Declaração de Imposto de Renda PJ: Como Fazê-la?

Por: | Data: outubro 5, 2020

Declaração de Imposto de Renda PJ: Como Fazê-la?

Todos que possuem CNPJ ativo devem realizar a declaração de imposto de renda PJ, independentemente de ser uma grande empresa ou profissional freelancer. Por necessitar de cuidados, ter detalhes e levar muitas dúvidas para os empresários, neste texto, você vai entender melhor como realizar seu IRPJ. Confira!

Quem deve pagar o IRPJ?

Deverão realizar a declaração do imposto de renda como pessoa jurídica todas as empresas que fazem pagamentos à outras empresas, utilizam CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) e Cofins em sua tributação, pessoas jurídicas que realizam imposto de renda retido na fonte, assim como empresas ou empresários que enviam dinheiro ao exterior.

Maneiras de fazer o imposto de renda PJ

A declaração do imposto de renda de pessoa jurídica pode ser feita de quatro formas diferentes: anual, trimestral, mensal ou por evento.

A anual é indicada para empresas que se enquadram na regra do Lucro Real. Ela acontece no fim de cada ano, no dia 31 de dezembro. A principal diferença entre esse tipo e a mensal é justamente que em um os pagamentos são realizados anualmente, enquanto noutro mensalmente.

Declaração trimestral é aquela destinada apenas às empresas que se enquadram nos regimes tributários Lucro Real, Lucro Presumido e Lucro Arbitrado. Os vencimentos do pagamento desse tipo acontecem nas datas de 31 de março, 30 de junho, 30 de setembro e 31 de dezembro.

A declaração IRPJ por evento é aquela feita por entidades que passaram por eventos como fusões, fechamento ou processo de cisão (quando a empresa transfere parte ou todo seu patrimônio para outra).

Contabilidade Online

Detalhes importantes para a declaração do IRPJ

O preenchimento das informações na declaração de imposto deve ser feita com muito cuidado para que, caso a Receita Federal cruze os dados, não encontre nenhum tipo de divergência. Por esse motivo é fundamental conferir se os dados estão corretos.

Outro ponto também importante é ficar atento aos prazos para não ter que lidar com multas por atraso. Elas podem variar entre 2% e 20% além da cobrança de R$ 20,00 para cada 10 informações inconsistentes (por isso a necessidade de atenção redobrada no processo).

Documentos e processo de declaração de IRPJ

O imposto de renda PJ é feito pelo DARF (Documento de Receitas Federais), uma guia eletrônica que facilita todo o processo de pagamento.

Como comentamos acima, esse balanço precisa ser feito com base em provas, por assim dizer. Ou seja, para que a empresa comprove que todas as informações são verdadeiras, é preciso que todos os seus documentos estejam em dia, como notas de venda e prestação de serviços, notas fiscais, contas fixas como energia e internet, extratos bancários, etc.

Conte com um contador

A declaração do imposto de renda é muito importante tanto para pessoas físicas como jurídicas. Sendo uma empresa, é fundamental que você evite pagar multas caso caia na malha fina da Receita Federal, por algum detalhe que passou despercebido.

Por isso, trabalhar em conjunto com uma assessoria contábil, como a Já Calculei, é tão importante. Conheça mais nossos serviços e continue acompanhando nosso blog para se manter informado!

Links alternativos:

Contabilidade online
Blog
Planos e Preços
Área do Cliente
Contato

Tags: