Empresa individual: Veja o que é, seus tipos e como abrir

Por: | Data: fevereiro 14, 2022

Empresa individual- Veja o que é, seus tipos e como abrir

Você sabe o que significa uma empresa individual? Chamamos de empresa individual, todo tipo de negócio constituído a partir da vontade de um único empreendedor, ou seja, que não possui sócios.

No Brasil, temos diferentes tipos de empresa individual, dentre elas:

  • EI – Empresa Individual;
  • MEI – Microempreendedor Individual;
  • SLU – Sociedade Limitada Unipessoal.

Diante das possibilidades, quem deseja abrir uma empresa individual, pode escolher aquela que melhor se adapta aos seus objetivos de negócio.

Nesse conteúdo, forneceremos detalhes sobre cada tipo de empresa individual, além de apresentar um passo a passo completo para auxiliar na abertura do seu negócio.

Abrir Empresa

EI – Empresário Individual

Como o próprio nome sugere, o EI é um tipo de empresa destinado a empreendedores que desejam montar um negócio de forma individual, ou seja, sem o objetivo de incluir um ou mais sócios no negócio.

No entanto, apesar de ser uma possibilidade e durante muito tempo, a melhor opção para quem pretendia empreender individualmente, o EI vem caindo em desuso.

A menor procura pelo EI – Empresário Individual, se dá em função da menor segurança jurídica que esse tipo de empresa fornece ao empreendedor, quando comparada com outros formatos empresariais.

O EI é um tipo de empresa de natureza ilimitada, característica que vincula o patrimônio pessoal do sócio ao da empresa.

Em outras palavras, isso significa que os bens do proprietário podem ser penhorados para o pagamento de dívidas contraídas e não pagas pela empresa.

Sem dúvida alguma, um risco muito elevado, por melhor que seja a ideia de negócio do empreendedor e a possibilidade do negócio gerar bons resultados.

MEI – Microempreendedor Individual

Para quem pretende abrir uma empresa individual, o MEI também pode ser uma opção.

Sendo uma das opções mais procuradas por quem deseja montar um pequeno negócio individual, o MEI conta com facilidades e incentivos que não estão disponíveis para outros tipos de empresa.

No entanto, como se trata de uma natureza jurídica voltada para pequenos negócios, o MEI também possui uma série de restrições.

Quem decide abrir um MEI, contribui mensalmente com um valor fixo e muito reduzido de impostos, no entanto, não pode faturar mais de R$ 81 mil ou contratar mais de 1 funcionário.

Além disso, existem atividades que não são permitidas no MEI e a sua natureza também é ilimitada, ou seja, o proprietário responde com os seus bens pessoais por dívidas da empresa.

SLU – Sociedade Limitada Unipessoal

Por fim, como opção para quem deseja abrir uma empresa individual, temos a SLU – Sociedade Limitada Unipessoal.

A SLU é a opção mais recente quando o assunto são empresas individuais. Essa natureza jurídica foi criada em 2019 por meio da Lei da Liberdade Econômica.

Seu principal objetivo, era o de incentivar o empreendedorismo e diminuir o número de restrições relacionadas à abertura de empresas no país.

Com uma série de vantagens sobre os demais tipos de empresas individuais, a SLU não possui limite de faturamento ou limite para contratação de funcionários.

Além disso, a responsabilidade do empreendedor é limitada ao capital investido na empresa. Na prática, isso significa que o seu patrimônio pessoal não pode ser alcançado como forma de pagamento para possíveis dívidas da empresa.

Sem dúvida alguma, uma importante vantagem e segurança jurídica para os empreendedores em geral, fato que tem feito da SLU uma opção muito procurada quando o assunto é a abertura de empresa individual.

Como abrir uma empresa individual

Agora que você já sabe o que é e quais são os tipos de empresa individual, é hora de conferir o que é necessário para abrir a sua empresa.

Muitos acreditam que o processo para abertura de empresas é complexo, lento e burocrático. No entanto, podemos afirmar que o que falta na maioria dos casos é informação e orientação especializada.

Dito isso, confira o passo a passo para ir em frente e abrir a sua empresa:

1.Monte um plano de negócios

Montar um plano de negócios não é uma etapa obrigatória para abertura de empresas, ou seja, o governo não vai exigir que você tenha um plano de negócios.

No entanto, apesar de não ser obrigatório, o plano de negócios é fundamental para quem pretende montar um negócio de sucesso.

O plano de negócios é um documento que possui informações essenciais para o planejamento e funcionamento de uma empresa, incluindo:

  • Objetivos do negócio;
  • Produtos e serviços oferecidos;
  • Estudo de concorrentes;
  • Público-alvo da empresa;
  • Local ideal para instalação do negócio;
  • Investimento inicial;
  • Mão de obra necessária;
  • Planejamento financeiro;
  • Planejamento de marketing;
  • Tempo estimado de retorno do investimento;
  • Principais fornecedores;
  • Dentre outras informações importantes.

Ao montar um plano de negócios antes de abrir a sua empresa individual, você aumenta significativamente suas chances de sucesso.

2.Contrate um serviço de contabilidade

Após montar um plano de negócios, contrate um serviço de contabilidade.

O contador é o profissional mais indicado para cuidar dos trâmites de abertura da sua empresa.

Como grande conhecedor dos trâmites para regularização de empresas, o contador auxiliará na definição do melhor tipo de empresa e regime tributário para o seu negócio, além de cuidar da emissão dos seguintes documentos:

  • Registro na Junta Comercial;
  • CNPJ – Cadastro Nacional das Pessoas Jurídicas;
  • Inscrição Estadual;
  • Inscrição Municipal;
  • Alvará de Funcionamento;
  • Licenças Especiais (quando exigidas por Lei).

Com o apoio do contador, o empreendedor tem a certeza de ter cumprido todas as exigências para que o seu negócio funcione de forma legal.

Abrir Empresa

3.Forneça os documentos necessários ao contador

Você já sabe que para abrir uma empresa individual, é importante ter um plano de negócios e necessário contratar um contador.

Dito isso, é importante destacar quais são os documentos que a contabilidade precisará para registrar a sua empresa.

Confira:

  • Contrato Social ou Requerimento de Empresário;
  • RG e CPF;
  • Comprovante de Residência;
  • Inscrição Imobiliária ou Carnê IPTU do local para instalação da empresa;
  • Certidão de casamento (para o empreendedor casado).

Abrir a sua empresa pode ser muito mais simples, fácil e rápido do que você imagina! Conte com o apoio de especialistas, venha para a Já Calculei Contabilidade.

Para saber mais e solicitar a abertura gratuita da sua empresa, clique aqui e entre em contato conosco!