Necessidade de Capital de Giro: O que é e como calcular

Por: | Data: novembro 30, 2021

Necessidade de Capital de Giro

Capital de Giro e Necessidade de Capital de Giro – NCG: Qual a diferença entre os conceitos e a sua importância para a gestão empresarial?

O Capital de Giro é um instrumento essencial para o funcionamento das empresas, funcionando como um combustível para a manutenção de suas operações.

Sem capital de giro, uma empresa acaba contraindo dívidas para financiar suas próprias operações, e em pouco tempo, pode chegar a falência.

Para evitar esse problema, é fundamental que empresários e gestores acompanhem a evolução do Capital de Giro e também a Necessidade de Capital de Giro dos seus negócios.

Nesse conteúdo, vamos estudar ambos os indicadores para que você implemente cada um deles na gestão dos seus negócios e melhore os resultados da sua empresa.

O que é Capital de Giro?

O Capital de Giro é calculado subtraindo-se o passivo circulante do ativo circulante, ou seja, pode ser encontrado por meio da diferença entre tudo o que a empresa tem a receber e a pagar no curto prazo.

Podemos encontrar o capital de giro por meio da seguinte fórmula: Capital de giro = ativo circulante – passivo circulante

Por que o capital de giro é importante?

O Capital de Giro é utilizado para financiar as operações e cumprir as obrigações de curto prazo.

Na prática isso significa que se uma empresa tiver capital de giro suficiente, ela pode continuar a pagar seus funcionários e fornecedores e cumprir outras obrigações, como pagamento de juros e impostos.

Podemos listar algumas considerações importantes a respeito do Capital de Giro, são elas:

  • O capital de giro é uma métrica financeira calculada como a diferença entre o ativo circulante e o passivo circulante;
  • Capital de giro positivo significa que a empresa pode pagar suas contas e investir para estimular o crescimento dos negócios;
  • A gestão do capital de giro se concentra em garantir que a empresa possa atender às despesas operacionais do dia a dia e, ao mesmo tempo, usar seus recursos financeiros de maneira mais produtiva e eficiente.

Como é formado o capital de giro de uma empresa?

Os ativos e passivos circulantes usados ​​para calcular o capital de giro normalmente incluem os seguintes itens:

Ativos correntes:

  • Dinheiro, incluindo dinheiro em contas bancárias;
  • Títulos negociáveis e investimentos de curto prazo;
  • Contas a receber com vencimento em um ano;
  • Estoque incluindo matérias-primas, produtos em elaboração e produtos acabados;
  • Pagamentos antecipados em compras futuras;
  • Entre outras fontes de recursos para o curto prazo (12 meses).

Passivo circulante:

  • Contas a pagar;
  • Títulos a pagar com vencimento em um ano;
  • Salários a pagar;
  • Juros a pagar sobre empréstimos;
  • Outras despesas a pagar provisionadas;
  • Entre outras despesas para o curto prazo (12 meses).

Contabilidade Online

O que é Necessidade de Capital de Giro – NCG?

Agora que você já sabe o que é, qual a sua importância e como é formado o Capital de Giro, podemos estudar o indicador de Necessidade de Capital de Giro – NCG.

O Indicador de Necessidade de Capital de Giro, demonstra o valor mínimo que uma empresa precisa ter de dinheiro em caixa para garantir o seu funcionamento, pagar e manter em dia, todas as suas obrigações de curto prazo.

Como calcular o indicador de Necessidade de Capital de Giro?

Existem basicamente duas formas de calcular esse indicador, são elas:

  • Método do Ciclo Financeiro;
  • Método do Balanço Patrimonial.

Método do Ciclo Financeiro para cálculo da Necessidade de Capital de Giro

Para calcular a Necessidade de Capital de Giro pelo método do Ciclo Financeiro, precisamos primeiramente, conhecer os prazos médios de pagamento e recebimento da empresa.

  • Prazo Médio de Pagamento: O prazo médio de pagamento é o tempo médio que a empresa possui para pagar os seus fornecedores a cada compra, como por exemplo 30 dias.
  • Prazo Médio de Recebimento: Por sua vez, o prazo médio de recebimento é o tempo necessário para receber por cada venda realizada.

Com base nessas informações, podemos utilizar a seguinte fórmula para encontrar o valor do indicador de Necessidade de Capital de Giro: 

NGC = Prazos Médios de Recebimento – Prazos Médios de Pagamento

Na prática, podemos afirmar que quando o prazo de recebimento dos clientes é maior que o prazo de pagamento dos fornecedores, a necessidade de capital de giro será maior.

Método do Balanço Patrimonial para cálculo da Necessidade de Capital de Giro

Outra maneira de encontrar o indicador de Necessidade de Capital de Giro de uma empresa se dá pelo seu Balanço Patrimonial.

Nesse método, encontramos a diferença entre o passivo circulante (contas a pagar de curto prazo) e o ativo circulante (contas a receber de curto prazo) para encontrar o resultado do Indicador de Necessidade de Capital de Giro.

Confira a fórmula utilizada para esse método:

NGC = Ativo Circulante Operacional – Passivo Circulante Operacional

5 formas de aumentar o capital de giro

Após calcular o indicador de Necessidade de Capital de Giro e identificar que os recursos em caixa são insuficientes para honrar todos os compromissos de curto prazo, é preciso pensar em alternativas para evitar insuficiência de fluxo de caixa.

As táticas para preencher a lacuna e aumentar o capital de giro de uma empresa, estão relacionadas a redução de passivos de curto prazo e o acréscimo de ativos.

As opções incluem:

1.Contrair dívidas de longo prazo: Isso aumenta o ativo circulante, adicionando ao caixa disponível da empresa, mas não aumenta excessivamente o passivo circulante.

2.Refinanciar dívidas de curto prazo: Isso reduz o passivo circulante porque as dívidas não vencem mais em um ano.

3.Venda de ativos e bens: Em alguns casos, você pode vender ativos, em troca de dinheiro, aumentando assim o capital de giro.

4.Analisar e reduzir despesas: Analisar e reduzir despesas ajudará a equilibrar as contas, principalmente no curto prazo.

5.Otimize o estoque: Analise e otimize o gerenciamento de estoque para reduzir itens em excesso e maximizar a eficiência do seu fluxo de caixa. 

Agora que você já sabe tudo sobre Capital de Giro e Necessidade de Capital de Giro – NCG, salve o nosso blog nos favoritos para ter acesso a outras dicas de gestão.

Procurando uma contabilidade completa, com mensalidades acessíveis? Conheça a Já Calculei Contabilidade Online!

Entre em contato conosco, converse com nossos consultores.

Contabilidade Online