Como abrir CNPJ online e grátis: guia definitivo para empreendedores

Por: | Data: fevereiro 12, 2021

Ter o seu próprio negócio é o grande sonho de uma boa parte da população. Não é a toa que cada vez mais brasileiros estão dando esse novo passo.

E para ter o seu negócio é importante passar pela fase mais burocrática: abrir o CNPJ, registrando formalmente a sua empresa na Receita Federal.

Mas fique tranquilo! Embora esse seja um procedimento que precise de alguns cuidados e atenção, não há muito com o que se preocupar. Especialmente agora, que é possível fazer tudo online, de forma digital e muito mais descomplicada.

É isso que vamos explicar hoje a você: como abrir o CNPJ online e grátis, passando a ter a sua identidade jurídica e o registro da sua empresa formal.

Por que você precisa abrir um CNPJ?

Da mesma forma que toda pessoa precisa ter um CPF (Cadastro de Pessoa Física), toda pessoa que deseja ter o seu próprio negócio e atuar de modo legal e formal precisa abrir um CNPJ, ou seja, o Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica.

O CNPJ passou a ser obrigatório a partir de 1998 para qualquer pessoa que deseje abrir um negócio.

É através do CNPJ que você possui um cadastro na Receita Federal e a sua empresa ganha legitimidade para atuar. Com ele você poderá emitir as notas fiscais, contratar seus funcionários, além de possuir benefícios específicos para pessoa jurídica e também cumprir seus deveres.

Diversas informações básicas, mas fundamentais sobre a identificação da sua empresa, contam no CNPJ. Tais como o nome da empresa e sua data de abertura, código e descrição da CNAE (a atividade econômica desempenhada pela empresa) e da natureza jurídica da empresa, assim como o endereço da mesma e a sua situação cadastral. Caso a empresa possua um nome fantasia, este também será registrado na abertura do CNPJ.

Toda empresa precisa cumprir com um conjunto de regras tributárias, e o órgão regulador, a Receita Federal, precisa do cadastro da empresa para identificá-la e realizar a aplicação dessas regras. 

Como abrir um CNPJ online?

Não é novidade para ninguém que já vivemos em uma revolução tecnológica. Existem milhares de empresas que atuam 100% online e fornecem seus serviços e até mesmo produtos somente no digital.

Mas não é apenas isso! Hoje, os documentos digitais possuem o mesmo valor de documentos físicos, o que facilita diversos processos burocráticos que exigem uma grande quantidade de documentação – além de aliviar também gastos em lidar com toda a papelada.

A grande vantagem disso é que se torna possível abrir um CNPJ online, de forma bem mais simples e rápida.

Hoje, no Brasil, temos o Redesim, o portal  Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios. Basicamente, através o Redesim reúne o sistema das juntas comerciais brasileiras, e fornece o serviço que facilita a abertura de empresas, assim como também o fechamento e alteração. 

Com esse portal e a facilidade de digitalizar os documentos e processos, tudo se torna bem mais simples para abrir uma empresa online.

No caso do MEI, esse processo é ainda muito mais simples e prático, passando somente por algumas etapas. 

Para abrir um CNPJ e passar a existir como Pessoa Jurídica também, você pode realizar uma consulta prévia no Redesim, realizar a coleta de dados para registros e inscrições tributárias e, então, conseguir as licenças necessárias para a atuação formal do seu negócio.

Quais são os passos para abrir um CNPJ?

Os passos para abrir um CNPJ variam de acordo com o tipo de empresa que você deseja abrir. 

Por exemplo, para abrir um MEI é muito mais simples. Basicamente, após realizar a verificação prévia se você atende aos requisitos e está dentro dos critérios obrigatórios, você precisa:

 

  • Verificar com a Prefeitura da sua cidade se é possível exercer atividades como MEI no seu endereço;
  • Levantar os documentos necessários para a abertura do MEI: Seus documentos pessoais (RG, título de eleitor, Declaração de Imposto de Renda, dados de contato, e endereço da sua residência), dados do negócio que pretende abrir (a atividade econômica, forma de atuação e localização do negócio). Nesse processo também é necessário possui o Cadastro no Portal de Serviços do Governo Federal;
  • Realizar a formalização no Portal do Empreendedor.

 

Ao concluir a formalização no site, você obterá o seu CNPJ assim como o Certificado. Com ele em mãos, você acessa o site da Receita Federal e imprime o seu Cartão do CNPJ. Também poderá aproveitar e imprimir o seu primeiro DAS.

Como informamos, o processo de abrir o MEI é muito mais simples e tranquilo. No entanto, recomendamos ainda assim que você consulte a ajuda de um profissional de contabilidade para fornecer a orientação adequada e não cometer erros.

No entanto, se você não atende aos requisitos e não se encaixa nos critérios exigidos para ser MEI, você pode abrir uma Microempresa.

Neste caso, os passos são outros e um pouco mais burocráticos. 

O primeiro passo para abrir uma microempresa é consultar se o nome da empresa está disponível. Então, você definirá qual o capital social dela, ou seja, o investimento inicial que será feito no empreendimento, e quais são as atividades que ela exercerá.

Com isso já definido, você realizará a escolha da natureza jurídica da sua empresa. Por exemplo, se será um EI (Empresário Individual), EIRELI (Empresa Individual de Responsabilidade Limitada), Sociedade Simples, ou possuirá outro tipo de natureza jurídica.

Esta é uma das escolhas mais importantes que definirá muito a sua empresa. Por isso, é crucial que você conte com a ajuda de profissionais de contabilidade para orientar sobre a melhor decisão diante das necessidades da sua empresa.

Em seguida, será escolhido o regime tributário sobre o qual a sua empresa atuará. Essa também é outra escolha que deve ser muito bem pensada, pois este regime é o conjunto de regras que definirá como será calculado e recolhido os impostos que a sua empresa deve pagar.

Os últimos passos para obter o seu CNPJ é elaborar um Contrato Social, o documento que consta todas as informações importantes da sua empresa, e então realizar o registro da sua empresa na Junta Comercial.

Com este último passo, o seu CNPJ estará sendo solicitado à Receita Federal e, se tudo estiver regularizado, você conseguirá abrir formalmente a sua empresa.

Quanto custa abrir CNPJ?

Com os processos realizados de forma digital, é fato que o empreendedor pode economizar muito!

No entanto, existem alguns gastos que variam bastante de acordo com a Prefeitura da sua cidade e a Junta Comercial responsável, que determinam os valores das tarifas que deverão ser pagas para abrir uma empresa.

No entanto, algumas despesas são cobradas somente após você abrir o seu CNPJ, não sendo um gasto necessário antes desse processo, como é o caso do Alvará e da Taxa de Funcionamento (isto é, se você aplicável ao seu negócio).

Sem dúvidas, a melhor forma de você economizar é contratando um serviço de contabilidade de confiança.

Muitos empreendedores acreditam que contratar um serviço de contabilidade é um gasto a mais e até mesmo desnecessário. No entanto, esse profissional estará ao seu lado te orientando e ajudando a elaborar as melhores estratégias para você economizar ao máximo.

Vamos esclarecer mais sobre a importância do contador para abrir seu CNPJ

Por que contratar um serviço de contabilidade online?

O processo de abrir o CNPJ envolve diversas etapas que tornam necessárias a contratação de um contador. 

Por exemplo, para abrir a sua empresa você precisa tomar diversas decisões muito importantes e que devem ser feitas com a orientação de um profissional que possui conhecimento técnico e experiência. 

Você precisará escolher a natureza jurídica da sua empresa, assim como o regime tributário e societário dela. Essas são escolhas que devem ser bem pensadas de acordo com o perfil da sua empresa.

No processo de abrir o CNPJ é necessário também realizar a pesquisa para checar a disponibilidade do nome da empresa, realizar o registro do contrato social na Junta Comercial, o registro do CNPJ na Receita Federal e a inscrição estadual (caso a sua empresa seja na indústria ou comércio) e a inscrição municipal (caso sua empresa preste serviços).

Além disso, dependendo da sua empresa pode ser necessário recorrer a licenças diversas, como obter o alvará o Corpo de Bombeiros ou um alvará de funcionamento.

Por fim, você precisará realizar um cadastro da Previdência Social e precisará de uma autorização para emitir suas notas fiscais. 

Todos esses procedimentos que envolvem a abertura de uma empresa exigem o máximo de cuidado e atenção. Cometer erros nessa fase pode custar tempo e muito dinheiro, trazendo prejuízos para a sua empresa que ainda nem foi formalizada.

O melhor de tudo é que, assim como você consegue abrir a sua empresa online, você também consegue contratar um serviço de contabilidade online.

Dessa forma, você facilita todo o processo e consegue resolver todas as burocracias no âmbito digital.

Se você deseja abrir a sua empresa online e possuir um CNPJ, saiba que pode contar com o nosso time de profissionais, que está disponível para te ajudar em todas essas etapas.

Entre em contato!

Tags: , , , , ,