necessário para que as empresas consigam operar de forma eficiente.

Este montante é utilizado para que a empresa consiga financiar suas atividades, enquanto aguarda os recursos provenientes das vendas e serviços prestados.

Em uma loja, por exemplo, o empresário precisa investir capital de giro para formação dos estoques, aluguel do ponto comercial, contratação de funcionários, dentre outras despesas.

A recuperação do valor investido virá posteriormente, após a entrada das receitas de venda dos produtos. No entanto, para que o negócio gire e as vendas aconteçam, o capital de giro será utilizado para financiar as operações do negócio.

Contabilidade Online

8.Quanto custa para abrir uma empresa?

Quem pretende abrir uma empresa precisa conhecer os custos dessa decisão, e, portanto, nada mais justo que esse tipo de dúvida seja comum entre os empreendedores.

Muitos acreditam que para abrir uma empresa é preciso realizar um alto investimento com a parte burocrática e de legalização do negócio, no entanto, este é um grande equívoco.

Na prática, quem pretende abrir uma empresa precisará se preocupar com apenas três custos de legalização:

  • Taxa da Junta Comercial;
  • Honorários da Contabilidade;
  • Aquisição do Certificado Digital.

No entanto, a boa notícia, é que ao assinar um dos nossos planos em serviços contábeis, você garante abertura gratuita para a sua empresa, ficando livre de honorários sobre este serviço.

Deseja saber mais e abrir a sua empresa de forma gratuita? Clique aqui, entre em contato conosco e fale com um dos nossos especialistas.