Regime de caixa e regime de competência

Por: | Data: dezembro 27, 2021

Regime de caixa e regime de competência

Regime de caixa e regime de competência na contabilidade e na gestão financeira, você sabe o que significa e quais são as diferenças?

Neste conteúdo, vamos esclarecer todas as suas dúvidas e detalhar os principais detalhes sobre cada regime e sua influência sobre a contabilidade das empresas.

O que é regime de caixa

O regime de caixa reconhece as receitas quando o dinheiro é recebido e as despesas quando são pagas, o que na prática, significa que esse método não reconhece contas a receber ou contas a pagar.

Na maioria dos casos, são as pequenas empresas aquelas que optam por usar o regime de caixa na contabilidade porque é simples de manter.

É fácil determinar quando uma transação ocorreu (o dinheiro está no banco ou fora do banco) e não há necessidade de rastrear contas a receber ou a pagar.

O método de caixa também é benéfico em termos de rastreamento de quanto dinheiro a empresa realmente tem em um determinado momento; você pode olhar seu saldo bancário e entender os recursos exatos à sua disposição.

Na prática, no regime de caixa, as transações não são registradas até que o dinheiro seja efetivamente recebido ou pago.

O que é regime de competência

Por sua vez, o regime de competência é um método de contabilização em que as receitas e despesas são registradas no momento em que são realizadas, independentemente de quando o dinheiro será efetivamente recebido ou pago.

A vantagem é que o regime de competência dá uma ideia mais realista das receitas e despesas durante um período de tempo, fornecendo, portanto, uma imagem de longo prazo do negócio que a contabilidade de caixa não pode fornecer.

Por outro lado, a desvantagem é que o regime de competência pode não fornecer uma boa percepção de fluxo de caixa, sendo assim, uma empresa pode parecer muito lucrativa, embora, na realidade, tenha contas bancárias vazias.

A contabilidade com base no regime de competência precisa ser acompanhada e complementada por um bom controle de fluxo de caixa.

Vale destacar que na contabilidade, o regime de competência é normalmente mais utilizado que o regime de caixa.

Sobre tudo o que vimos até aqui sobre regime de caixa e competência, podemos destacar alguns pontos:

  • O regime de caixa é muito mais simples e direto do que o regime de competência;
  • As empresas geram receitas e despesas em momentos diferentes com base no tipo de regime que utilizam para registrar suas movimentações contábeis;
  • O regime de competência é necessário para muitas empresas.

Contabilidade Online

Regime de Caixa x Regime de Competência

Agora que você já sabe o que é regime de caixa e o que é regime de competência, confira o quadro comparativo abaixo:

Categoria Regime de caixa Regime de competência
Quando as transações são registradas Quando o dinheiro é recebido ou o dinheiro é gasto Quando ocorre uma venda ou uma despesa é incorrida
Responsabilidade fiscal incorrida Quando a receita é recebida Quando a receita é registrada
Fácil de usar Muito simples e direto Mais complexo e demorado
Obrigatório para empresas de um determinado porte NÃO SIM

Vantagens e desvantagens do regime de caixa

O regime de caixa é um método em que a receita é registrada quando o caixa é efetivamente recebido; da mesma forma, as despesas são registradas no momento do seu pagamento.

A contabilidade de caixa não reconhece ou rastreia contas a receber ou contas a pagar, e, portanto, com base na sua simplicidade, esse método pode ser melhor aproveitado por pequenas empresas.

Vantagens do regime de caixa

  • Ele permite que você veja o dinheiro em caixa: O regime de caixa torna mais fácil ver quanto dinheiro sua empresa realmente tem em um determinado momento e fornece um instantâneo dos saldos reais das contas.
  • Ele oferece mais controle sobre as transações: Isso pode resultar em uma gestão de caixa mais confiável e vantagens fiscais.
  • É mais fácil rastrear receitas e despesas: Permite acompanhar quando você recebe dinheiro ou quando ele sai de sua conta.

Desvantagens do regime de caixa

  • Não mostra os passivos de uma empresa: A contabilidade de caixa torna difícil ver os passivos de sua empresa porque não reflete as contas a pagar futuras.
  • Não é apropriado para todos os negócios: Empresas do Simples Nacional podem optar pelo regime de caixa, no entanto, ele não é apropriado para empresas do Lucro Presumido e Lucro Real.
  • É difícil fazer a transição para o regime de competência: Se você começar a usar o regime de caixa, pode ser difícil fazer a transição para o regime de competência posteriormente, o que pode resultar em alguns problemas para a boa administração da empresa.

Vantagens e desvantagens do regime de competência

Como vimos anteriormente, de acordo com o regime de competência, as receitas e despesas são registradas quando são provisionadas e não quando o dinheiro realmente entra ou sai.

O regime de competência é o método de contabilidade mais comum, sendo obrigatório para empresas do Lucro Presumido e Lucro Real. Na sequência, vamos conferir suas vantagens e desvantagens.

Vantagens do regime de competência

  • Facilita a visualização de receitas e despesas futuras: Ao contrário do regime de caixa, o regime de competência permite que você tenha uma visão completa das finanças de sua empresa, isso ocorre porque você rastreia contas a receber e a pagar, e não apenas o dinheiro que foi depositado ou deduzido de suas contas.
  • Ele fornece uma imagem mais precisa do que a contabilidade de caixa: O regime de competência inclui contas a receber e contas a pagar, fato que fornece uma visão mais abrangente das finanças de uma empresa.
  • Permite economia de impostos para depreciação: As empresas do Lucro Real podem aproveitar a depreciação de certos ativos para economizar dinheiro em impostos a longo prazo.

Contabilidade Online

Desvantagens do regime de competência

  • Possui extensas regras e regulamentos: O regime de competência envolve mais detalhes e informações que o regime de caixa, o que exige maior atenção com a contabilidade.
  • Não reflete o dinheiro que está realmente disponível: O regime de competência utiliza provisões que podem mostrar os saldos das contas com base em transações que podem não ter sido liquidadas ainda, portanto, você pode não ter tanto dinheiro quanto seus registros mostram que você tem.
  • Você pode pagar impostos sobre a renda que ainda não recebeu: No regime de competência você pagará impostos com base nas suas vendas, independente de ter recebido os pagamentos.

Qual a melhor opção para a sua empresa, regime de caixa ou regime de competência? Conte com o apoio do time de especialistas da Já Calculei e descubra, entre em contato conosco!