Auditoria: O que é, como funciona e seus tipos

Por: | Data: dezembro 8, 2021

Auditoria- O que é, como funciona e seus tipos

As atividades de auditoria são fundamentais para que uma organização e todas as partes interessadas em determinado negócio, como clientes, fornecedores, credores e investidores possam analisar e avaliar de perto o desempenho de uma organização.

Você investiria em uma empresa após descobrir que um trabalho de auditoria identificou inconsistências nos seus resultados e possíveis desvios financeiros?

Auditoria é uma ferramenta essencial para as organizações, sobretudo para aquelas que estão determinadas a investir em seu próprio crescimento por meio de uma gestão íntegra de resultados precisos.

Neste conteúdo, vamos entender melhor o que é auditoria, descobrir como ela funciona e quais são os seus tipos.

O que é auditoria?

A auditoria é um trabalho minucioso realizado por especialistas em determinada área que buscam identificar se determinada empresa ou área de uma organização está seguindo boas práticas de gestão.

O trabalho do auditor consiste em avaliar processos, números, resultados e indicadores, apontando melhorias, mas também, identificando falhas e desvios dos padrões esperados.

As atividades de um auditor podem se dividir em diferentes categorias, incluindo as auditorias internas, auditorias externas e por departamento, como as auditorias de TI, auditorias contábeis, auditorias financeiras.

Contabilidade Online

Diferença entre auditoria interna e externa

De forma mais genérica, podemos dividir as atividades de auditoria em dois grandes grupos: interna e externa.

Confira na sequência os conceitos e principais diferenças entre a auditoria interna e a auditoria externa:

Auditoria interna: A auditoria interna é organizada pela própria organização, e na maioria dos casos, tem por objetivo verificar se os procedimentos e normas estabelecidos pela empresa estão sendo seguidos por cada departamento, implementar melhorias nos processos e além disso, preparar a empresa para participar de certificações e auditorias externas.

Auditoria externa: Por sua vez, a auditoria externa, é aquela realizada por auditores independentes e empresas contratadas com o objetivo de avaliar processos, analisar documentos e identificar se determinada empresa ou organização está atuando dentro das normas pré-estabelecidas.

Um exemplo de auditoria externa, é aquela realizada para concessão de selos, como é o caso da auditoria ISO 9001 ou auditorias de fiscalização, como é o caso das auditorias realizadas por órgãos como a Receita Federal.

Principais tipos de auditoria

Além da classificação principal em auditoria interna e externa, uma organização e seus departamentos podem estar sujeitos a diferentes tipos de auditoria, dentre as quais, podemos destacar:

Auditoria fiscal: A auditoria fiscal tem por objetivo verificar se a empresa ou organização em questão está recolhendo os seus impostos, taxas e contribuições corretamente, em respeito à legislação tributária e as suas movimentações.

Esse tipo de auditoria pode ser realizada internamente, como forma de prevenir multas e autuações ou identificar impostos pagos a maior, ou ainda por órgãos governamentais como a Receita Federal e as Secretarias Estaduais de Fazenda.

Auditoria Contábil: Realizada por contadores especializados com o objetivo de atestar a integridade dos lançamentos e demonstrações contábeis, incluindo balanços, balancetes, demonstrativos de fluxo de caixa, Demonstrativo de Resultados do Exercício e livros contábeis.

Auditoria operacional: Tem por objetivo avaliar e otimizar os processos operacionais de uma empresa, sendo frequentemente utilizado nas indústrias. Nesse tipo de auditoria, verifica-se falhas e irregularidades no ciclo operacional, possíveis ineficiências e desperdícios, dentre outros itens.

Auditoria de sistemas e TI: Por sua vez, as auditorias de sistemas de TI, possuem o objetivo de avaliar a conformidade dos sistemas de informática e tecnologia da informação, sobretudo em relação a segurança dos dados e cumprimento da LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados.

Auditoria de qualidade: Tem por objetivo avaliar produtos, serviços e processos sob a ótica qualidade, garantindo que os produtos e serviços ofertados aos clientes permaneçam dentro dos padrões de qualidade da empresa e também das exigências do mercado.

Auditoria ambiental: A auditoria ambiental possui o objetivo de verificar se a empresa está cumprindo a legislação e as suas próprias políticas de respeito ao meio ambiente, incluindo itens como o descarte apropriado de resíduos:

Auditoria Financeira: Por fim, temos a auditoria financeira, cujo objetivo consiste em verificar a solidez e integridade das movimentações e controles financeiros das empresas, evitando desvios e superfaturamento de contratos, por exemplo.

Principais vantagens da auditoria

A realização de auditorias periódicas é fundamental para negócios de sucesso, uma vez que pode garantir uma série de vantagens e benefícios para as organizações, dentre os quais, podemos destacar:

Otimiza os controles internos: As atividades de auditoria auxiliam as empresas e organizações a melhorar seus controles internos e alcançar melhores resultados. 

Gera informações importantes para tomada de decisões: As informações geradas em um processo de auditoria podem ser úteis para embasar a tomada de decisões importantes.

Confere a aplicação de normas e políticas internas: Quando bem organizadas e administradas, as empresas contam com políticas internas que precisam ser constantemente avaliadas e auditadas quanto ao seu cumprimento.

Garante que a empresa está cumprindo a legislação: As auditorias também contribuem para garantir que a empresa está cumprindo fielmente a legislação em vigor, evitando disputas judiciais com o fisco, multas, juros e suspensão de licenças.

Antecipa e apresenta soluções para problemas: As atividades de auditoria também são úteis para identificar problemas antecipadamente e encontrar possíveis soluções.

Aumenta a confiabilidade da empresa no mercado: Empresas que realizam auditorias frequentes e recebem certificações de empresas especializadas, como por exemplo, o selo ISO 9001 aumentam a sua credibilidade e reputação no mercado.

Auxilia na captação e atração de investidores: As auditorias também podem ser úteis para captação e atração de potenciais investidores dispostos a injetar recursos na empresa em questão ou adquirir parcelas dos negócios.

Atração de recursos na Bolsa de Valores: Por fim, as empresas que possuem programas bem estruturados de auditoria e compliance, podem listar suas ações na Bolsa de Valores, captando volume significativo de recursos para alavancar as suas operações e negócios.

Agora que você já sabe o que é, quais os seus tipos e vantagens dos programas de auditoria, continue navegando em nosso blog e confira outros conteúdos.

Procurando serviços completos em contabilidade para a sua empresa? Clique em um dos links abaixo e entre em contato conosco:

Clique aqui para trocar de contador.

Clique aqui para abrir a sua empresa.