Saiba como fazer escrituração contábil

Por: | Data: setembro 1, 2021

O conceito da escrituração contábil ficou restrito somente aos profissionais da área contábil. Entretanto, com o passar do tempo, acabamos percebendo que se trata de um tipo de documento crucial para as empresas, pois oferece meios mais práticos e otimizados a respeito de informações legislativas, contábeis, tributárias, patrimoniais, entre outros relacionados.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, confira o nosso post até o final e veja a importância e a forma correta de fazer uma escrituração contábil eficiente.

Afinal, o que é escrituração contábil?

Em geral, a escrituração contábil nada mais é do que um método de controle patrimonial. Esse processo está inteiramente baseado em um registro de forma cronológica em relação a todos os fatos contábeis que acontecem em uma empresa.

Desse modo, o principal objetivo desse tipo de escrituração é fazer com que uma pessoa jurídica tenha total capacidade para realizar o controle do seu patrimônio, e contribuir para uma gestão ainda mais eficiente. Entretanto, a maioria das pessoas — especialmente empreendedores — acaba tendo o conhecimento da escrituração contábil somente em processos que envolvem o fisco.

Porém, essa escrituração é uma antiga técnica, se formos relacioná-la ao mundo dos negócios! Já é mais do que comprovado que civilizações muito antigas já usavam essa técnica como forma de controle de riquezas e patrimônios pessoais.

Contabilidade Online

Qualquer empresa é obrigada a fazer a escrituração contábil?

Certamente, a obrigatoriedade da escrituração contábil está expressa na própria legislação brasileira, através do Código Comercial, das Normas Brasileiras de Contabilidade, na Lei da Sociedade de Ações e na Legislação Tributária.

Por meio dessas normas, a escrituração acaba sendo obrigatória para todas as pessoas jurídicas em território nacional, até mesmo aquelas pequenas e médias empresas, optantes ou não pelo Simples Nacional. Contudo, sabe-se que a única exceção está relacionada ao MEI (Microempreendedor Individual), que não precisa ter obrigatoriedade nenhuma nesse processo.

Quais são as vantagens e benefícios que a escrituração contábil pode oferecer?

Agora que você já sabe o conceito e entende a importância dessa técnica, confira abaixo os principais benefícios e vantagens que sua empresa poderá ter:

1. Relatórios Contábeis mais práticos

Caso você não saiba, a escrituração contábil acaba sendo a base para fazer a emissão de relatórios contábeis importantes. Exemplos a citar são os balancetes, balanço patrimonial, fluxo de caixa, demonstração de resultados, e entre outros processos relacionados que dependem de lançamentos de movimentações contábeis.

2. Gestão Empresarial mais eficiente

Em geral, empresas e negócios que têm uma escrituração contábil podem dispor desses dados para gerar ainda mais informações e dados eficientes. Assim, é possível analisar o tipo de endividamento, fazer monitorações constantes a respeito de resultados alcançados, fazer planejamento tributário, definir KPIs (indicadores de desempenho), tornar o fluxo de caixa mais sustentável, e etc.

3. Compliance fiscal

Não menos importante do que todos os itens citados acima, é responsabilidade das empresas em manter um compliance fiscal. E isso pode ser ainda mais fácil com a escrituração contábil, pois facilita a visualização de processos tributários, contábeis, e entre outros relacionados.

Como fazer escrituração contábil?

Agora que já entendemos os incríveis benefícios desse tipo de escrituração, está na hora da parte mais importante: saber como fazê-lo de maneira eficiente. Confira abaixo as principais etapas:

1. Confira as mudanças atuais

Primeiro de tudo, devemos prestar atenção no que diz respeito às mudanças de escrituração contábil. Já que o Governo Federal realiza mudanças anuais na legislação, é preciso estar de olho nessas alterações.

2. Tenha um excelente plano de contas contábil

Não menos importante acompanhar as novas tendências legislativas, é ter um plano de contas contábeis. Isso porque ele é essencial para a importação de dados, especialmente para os sistemas ECF e ECD. Sem contar que ele facilita ainda mais a rotina de lançamentos.

3. Atente-se ao registro dos lançamentos

Devemos ter bastante atenção aos lançamentos! Afinal, eles são os principais responsáveis por compor a escrituração contábil. Se houver algum erro nos lançamentos, os documentos que serão posteriormente emitidos, podem oferecer informações desatualizadas e inexatas.

4. Realize conferências constantes

Por último, e não menos importante, é realizar conferências de forma constante. É por meio delas que o empreendedor consegue buscar possíveis erros, podendo colocar em risco o demonstrativo.

Conclusão sobre escrituração contábil

Conforme vimos, é de suma importância obter uma escrituração contábil eficiente. Isso porque ela não serve somente para tornar os registros mensuráveis e organizados, mas também para facilitar processos tributários e outros eventos que estão relacionados ao legislativo e precisam ser analisados com cuidado.

Mesmo que não seja obrigatória para alguns tipos de empresas, ainda assim vale a pena investir na escrituração, visando a clareza contábil, tributária e patrimonial que ela oferece aos empreendedores.

Agora que você já conhece os benefícios e vantagens da escrituração contábil, e o motivo pelo qual ela é tão importante para os negócios, que tal conhecer os nossos serviços? Acesse agora mesmo o nosso site e saiba como uma contabilidade online poderá ajudar sua empresa a se desenvolver muito mais.

Tags: