3 dúvidas que podem surgir ao abrir um CNPJ

Por: | Data: setembro 13, 2021

Já pensou em abrir uma empresa online? Bom, essa é uma tarefa que pode resultar em muitas dúvidas, especialmente aos empreendedores iniciantes. Sejam sobre a documentação utilizada para montar seu negócio ou até mesmo nas taxas a serem pagas para você começar a lucrar com seu empreendimento.

Na prática, reconhecemos que há alguns temas que são mais complicados do que outros para interpretá-los devido à complexidade do assunto. Ainda mais quando se trata de finanças e gestão de empresas, que nem sempre fazem parte do cotidiano dos futuros empresários.

E é exatamente por isso que reunimos 3 das dúvidas mais frequentes que costumam aparecer logo quando alguém quer abrir um CNPJ. Confira!

1.  Quais as principais etapas para abrir uma empresa online?

A parte da formalização da empresa costuma ser a mais exaustiva aos empreendedores devido à quantidade de medidas a serem tomadas. Embora seja uma etapa complexa, um pouco mais de atenção pode tornar esse momento bem menos estressante.

A princípio, será preciso definir o nome do seu nome do negócio, assim como o modelo. Feito isso, determine o tipo da sua empresa, que pode ser MEI, ME, EPP, Médio ou Grande porte.

Na sequência, será preciso definir o regime jurídico da companhia, que pode ser EI, EIRELI ou LTDA. Separe as atividades que serão exercidas e o regime tributário que pode ser: Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real.

Por último, basta desenvolver o Contrato Social juntamente dos sócios e organizar os documentos para dar entrada do registro do empreendimento na Junta Comercial. Agora, basta fazer a inscrição estadual e pronto! Seu negócio já pode funcionar.

abrir uma empresa online

2.  Quais os documentos necessários para abrir um CNPJ?

Geralmente, os documentos que não podem faltar para abrir uma empresa online são:

  •     RG e CPF;
  •     Comprovante de residência;
  •     Certidão de casamento, caso tenha;
  •     Cópia do IPTU ou documento que comprove a inscrição imobiliária referente ao futuro local da empresa.

Nesse quesito, a única dúvida difícil a ser sanada é em relação à localização do empreendedor. Dependendo do estado, pode ser que uma determinada entidade peça outros documentos que não estejam nessa lista. Porém, esses não costumam ser desconsiderados!

3.  Quais os benefícios do CNPJ para os empreendedores?

Em linha geral, o CNPJ serve para diversas tarefas de rotina dos empreendedores. Essa é uma formalização que traz tranquilidade aos empresários que não precisam lidar com processos que seriam bem mais burocráticos caso não tivessem registrado a documentação.

As principais vantagens de ter um CNPJ são:

  •     Poder emitir nota fiscais de todos os produtos e serviços comercializados no seu negócio;
  •     Entrar em contato diretamente com fornecedores;
  •     Abrir conta como uma pessoa jurídica (PJ);
  •     Contratar funcionários no regime CLT (Consolidação das Leis do Trabalho).

Como podemos ver, abrir CNPJ não é tão complicado assim e vai permitir uma infinidade de benefícios ao seu empreendimento. Por esta razão, não se esqueça de todos os pontos mencionados ao longo do texto ao abrir uma empresa online. É a melhor maneira de assegurar os direitos do seu negócio!

Gostou do texto? Então, temos certeza de que você vai tirar proveito do material rico que preparamos com todas as informações que você precisa para montar seu negócio. Agora que já está no final da leitura, baixe o infográfico “O manual definitivo para tirar todas suas dúvidas sobre a abertura de uma empresa”!