Como abrir um escritório de advocacia: Passo a Passo

Por: | Data: março 24, 2022

Como abrir um escritório de advocacia

Como abrir um escritório de advocacia? Essa é uma dúvida muito comum entre bacharéis em direito recém-formados e também entre aqueles que já exercem a profissão.

Afinal, como todos nós sabemos, montar um escritório próprio é a realização de um sonho para muitos advogados.

Pensando em abrir um escritório de advocacia, mas não sabe por onde começar? Nós podemos ajudar! Continue conosco e acompanhe esse conteúdo até o final!

Como abrir um escritório de advocacia em 7 passos

Quem pretende montar o próprio escritório precisa seguir alguns passos importantes. Confira quais são eles:

1.Defina sua área de atuação

Quando o assunto é como abrir um escritório de advocacia, o ideal é começar pela definição da sua área de atuação.

É preciso considerar que dentro do direito temos vários segmentos, sabendo disso, você deve procurar aquele com o qual se identifica mais.

Além disso, também é importante considerar se o segmento escolhido possui uma boa demanda processual.

Abrir Empresa

Dentre as principais áreas do direito, podemos destacar:

  • Direito Civil;
  • Direito Penal;
  • Direito Tributário;
  • Direito Trabalhista;
  • Direito Contratual;
  • Direito Ambiental;
  • Direito Empresarial;
  • Direito do Consumidor;
  • Direito do Estado;
  • Direito Eleitoral;
  • Direito da Tecnologia da Informação;
  • Direito da Propriedade Intelectual.

2.Defina se irá trabalhar sozinho ou com sócios

Após definir a área de atuação ideal para o seu escritório de advocacia, será preciso definir se a melhor opção para os seus objetivos, será trabalhar de forma individual ou em sociedade.

A principal vantagem para aqueles que pretendem trabalhar em sociedade é a possibilidade de dividir os custos iniciais e mensais do negócio, o que inclui investimento em mobília e despesas como aluguel, água e luz.

Por outro lado, quem pretende atuar de forma individual contará com maior autonomia para tomada de decisões.

Caso decida trabalhar sozinho, você deverá abrir uma SUA – Sociedade Unipessoal de Advocacia. No entanto, caso decida trabalhar com sócios, a opção é a Sociedade Simples de Advocacia.

3.Escolha a localização ideal para o escritório

Após definir a sua área de atuação e se pretende trabalhar com sócios ou de forma individual, será hora de escolher a localização ideal para o seu escritório.

Normalmente, os advogados preferem alugar salas comerciais em edifícios próximos a fóruns, considerando a facilidade logística no deslocamento frequente do escritório para o fórum e também que os fóruns costumam funcionar em locais com fácil acesso ao público e bom fluxo de pessoas.

No entanto, ao definir o local ideal para instalação do seu escritório, você também deve avaliar outros fatores importantes, dentre eles:

  • Custos mensais com aluguel e condomínio;
  • Facilidade de estacionamento para clientes;
  • Facilidade de acesso por transportes públicos, como trem, ônibus e metrô.

Em síntese, você deve procurar um local que se encaixe no orçamento, tenha boa visibilidade e facilite o acesso dos clientes.

Por fim, considerando quais os custos de reforma e adaptação da sala comercial escolhida. Se for necessário realizar muitas mudanças e reformas, o investimento inicial pode se tornar elevado.

4.Considere os custos para montar um escritório de advocacia

Para tirar os seus planos do papel, você também deve considerar os custos para montar um escritório de advocacia, o que inclui:

  • Balcão para recepção;
  • Cadeira e sofás;
  • Mesa de centro;
  • Mesa executiva;
  • Arquivo de gavetas;
  • Armários;
  • Computadores;
  • Impressoras;
  • Telefone;
  • Ar-Condicionado;
  • Itens de decoração em geral.

Considerando todos os itens listados acima, o investimento médio para abrir um escritório de advocacia em uma sala que não necessita de reformas, fica em torno de R$ 20.000,00.

5.Invista em estratégias de marketing

Quando o assunto é como abrir um escritório de advocacia, outro ponto importante é o investimento em estratégias de marketing para alcançar visibilidade e captar clientes.

Considere principalmente, investir em estratégias de marketing digital, pois atualmente, estão entre aquelas que podem lhe garantir maior retorno.

Dentre os itens que não podem faltar em uma estratégia de marketing digital para escritórios de contabilidade, podemos destacar:

  • Construção de um site e blog;
  • Produção de conteúdos para blog;
  • Criação de perfil nas redes sociais;
  • Produção de conteúdo para redes sociais;
  • Investimento em campanhas de tráfego pago (Google Ads e Facebook Ads).

A depender do seu capital inicial e do seu nível de conhecimento em marketing, você pode iniciar essas estratégias por conta própria ou contratar uma agência de marketing digital especializada no segmento jurídico.

6.Contrate um escritório de contabilidade

Para abrir e regularizar o seu escritório de advocacia, você precisará contar com o apoio e assessoria de um bom escritório de contabilidade.

Caberá ao contador, cuidar de todos os trâmites para abertura e legalização do seu escritório, o que inclui:

  • Registro na OAB – Ordem dos Advogados do Brasil;
  • Emissão do CNPJ;
  • Emissão da Inscrição Municipal;
  • Liberação do Alvará de Funcionamento.

Além disso, também caberá ao escritório de contabilidade, zelar por todas as obrigações para que o seu negócio permaneça em dia com o fisco, incluindo:

  • Cálculo de impostos e emissão de guias;
  • Cálculo do pró-labore e folha de pagamento;
  • Escrituração de notas fiscais e movimentos contábeis;
  • Entrega de obrigações acessórias exigidas pelo fisco.

Se você ainda não possui um contador, queremos convidar você para conhecer os nossos serviços em abertura e legalização de empresas em geral e escritórios de advocacia.

Abrir Empresa

7.Monte um planejamento financeiro e analise relatórios

Por fim, mas não menos importante, recomendamos que você monte um planejamento financeiro completo, visando evitar imprevistos futuros.

Seu planejamento deve considerar os custos iniciais para montar o escritório, os custos mensais, o capital de giro e o prazo estimado para retorno do investimento.

Defina o valor dos seus honorários, seguindo as normas da OAB, equilibre os custos e procure não realizar passos que não possam ser comportados com segurança pelo seu orçamento.

Acompanhe de perto os principais indicadores do negócio para tomar decisões assertivas e que garantam que o seu escritório alcance os resultados esperados.

Vai abrir um escritório de advocacia? Precisa tirar outras dúvidas? Clique aqui e entre em contato conosco!