Modelos de recibo: Saiba quais são, como escolher e qual usa

Por: | Data: maio 10, 2022

Modelos de Recibo

Se você possui um negócio, seja ele de prestação de serviço ou não, provavelmente já deve ter utilizado recibos e você sabe o quão importante são para seu negócio.

Há diversos modelos de recibo, pois é a maior segurança financeira que podemos ter. Para o vendedor, é a garantia de provar que recebeu o valor da compra e para seu consumidor, a garantia de que pagou por ela e assim por diante, em diversos setores do mercado.

O recibo pode soar mais informal do que a Nota Fiscal emitida por sistemas do governo, porém sua efetividade nunca precisou ser posta à prova. Normalmente, os recibos são emitidos por profissionais liberais, ou seja, pessoas que prestam serviços por conta própria e sem nenhum vínculo empregatício, mas que precisam movimentar recursos financeiros.

Vamos apresentar, neste artigo, os mais diversos modelos de recibos existentes e quais modelos são ideais para qual serviço prestado, que pode facilitar e muito no cotidiano financeiro do trabalhador e seu negócio. Confira!

O que é e como escolher um modelo de recibo?

O recibo de pagamento é, basicamente, um documento que tem como objetivo comprovar a quantia de valores que foi transferida entre comprador e vendedor, quitando qualquer pagamento. Como empresário, este documento é muito fundamental, por este motivo, deve ser guardado, até mesmo porque, pode servir posteriormente por motivos fiscais.

Se há tantos modelos de recibos, como saber qual é o modelo ideal para o seu negócio? Vamos entender melhor sobre esses modelos e como aplicá-los a cada empreendedor.

Primeiramente, entenda qual é o setor de serviços dentro do mercado que você está trabalhando e a partir disso, escolha qual recibo se adequa melhor. Os mais populares são:

  • Recibo de pagamento a transportador autônomo;
  • Recibo de salário;
  • Recibo de pagamento com cheque;
  • Recibo de pagamento para serviço doméstico;
  • Recibo de pagamento para autônomos;
  • Recibo de aluguel;
  • Recibo de pagamento em parcelas.

Qual é o melhor modelo de recibo? 

Como profissional autônomo, é importante saber qual usar, pois vai definir o caráter e estilo do seu negócio. Dessa forma, fica mais fácil trabalhar com as demandas, principalmente se o fluxo de saída e entrada de recursos financeiros é alto.

Fique atento a estes detalhes que podem fazer muita diferença no cotidiano de trabalho, conheça 10 modelos de recibo:

1. Recibo de pagamento com cheque

  • Confirmar o pagamento do cheque, porém a data só será válida após a compensação do documento.
  • É um modelo de recibo destinado ao pagamento através do cheque.
  • Neste recibo precisa ter: nome do pagador, nacionalidade, documentos como RG e CPF, estado civil e profissão. Referente ao recebedor, também deve constar todos os documentos acima, além da data do pagamento, dos dados da conta bancária e valor.

2. Recibo de pagamento em parcelas

  • É um modelo de recibo destinado ao pagamento parcelado, como por exemplo, pagamentos em boletos.
  • Neste recibo precisa ter: nome do pagador, nacionalidade, documentos como RG e CPF, estado civil e profissão. Referente ao recebedor, também deve constar todos os documentos acima, além dos dados da conta bancária, datas das parcelas, data do pagamento e valores combinados.

3. Recibo de pagamento de locação

  • Garantir que o pagamento do aluguel do mês foi efetuado;
  • Um modelo de recibo utilizado por senhorios e imobiliárias;
  • As informações que devem constar no recibo são referentes ao inquilino e quem aluga e o endereço do imóvel, além da data que foi efetuado o pagamento.

 4. Recibo de pagamento de mão de obra

  • Discriminar e garantir o valor acordado e pago entre contratante e contratado. Este recibo entra na categoria de prestação de serviços;
  • Um modelo de recibo básico para confirmar o pagamento da prestação de serviços;
  • Este recibo precisa conter os dados do contratante e contratado, como citado acima (nome, CPF, RG, dados bancários, entre outros) e a descrição de todo o serviço que foi realizado, juntamente com os valores e as datas.

5. Recibo de pagamento de dívidas

  • Um modelo de recibo que discrimina que o pagamento que está sendo anunciado é referente a apenas uma fração da dívida, e não o total;
  • Um comprovante de que a dívida está sendo quitada aos poucos;
  • No documento precisa conter todos os documentos do devedor e para quem ele deve, como nome do pagador, nacionalidade, documentos como RG e CPF, estado civil e profissão. Referente ao recebedor, também deve constar todos os documentos acima, além dos dados da conta bancária, valor das parcelas e qual o valor de origem da dívida.

6. Recibo de pagamento por serviços autônomos (RPA)

  • Comprovante de pagamento de quem não possui CNPJ, mas trabalha com a prestação de serviços;
  • É um modelo de recibo destina aos trabalhadores informais;
  • Neste recibo deve conter os dados do contratante, os dados do prestador de serviço, como CPF e número de inscrição no INSS, a quantia dos descontos em impostos (INSS, IRFF, ISS) e o valor total que foi pago, juntamente com a data.

7. Recibo de pagamento a transportador autônomo

  • Comprovante de pagamento para profissionais da área de transportes que não possuem CNPJ;
  • É um modelo de recibo para pessoas que não possuem CNPJ, mas que prestam serviço como transporte;
  • Neste recibo deve conter os dados do contratante, os dados do prestador de serviço, como CPF e número de inscrição no INSS, a quantia dos descontos em impostos (INSS, IRFF, ISS), o destino, o tipo da carga, o prazo de envio e o valor total que foi pago, juntamente com a data.

8. Recibo de pagamento de empregado(a) doméstico(a)

  • Comprovante de pagamento dos dias de trabalho do trabalhador doméstico;
  • É um modelo de recibo específico para trabalhadores informais domésticos, porém que visam garantir todos os direitos que conseguiram com a nova lei;
  • Neste documento precisa conter: dados pessoais do empregador e do empregado, como CPF, RG, endereço, estado civil e cargos. Descrição do que está sendo pago (salário, férias, extras), data da emissão e pagamento, descontos referentes e o valor do salário líquido e bruto. Assinatura de ambos.

9. Recibo de salário

  • Comprovante de pagamento do salário do empregado;
  • Um modelo de recibo que contém todas as informações necessárias ao funcionário e empregador;
  • Neste documento deve haver: dados de ambos, endereços, telefones, CPF e CNPJ, relação do valor do salário líquido e bruto, valor que está sendo pago, data, assinaturas, descrição e valor dos descontos, horas extras, entre outros.

10. Recibo de quitação antecipada

  • Comprovante do pagamento antecipado de dívidas;
  • É um modelo de recibo que descreve que a dívida tinha uma data certa para pagamento e foi quitada antes;
  • No documento precisa conter todos os documentos do devedor e para quem ele deve, como nome do pagador, nacionalidade, documentos como RG e CPF, estado civil e profissão. Referente ao recebedor, também deve constar todos os documentos acima, além dos dados da conta bancária, valor das parcelas, valor da primeira e da última parcela paga e uma confirmação de que não há mais dívidas. Assinatura de ambos.

Qual é a diferença entre nota fiscal e recibo?

A grande diferença entre recibo e nota fiscal é que o recibo serve para atestar que a dívida em questão, entre contratante e contratado, foi quitada.

Já a nota fiscal comprova que um bem foi consumido e pago e atribui posse a quem o comprou, algo que o recibo não faz.

Conte com um sistema automático para gerar seus recibos e notas fiscais!

A maioria dos profissionais de contabilidade conhecem os modelos de recibo e entendem a importância de cada um e porque destinar ao profissional certo é tão essencial para o funcionamento e garantia dos direitos deles.

Inclusive, algumas empresas de tecnologia costumam utilizar um ERP para facilitar a gestão de processos. Utilizar esse tipo de sistema oferece diversas vantagens para o empreendedor integrar e otimizar com automação os processos internos da empresa.