SPED ECF: O que é, obrigatoriedade e prazo de entrega

Por: | Data: agosto 3, 2021

Sped_ECF

Empresários e empresárias precisam ficar atentos quanto a entrega e prazos para a entrega das declarações e obrigatoriedades fiscais das suas empresas, dentre elas o SPED ECF.

Você já ouviu falar sobre o SPED ECF, sabe como funciona, quais os prazos para entrega e quais empresas estão obrigadas a entregar essa declaração?

Neste conteúdo, a Já Calculei, explica em detalhes tudo o que você precisa saber sobre o SPED ECF e retira todas as suas dúvidas sobre o assunto, não deixe de conferir!

O que é SPED ECF?

O SPED ECF – Escrituração Contábil Fiscal, é uma obrigatoriedade instituída pela Instrução Normativa 1.422/2013 da Receita Federal.

A ECF foi instituída com a finalidade de substituir a Declaração de Informações Econômico-Fiscais da Pessoa Jurídica (DIPJ).

Com a medida, as empresas que antes entregavam a DIPJ passam a entregar o SPED ECF, que por sinal, possui um nível maior de detalhamento das informações.

Quais empresas são obrigadas a enviar a ECF?

De acordo com a legislação em vigor, as seguintes empresas ficam obrigadas a enviar a ECF:

  • Pessoas Jurídicas tributadas no Lucro Real;
  • Pessoas Jurídicas tributadas no Lucro Presumido que distribuíram lucro isento acima do permitido;
  • Pessoas Jurídicas imunes e isentas;
  • Sociedades em Conta de Participação (SCP).

Quais empresas não precisam enviar a ECF?

Por sua vez, algumas empresas não precisam enviar a ECF, são elas:

  • Pessoas Jurídicas tributadas no Simples Nacional;
  • Pessoas Jurídicas inativas e que não tenham realizado qualquer movimentação durante o ano-calendário.

Vale destacar que os órgãos públicos, autarquias e fundações também não precisam enviar a declaração.

Qual o prazo para envio da ECF?

A ECF é uma obrigação que precisa ser entregue mensalmente até o último dia útil do mês de julho, sempre com informações referentes às movimentações do ano anterior, ou seja, o ano base da declaração.

É muito importante cumprir os prazos estabelecidos pela Receita Federal, a fim de evitar a aplicação de multas e sanções.

Quais informações são enviadas na ECF?

De acordo com a Receita Federal, as empresas obrigadas ao envio da ECF devem informar na declaração todas as operações que influenciam na base de cálculo dos seguintes impostos:

  • IRPJ – Imposto de Renda Pessoa Jurídica;
  • CSLL – Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido.

A Instrução Normativa 1.422/2013 da Receita Federal chama atenção em especial para alguns pontos que precisam constar na declaração, são eles:

  • Recuperação do plano de contas contábil e saldos das contas, para pessoas jurídicas obrigadas a entregar a Escrituração Contábil Digital (ECD) relativa ao mesmo período da ECF;
  • Recuperação de saldos finais da ECF do período imediatamente anterior, quando aplicável;
  • Associação das contas do plano de contas contábil recuperado da ECD com plano de contas referencial;
  • Detalhamento dos ajustes do lucro líquido na apuração do Lucro Real;
  • Detalhamento dos ajustes do lucro líquido na apuração do Lucro Real, no Livro Eletrônico de Apuração do Lucro Real (e-Lalur);
  • Detalhamento dos ajustes da base de cálculo da CSLL;
  • Registros de controle de todos os valores a excluir, adicionar ou compensar em exercícios subsequentes;
  • Registros, lançamentos e ajustes que forem necessários para a observância de preceitos da lei tributária;
  • Apresentação do Demonstrativo de Livro Caixa, para as pessoas jurídicas optantes pelo Lucro Presumido, cuja receita bruta no ano seja superior a R$ 1.200.000,00 (um milhão e duzentos mil reais).

Quais as multas e sanções para empresas que deixam de enviar a ECF?

De acordo com a Receita Federal as empresas que deixarem de enviar a ECF no prazo ou enviarem a mesma com informações incorretas ou omissões ficam sujeitas a aplicação de multas, conforme detalhado abaixo:

Empresas do Lucro Real:

  • Atraso: Multa equivalente a 0,25% por mês-calendário ou fração, do lucro líquido antes do Imposto de Renda da pessoa jurídica e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido, no período a que se refere a apuração, limitada a 10%.
  • Informações incorretas ou omissões: Multa equivalente a 3% e não inferior a R$ 100,00 do valor omitido ou incorreto.

Empresas não enquadradas no Lucro Real:

  • Não atendimento aos requisitos: Multa equivalente a 0,5% do valor da receita bruta da pessoa jurídica no período a que se refere a escrituração;
  • Informações incorretas ou omissões: Multa equivalente a 5% sobre o valor da operação em questão, limitada a 1% do valor da receita bruta da empresa no período da escrituração;
  • Atraso: Multa equivalente a 0,02% sobre a receita bruta da pessoa jurídica no período a que se refere a escrituração, calculada por dia de atraso e limitada a 1% da receita bruta da empresa no período da escrituração.

Além das multas em questão, as empresas que não buscarem a regularização das pendências, ficam sujeitas a suspensão do CNPJ.

Caso o CNPJ venha a ser suspenso a empresa ficará impedida de exercer suas atividades e emitir notas fiscais até a entrega ou correção da ECF.

Contabilidade Online

Qual a diferença entre ECF e ECD?

Como vimos anteriormente a ECF é a declaração responsável por informar ao fisco todas as operações que influenciam na base de cálculo do IRPJ e da CSLL.

Por sua vez, a ECD – todas as operações que influenciam na base de cálculo devem apresentar ao fisco, as seguintes informações:

  • Livro Diário;
  • Livro Razão;
  • Balancetes e Balanços.

Também é preciso ter atenção aos prazos, pois geralmente a ECD deve ser entregue até o dia 31 de maio de cada ano.

Como enviar a ECF?

Para enviar a ECF da sua empresa, ficar em dia com o fisco e evitar multas e sanções você precisará do auxílio de um contador.

O contador é o único profissional devidamente capacitado para preencher corretamente e enviar para o fisco a ECF.

Precisa enviar a ECF e outras obrigações acessórias da sua empresa? Conte com a Já Calculei.

Nosso time de contadores especialistas estão à disposição para preencher e enviar todas as declarações e obrigações acessórias da sua empresa, mantendo a sua empresa regular e livre de problemas com o fisco.

Deseja saber mais sobre os nossos serviços e enviar a sua declaração? Clique aqui e entre em contato conosco, agora mesmo.

Tags: