Nota Fiscal de Serviço (NFS-e) — O Que é e Quem Pode Emiti-la?

Por: | Data: novembro 23, 2020

Nota Fiscal de Serviço (NFS-e) — O Que é e Quem Pode Emiti-la?

A nota fiscal de serviço eletrônica foi criada pela Receita Federal do Brasil e pela Associação Brasileira das Secretarias de Finanças das Capitais como um meio de modernizar os processos tributários de empresas. Para entender melhor sobre esse documento, suas vantagens e como ele deve ser emitido, continue lendo este artigo!

O que é a NFS-e?

A NFS-e (Nota Fiscal de Serviço Eletrônica) é um documento digital que tem a função de documentar a prestação de serviços. Ela é armazenada pela RFB (Receita Federal do Brasil) e tem como objetivo padronizar todos os registros de custos gerados por empresas.

Por meio dessa nota, é calculado o ISS (Imposto Sobre Serviços) e cobrado, assim, até 5% sobre os serviços prestados.

Como e por quem a NFS-e deve ser emitida

A Nota Fiscal de Serviço Eletrônica pode ser emitida, obrigatoriamente, por negócios com CNPJ ativo que realizam prestação de serviço, independentemente do regime empresarial e tipo em que se quadrada. Para saber como esse documento pode ser emitido, basta conferir os passos a seguir:

 1. Realize a inscrição para que a empresa seja autorizada a emitir NFs

Nessa solicitação de permissão, é preciso que o empreendedor vá até a prefeitura, Secretaria da Fazenda do seu município ou acesse o site do órgão. Lembrando que não são todos os municípios que oferecem esse serviço pela internet, então fique atento e confira as especificações de sua cidade

Somente após essa inscrição a empresa estará apta para emitir a NF.

 2. Realize a emissão de notas pelo sistema

A emissão da nota fiscal eletrônica referente a prestação de serviços pode ser feita de duas maneiras: pelo sistema disponibilizado pela prefeitura ou por meio de um software específico para emissão de notas. A segunda opção deve estar integrada ao sistema da prefeitura.

Para que a nota siga exatamente o padrão NFS-e, é necessário preencher os seguintes dados do cliente que recebeu os serviços:

  • CPF ou CNPJ;
  • endereço do contratante (seja empresa ou pessoa física);
  • endereço do local onde o serviço foi prestado;
    rol de serviços prestados;
  • valor dos serviços.

Com todas as informações preenchidas, a companhia poderá realizar a emissão e deverá fornecer uma cópia do documento para o cliente contratante.

As vantagens do uso da Nota Fiscal de Serviço para empresas

A nota fiscal eletrônica não é apenas uma obrigatoriedade legal, mas também um meio de favorecer a gestão financeira da empresa, pois as declarações fiscais são feitas e registradas de forma mais simples.

Com esse documento digital, todas as transações comerciais tornam-se mais seguras e práticas, sem o risco de haver erros nas informações. Ele também dispensa o uso de papéis, otimiza processos e, consequentemente, aumenta a produtividade do setor contábil.

Agora que você já sabe melhor a função da NFS-e, continue acompanhando o blog do Já Calculei!

Tags: