Entenda Como Funciona a Contabilidade Para Ecommerce

Por: | Data: junho 28, 2021

Contabilidade Para E-commerce

Contabilidade para e-commerce

O e-commerce é uma modalidade de negócio online que vem conquistando cada vez mais empreendedores, principalmente por ser um modelo mais acessível e barato. Esse modelo de negócio precisa de um acompanhamento contábil bem feito para garantir seu crescimento. Por isso, nesse texto falaremos sobre a contabilidade online para e-commerce.

Mesmo que todas as operações do e-commerce sejam realizadas de forma online, no que se refere às obrigações tributárias, a contabilidade online para e-commerce é idêntica àquela aplicada às lojas físicas.

Dessa forma, o negócio online também precisa cumprir todas as obrigações fiscais referentes ao sistema tributário escolhido. Sendo assim, da mesma maneira como os negócios tradicionais precisam de um contador de qualidade, a contabilidade online para e-commerce deve ser feita por um profissional da área.

Sistema tributário

Qualquer empresa que queira atuar legalmente no Brasil precisa cumprir com determinadas normas e regulações. Dessa forma, a abertura de um e-commerce deve passar pelas mesmas etapas de qualquer negócio físico, com a obtenção de um CNPJ, inscrição da Junta Comercial e conseguir as licenças estaduais e municipais para o funcionamento.

Para conseguir o cadastro de pessoa jurídica, o empreendedor precisa definir qual o modelo de tributação será aplicado ao negócio. Existem quatro modelos diferentes que podem ser utilizados conforme a legislação brasileira, sendo que o teto de faturamento é o que define a melhor escolha.

— MEI (Micro Empreendedor Individual): faturamento máximo de R$81 mil por mês. O proprietário não pode ser sócio ou dono de outra empresa.

Simples Nacional: modelo de tributação muito utilizado no Brasil, seu faturamento máximo é de R$4,8 milhões ao ano. Nesse modelo, os impostos são reunidos em um único boleto, sendo que as alíquotas variam entre 4,5% e 16,93%.

Lucro Presumido: as receitas desse regime não podem ser superiores a R$78 milhões anuais, sendo que suas alíquotas são definidas pela Receita Federal.

Lucro Real: regime tributário mais complexo que deve ser, obrigatoriamente, aplicado às empresas com faturamento superior a R$78 milhões anuais.

Tributos recolhidos pela contabilidade online para e-commerce

A contabilidade online para e-commerce é responsável por fazer o cálculo dos tributos a serem pagos pela empresa. Sendo que, os impostos aplicados aos negócios online são os mesmos que incidem sobre as empresas físicas. São eles:

— ICMS: Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços deve ser recolhido a cada venda realizada pelo e-commerce. Os estados de destino da mercadoria ou serviço são responsáveis pelo recolhimento do tributo. Sua alíquota varia de acordo com o estado e vai de 7 a 12% do valor do produto.

— ICMS-ST: Modelos de substituição tributária em que outro contribuinte assume a responsabilidade de recolhimento do ICMS no lugar do e-commerce. Geralmente, a indústria fica com o ônus do pagamento, já que o e-commerce atua apenas como distribuidor.

Nem todos os produtos podem ser taxados dessa forma. Por isso, a contabilidade online para e-commerce precisa orientar o empreendedor nesse cenário.

— ISS: Imposto sobre Serviço, aplicado apenas àqueles e-commerces que oferecem algum tipo de serviço. Ao contrário dos outros modelos, esse imposto é de recolhimento municipal.

Clique aqui para mudar o seu regime tributário de MEI para Microempresa.

Planejamento da contabilidade online para e-commerce

A contabilidade online para e-commerce é essencial para manter as finanças saudáveis e o negócio operando de acordo com as normas. Por isso, um bom planejamento é essencial para garantir o pagamento de todas as obrigações fiscais da empresa.

Nesse sentido é importante manter as taxas atualizadas, já que os produtos vendidos pelo e-commerce não são limitados por barreiras geográficas. Tanto no que se refere a vendas para outros estados, como para outros países.

Um bom planejamento é pautado em relatórios completos sobre a situação financeira da empresa. Nesses relatórios devem estar descritos todos os gastos e custos do negócio, assim como todos os ganhos.

Além disso, é preciso fazer um planejamento detalhado para o pagamento dos impostos. Cada taxa envolve a entrega de documentos, impressão de boletos e o pagamento nas datas devidas. Perder os prazos da Receita e de pagamentos podem gerar multas e juros, principalmente, se forem relacionadas a direitos trabalhistas.

Acompanhamento dos relatórios

A contabilidade online para e-commerce precisa avaliar outros detalhes, além dos valores da tributação. Esse é um trabalho constante, que ajuda o contador e o gestor a terem uma ideia da real situação do e-commerce.

Dessa forma, também é importante analisar dados como, o número de visitas no site, quantas visitas se transformaram em compras, taxa de abandono dos carrinhos, quantidade de vendas, lucratividade do negócio, etc.

Com essas informações em mãos, o gestor pode traçar metas que melhor se adaptam às características da empresa, enquanto o contador pode adaptar o planejamento tributário às condições atuais do negócio.

Precisa de uma assessoria contábil para o seu negócio? Somos um escritório de contabilidade online pronto para te ajudar. Clique aqui e fale conosco!

Tags: , , ,