Nota Fiscal de Serviços Eletrônica – NFSe

Por: | Data: novembro 25, 2021

Nota Fiscal de Serviços Eletrônica - NFSe

Nota Fiscal de Serviços Eletrônica, saiba o que é, quando e como emitir esse importante documento para a sua empresa.

Sua empresa precisa emitir Nota Fiscal de Serviço Eletrônica ou simplesmente NFS-e, como também são conhecidas, mas você não sabe exatamente por onde começar e deseja saber mais sobre o assunto?

Continue conosco e acompanhe esse conteúdo até o final para tirar todas as suas dúvidas e descobrir como emitir as suas notas de serviço sem qualquer complicação.

O que é Nota Fiscal de Serviços Eletrônica?

Nota Fiscal de Serviços Eletrônica, ou simplesmente NFS-e, como também é conhecida, é um documento eletrônico emitido por empresas prestadoras de serviços que substituiu as antigas notas de talão.

Diferentemente das notas de talão que eram emitidas a mão pelo contribuinte, as notas eletrônicas são emitidas por meios digitais, ou seja, pela internet.

No caso da Nota Fiscal de Serviços Eletrônica, por exemplo, a emissão pode ser realizada por sistemas próprios ou através do próprio site da prefeitura do município de instalação da empresa.

Quando deve ser emitida a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica?

A Nota Fiscal de Serviços Eletrônica – NFSe, deve ser emitida para registro de operações que envolvam a prestação de serviços.

Sendo assim, se você é uma empresa prestadora de serviços, ou um prestador de serviços autônomo, saiba que você precisa emitir notas fiscais, conforme determina a Lei 8.846/1994:

“Art. 1º A emissão de nota fiscal, recibo ou documento equivalente, relativo à venda de mercadorias, prestação de serviços ou operações de alienação de bens móveis, deverá ser efetuada, para efeito da legislação do imposto sobre a renda e proventos de qualquer natureza, no momento da efetivação da operação.”

Ainda de acordo com a legislação em vigor, o contribuinte pessoa física ou jurídica que deixar de emitir notas fiscais quando obrigatório, fica sujeito à pena de reclusão de 2 (dois) a 5 (cinco) anos, e multa, conforme determina a Lei 8.137/90:

“Art. 1° Constitui crime contra a ordem tributária suprimir ou reduzir tributo, ou contribuição social e qualquer acessório, mediante as seguintes condutas:…

…V – negar ou deixar de fornecer, quando obrigatório, nota fiscal ou documento equivalente, relativa a venda de mercadoria ou prestação de serviço, efetivamente realizada, ou fornecê-la em desacordo com a legislação.”

Evite problemas com o fisco, emita Nota Fiscal de Serviços Eletrônica, a cada operação de prestação de serviços realizada pela sua empresa.

Contabilidade Online

Como emitir uma Nota Fiscal de Serviços Eletrônica?

Você já sabe o que é e quando deve emitir uma NFs-e, no entanto, pode estar se perguntando: Como emitir uma Nota Fiscal de Serviços Eletrônica?

Para emitir uma NFS-e você precisa ter um CNPJ, Alvará de Funcionamento e Inscrição Municipal ativa na prefeitura do seu município.

Nos casos dos prestadores de serviço que atuam como pessoa física, como médicos e dentistas, é possível solicitar na prefeitura a emissão do CCM – Cadastro de Contribuintes Mobiliários, documento que também oferece acesso ao contribuinte ao sistema emissor de notas fiscais.

Se você precisa emitir nota fiscal, mas não possui os documentos necessários e acesso ao sistema emissor, conte com o apoio do time de contadores da Já Calculei.

Aqui na Já Calculei você conta com abertura de empresa grátis, plataforma online para emissão de notas fiscais de serviços, apoio de contadores especialistas uma série de benefícios para emitir suas notas e manter a sua empresa em dia com o fisco.

Quais são os benefícios da Nota Fiscal de Serviços Eletrônica?

Quem decide regularizar as suas atividades e emitir Nota Fiscal de Serviços Eletrônica passa a contar com diversos benefícios, dentre eles:

  • Acesso a condições especiais de crédito e financiamento;
  • Acesso aos melhores fornecedores do mercado;
  • Melhoria dos controles internos;
  • Possibilidade de atender clientes que exigem nota fiscal;
  • Prevenção a possíveis multas e problemas com o fisco;
  • Dentre outros benefícios importantes.

Evite problemas com o fisco, conte com o apoio de uma contabilidade especializada, regularize a sua empresa em poucos passos e comece a emitir suas notas fiscais sem qualquer complicação.

Com planos a partir de R$ 99,90 por mês você contrata os serviços de contabilidade da Já Calculei, regulariza a sua empresa, evita problemas com o fisco e emite suas notas fiscais.

  • Efetue o seu cadastro em nosso chatbot, clicando aqui;
  • Escolha o plano ideal para as suas necessidades;
  • Efetue o pagamento da primeira mensalidade.

Ainda não abriu a sua empresa? Aproveite as nossas condições especiais e planos com abertura de empresa grátis!

Como calcular os impostos da NFS-e?

A emissão de NFSe está sujeita ao Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza – ISS, de competência dos Municípios e do Distrito Federal, conforme previsto na Lei Complementar 116/2003.

De acordo com a legislação em vigor, a alíquota mínima do ISS corresponde a 2% sobre as operações de prestação de serviços e a alíquota máxima a 5%.

Cabe a cada município, definir o valor do ISS cobrado sobre cada tipo de serviço, desde que respeitados os limites previstos na Lei Complementar.

O imposto devido deve ser recolhido por meio da guia de ISS para empresas do Lucro Presumido e do Lucro Real ou então, através do Documento de Arrecadação do Simples Nacional, para empresas optantes por esse regime.

Como cancelar uma NFS-e?

Em alguns casos, o emissor da Nota Fiscal de Serviços Eletrônica, pode precisar solicitar o cancelamento do documento, como por exemplo, na desistência do cliente em contratar os serviços.

Para cancelar uma NFS-e, basta acessar o sistema emissor da prefeitura da sua cidade, informar o número da nota fiscal e o motivo do seu cancelamento.

Preciso de certificado para emitir Nota Fiscal de Serviços Eletrônica?

Por fim, agora que você já sabe tudo sobre a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica, é importante esclarecer uma dúvida muito comum em relação ao uso do certificado digital.

O certificado digital é uma espécie de assinatura eletrônica exigida por algumas cidades para emissão das notas fiscais.

Os certificados podem ser adquiridos junto a certificadoras autorizadas pela Receita Federal e possuem validade de 1 a 3 anos.

No entanto, a boa notícia é que na grande maioria das cidades, é possível emitir notas fiscais sem certificado digital.

Deseja saber mais e emitir suas Notas Fiscais de Serviços? Conte com o apoio da Já Calculei Contabilidade, entre em contato conosco!