Aprenda o cálculo do Simples Nacional para a sua empresa

Por: | Data: novembro 8, 2021

cálculo do Simples Nacional

O Simples Nacional é um regime de tributação que, como o próprio nome sugere, é simples na hora de recolher os tributos. Apesar disso, com todas as facilidades proporcionadas, diversos gestores ainda têm dúvidas quanto ao cálculo do Simples Nacional.

Sabemos que, de início, o assunto pode parecer complicado. Porém, é importante se atentar a esse assunto para evitar problemas futuros. Afinal de contas, como fazer o cálculo do Simples Nacional?

No presente post, vamos falar mais sobre o cálculo do Simples Nacional para a sua empresa. Quer saber um pouco mais sobre esse assunto e descobrir como fazê-lo? Siga com a leitura!

O que é o Simples Nacional?

Antes de mais nada, vamos explicar o que é o Simples Nacional. Esse regime de tributação, como mencionamos, foi criado com a finalidade de fazer com que a tributação de empresas fosse algo mais simples.

Esse sistema, em vigor desde o ano de 1996, é válido para microempreendedores individuais (MEI), microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP).

Por conta de seu caráter de facilitar os processos, a maior parte das demandas para com a fiscalização pode ser resolvida, por exemplo, por meio do portal online do Simples Nacional.

Como fazer o cálculo do Simples Nacional?

Agora que você já sabe o que é o Simples Nacional, vamos falar sobre os passos para fazer, de fato, o cálculo do Simples Nacional. Confira!

Passo 1: descobrir a receita bruta da companhia

De início, é preciso saber qual é a receita anual bruta da companhia. Essa é a base do cálculo do Simples Nacional. A partir do valor faturado nos últimos 12 meses, a contribuição vai ser maior ou menor.

cálculo do Simples Nacional

Passo 2: saber qual alíquota deve ser paga

A alíquota a ser paga também varia de acordo com a atividade da empresa. Por isso, é necessário verificar a tabela do Simples Nacional, cujos anexos têm valores variados para empresas de comércio, indústria, entre outras. Veja os valores nos anexos logo abaixo.

Anexo 1: comércio

Anexo 2: indústria

Anexo 3: locação de bens móveis e de prestação de serviços

Anexo 4: serviços em geral

Anexo 5: serviços em geral II

Após a localização do anexo correspondente, podemos ir para o próximo passo.

Passo 3: realizar o cálculo do Simples Nacional

Para fazer o cálculo do Simples Nacional de forma correta, há uma fórmula que pode ajudar. Veja:

(receita bruta total x a alíquota) – a parcela a ser deduzida / receita bruta total

Como é possível perceber, um trabalho bem-feito nos passos anteriores é essencial para que o cálculo do Simples Nacional seja feito corretamente. É preciso achar os valores certos da receita total bruta, da parcela que deve ser deduzida e da alíquota correspondente.

Após esse procedimento, o resultado vai ser o cálculo do Simples Nacional correspondente ao valor que deve ser pago.

Saber como realizar o cálculo do Simples Nacional é algo essencial a qualquer empreendedor. Esse conhecimento evita erros, problemas com a legislação e ainda ajuda no adequado controle das finanças da companhia. Por isso, é de suma importância se atentar ao correto recolhimento dos valores.

Esse assunto tem grande importância para qualquer empreendimento e deve ser tratado com toda a atenção. Esperamos que você tenha gostado de nosso post. Para não ficar por fora de nada que postamos em nosso blog, assine a nossa newsletter! Desse modo, você recebe todos os nossos conteúdos em seu e-mail.