Abertura de uma empresa

Por: | Data: janeiro 2, 2022

Abertura de uma empresa

Você sabe como funciona e quais os processos para abertura de uma empresa no Brasil?

Neste conteúdo, vamos esclarecer as principais dúvidas sobre o assunto, incluindo:

  • Quais os documentos necessários para abertura de uma empresa?
  • Qual o valor para se abrir um CNPJ?
  • Quanto tempo leva para abrir uma empresa?
  • Como funciona a abertura de uma empresa na Junta Comercial?
  • Como funciona a abertura de empresa Simples?

Deseja saber tudo sobre a abertura de empresas e tirar definitivamente as suas dúvidas sobre o assunto? Continue conosco e acompanhe esse conteúdo até o final.

Quais os documentos necessários para abertura de uma empresa?

Ao contrário do que muitos pensam, o processo para abertura de uma empresa não exige muitos documentos.

Na prática, o empreendedor que pretende abrir o seu próprio negócio, precisa separar apenas os seguintes documentos:

  • RG e CPF;
  • Título de Eleitor;
  • Comprovante de Residência;
  • Certidão de Casamento (se casado);
  • Inscrição Imobiliária ou Carnê IPTU do local para instalação da empresa.

Além dos documentos acima, é importante destacar que com o auxílio da sua contabilidade, o empreendedor deverá preencher um Requerimento de Empresário ou preparar um Contrato Social.

O Requerimento de Empresário é utilizado para o registro de empresas individuais, ou seja, sem sócios, enquanto o Contrato Social é utilizado para registrar empresas constituídas em sociedade.

Abrir Empresa

Qual o valor para se abrir um CNPJ?

Quando falamos sobre a abertura de uma empresa, muito se pergunta sobre o valor para se abrir um CNPJ.

Muitos empreendedores deixam de colocar os seus planos em prática, pois acreditam que os custos para legalizar uma empresa são muito elevados.

No entanto, precisamos destacar que isso é um mito e que os custos para abertura de uma empresa caíram muito no Brasil.

Na prática, os custos para abertura e legalização de uma empresa são os seguintes:

  • Taxa da Junta Comercial;
  • Honorários do Contador;
  • Certificado Digital.

Dentre esses custos, aquele que possui maior impacto na abertura de uma empresa são os honorários do contador, ou seja, o valor cobrado pela contabilidade para fornecer orientações e cuidar de todos os trâmites legais para abertura de empresas.

No entanto, com o avanço da internet e da tecnologia, o empreendedor já pode ficar livre dos honorários do contador para abrir a sua empresa.

Aqui na Já Calculei Contabilidade, por exemplo, não cobramos honorários para abrir a sua empresa, ou seja, oferecemos abertura de empresa grátis!

Tudo o que você precisa é assinar um dos nossos planos anuais, com mensalidades a partir de R$ 99,00.

Aproveite a oportunidade para garantir uma excelente economia e abrir a sua empresa sem qualquer burocracia, com o apoio do nosso time de contadores.

Quanto tempo leva para abrir uma empresa?

O tempo médio para abertura de uma empresa no Brasil caiu muito nos últimos anos, em função da informatização dos órgãos públicos e também, em virtude da aprovação da Lei da Liberdade Econômica.

Se antes o processo para abrir uma empresa levava alguns meses para ser concluído, hoje o prazo médio para abertura de empresa no Brasil é de 30 dias.

No entanto, é importante destacar que a depender da região de instalação da empresa e do tipo de negócio que se pretende abrir, esse prazo pode ser ainda menor.

Como funciona a abertura de uma empresa na Junta Comercial?

Dentre as principais dúvidas relacionadas a regularização de uma empresa estão aquelas que dizem respeito à Junta Comercial.

Muitos empreendedores não sabem o que a Junta Comercial faz e qual a sua importância no processo de abertura de uma empresa.

Você sabe como funciona a abertura de uma empresa na Junta Comercial? A Junta Comercial é o órgão público responsável por registrar novas empresas instaladas no Brasil.

O processo de registro empresarial junto a esse órgão pode ser realizado por meio de dois documentos, são eles:

Requerimento de Empresário: Documento utilizado para abertura de empresas individuais e que possui as seguintes informações:

  • Nome Completo do empresário;
  • Nacionalidade;
  • Estado Civil;
  • Sexo;
  • Regime de Bens (se casado);
  • Filiação;
  • Data de Nascimento;
  • Identidade;
  • Endereço Completo
  • Nome da empresa;
  • Endereço da Empresa;
  • Valor do Capital Inicial;
  • Descrição e CNAE das atividades.
  • Data de Início das Atividades.

Contrato Social: Documento utilizado para abertura de empresas em sociedade e que possui as seguintes informações:

  • Nome dos sócios;
  • Direitos e obrigações de cada sócio;
  • Percentual de cada sócio no negócio;
  • Capital inicial investido na empresa;
  • Atividades a serem exercidas;
  • Local de instalação da empresa;
  • Dentre outras informações importantes.

Após o registro de abertura de uma empresa na Junta Comercial, é emitido o NIRE – Número de Identificação no Registro de Empresas.

Por sua vez, com o NIRE em mãos, o contador responsável pelos processos de abertura da empresa pode solicitar a emissão de outros documentos, dentre eles, o CNPJ e o Alvará de Localização e Funcionamento.

Abrir Empresa

Como funciona a abertura de empresa Simples?

A abertura de uma empresa Simples é uma das mais procuradas por empreendedores de todo o país, uma vez que o Simples Nacional é conhecido por ser um regime tributário econômico e menos burocrático que os demais.

O Simples Nacional, foi criado para atender micro e pequenas empresas com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões de reais.

Dentre as principais vantagens do Simples Nacional, podemos destacar o recolhimento de impostos em guia única e em percentual reduzido de contribuição, calculado sobre o faturamento.

As empresas optantes pelo Simples Nacional, podem recolher os seguintes impostos em guia única:

  • IRPJ – Imposto de Renda Pessoa Jurídica;
  • CSLL – Contribuição Social sobre o Lucro Líquido;
  • COFINS – Contribuição para Financiamento da Seguridade Social;
  • PIS – Programa de Integração Social;
  • IPI – Imposto sobre Produtos Industrializados;
  • ICMS – Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços;
  • ISS – Imposto Sobre Serviços;
  • CPP – Contribuição Previdenciária Patronal.

No Simples Nacional, as alíquotas de contribuição iniciam em apenas 4% sobre o faturamento das empresas.

Por fim, agora que você já sabe tudo sobre a abertura de uma empresa, aproveite para abrir a sua empresa gratuitamente conosco, clique aqui e fale com um dos nossos contadores, agora mesmo!