Como tirar CNPJ: Tire todas as suas dúvidas | Já Calculei





Como tirar CNPJ: Tire todas as suas dúvidas

Por: | Data: dezembro 20, 2021

Como tirar CNPJ

Como tirar CNPJ? Essa é uma dúvida muito comum entre os brasileiros que pretendem empreender, montando o próprio negócio, ou então, que desejam formalizar suas atividades.

Diante disso, e com o objetivo de sanar todas as dúvidas relacionadas ao assunto, preparamos um conteúdo completo, detalhando tudo o que você precisa saber para tirar o seu CNPJ.

Abrir o seu CNPJ pode ser muito mais fácil do que você imagina, continue conosco e acompanhe com atenção os próximos tópicos desse conteúdo para saber mais!

O que é CNPJ

CNPJ é a sigla para Cadastro Nacional das Pessoas Jurídicas, um documento obrigatório para toda e qualquer pessoa que pretende abrir e montar um negócio no Brasil.

Emitido pela Receita Federal, o CNPJ possui 14 dígitos numéricos, sendo formado com base na seguinte estrutura: XX.XXX.XXX/XXXX-XX.

Sem esse documento, as empresas não são reconhecidas pelo governo, e portanto, ficam impedidas de funcionar e realizar tarefas que fazem parte do cotidiano de qualquer negócio, como emitir notas fiscais, comprar e vender mercadorias, prestar serviços, contratar funcionários ou celebrar contratos.

Em grau de importância, podemos comparar o CNPJ das pessoas pessoas jurídicas, com o CPF das pessoas físicas.

Abrir Empresa

Quem precisa tirar CNPJ

Agora que você já sabe o que é CNPJ, é hora de começar a entender o que é necessário e como tirar CNPJ.

No entanto, antes de qualquer coisa, é preciso descobrir quem precisa tirar CNPJ, pois a obrigatoriedade, vai muito além das empresas.

De acordo com a legislação em vigor e instruções normativas da Receita Federal, o CNPJ é obrigatório para toda e qualquer pessoa jurídica, e não somente para as empresas, como muitos pensam.

De acordo com a Receita Federal, toda e qualquer pessoa jurídica instalada no Brasil precisa de um CNPJ para ser reconhecida e desenvolver suas atividades legalmente, incluindo:

  • Empresas de todos os portes e segmentos;
  • Igrejas e organizações religiosas;
  • Órgãos públicos;
  • Condomínios;
  • Grupos e consórcios de sociedades;
  • Consórcios de empregadores;
  • Clubes e fundos de investimento;
  • Representações diplomáticas estrangeiras no Brasil;
  • Representações diplomáticas do Estado brasileiro no exterior;
  • Representações permanentes de organizações internacionais ou de instituições extraterritoriais no Brasil;
  • Serviços notariais e de registro;
  • Fundos públicos;
  • Fundos privados;
  • Candidatos a cargo político;
  • Incorporações imobiliárias;
  • Comissões polinacionais;
  • Entidades domiciliadas no exterior que mantenham bens no Brasil;
  • Instituições bancárias;
  • Sociedades em Conta de Participação (SCPs).

Como tirar CNPJ autônomo

Abrir um CNPJ pode garantir muitos benefícios, inclusive para aqueles que trabalham de forma autônoma, como médicos, dentistas, engenheiros, arquitetos e outros profissionais liberais.

Vale destacar que os profissionais que exercem atividades na condição de autônomo e que não possuem CNPJ ficam sujeitos à contribuição para o Imposto de Renda Pessoa Física, cuja alíquota pode chegar a 27,50% sobre a renda mensal.

Já aqueles que decidem formalizar suas atividades e buscam informações sobre como emitir CNPJ autônomo, podem contar com alíquotas de tributação significativamente menores, a partir de 4% ao mês no Simples Nacional, por exemplo.

Se você é um profissional autônomo, deseja pagar menos impostos, profissionalizar suas atividades, e dentre outros benefícios, receber autorização para emissão de notas fiscais, continue conosco e descubra como tirar CNPJ.

Na sequência, você vai conferir os documentos que precisa e um passo a passo para abrir o seu CNPJ de forma simples, rápida e gratuita.

Como tirar CNPJ MEI

MEI – Microempreendedor Individual é um tipo de empresa instituída pelo Governo para incentivar a formalização de pequenos negócios com faturamento anual de até R$ 81 mil.

Quem decide abrir um CNPJ MEI, tem acesso a diversos benefícios, dentre eles:

  • Pagamento de impostos em valor fixo e reduzido;
  • Permissão para contratar até 1 funcionário;
  • Permissão para emitir notas fiscais.

Para tirar CNPJ MEI, você pode entrar em contato com o nosso time de contadores para receber todas as orientações que precisa, ou então, abrir a sua empresa e CNPJ por conta própria, seguindo o passo a passo abaixo:

1.Acesse o Portal do Empreendedor;

2.Clique na opção “Quero ser MEI”;

3.Em seguida, clique em “Formalize-se”;

4.Crie uma conta “GOV.BR” ou acesse com sua senha;

5.Forneça os documentos e informações solicitadas;

6.Escolha as atividades do MEI;

7.Confira os dados e finalize sua inscrição.

Ao final do processo, você receberá o CCMEI – Certificado de Condição de Microempreendedor Individual, documento que funciona como Alvará de Funcionamento e possui o número do seu CNPJ.

Através do Portal do Empreendedor, você pode tirar CNPJ MEI em poucos minutos, mas lembre-se, isso não significa que você não precise de um contador.

Assim como qualquer outra empresa, o MEI possui obrigações a cumprir para ficar em dia com o fisco, incluindo:

  • Controle do livro caixa;
  • Controle do limite de faturamento anual;
  • Preenchimento e entrega da DASN MEI;
  • Emissão de nota fiscal para pessoas jurídicas;
  • Emissão da guia mensal para pagamento;
  • Registro e admissão de funcionários;
  • Cálculo da folha de pagamento;
  • Emissão das guias para recolhimento de FGTS e INSS.

Abrir Empresa

Por sua vez, a boa notícia é que a Já Calculei Contabilidade Online tem planos especiais e sob medida para o seu negócio.

Como tirar CNPJ ME

ME é a sigla para Microempresa, uma categoria empresarial para negócios com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões.

Ao abrir uma microempresa, o empresário e empreendedor também tem acesso a uma série de benefícios, dentre eles, a possibilidade de optar pelo Simples Nacional, regime tributário com alíquotas de contribuição reduzida e impostos em guia única.

Conheça os impostos contemplados pela guia única do Simples Nacional:

  • IRPJ – Imposto de Renda Pessoa Jurídica;
  • CSLL – Contribuição Social sobre o Lucro Líquido;
  • PIS – Programa de Integração Social;
  • COFINS – Contribuição para Financiamento da Seguridade Social;
  • CPP – Contribuição Previdenciária Patronal;
  • IPI – Imposto sobre Produtos Industrializados;
  • ICMS – Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços;
  • ISS – Imposto Sobre Serviços.

A guia única do Simples Nacional é calculada sobre o faturamento das empresas, levando em consideração o tipo de atividade desenvolvida, podendo variar de 4% a 19,50% (já considerando as deduções previstas em cada anexo).

Por fim, vale destacar que quando o assunto é como tirar CNPJ ME, também não existem complicações e o processo pode ser feito diretamente pela internet, basta clicar aqui e entrar em contato com um dos nossos contadores.

Como tirar CNPJ LTDA

Para aqueles que buscam informações sobre como tirar CNPJ LTDA, temos basicamente, duas opções:

  • SLU – Sociedade Limitada Unipessoal: Modalidade de empresa limitada para aqueles que pretendem abrir um negócio sem sócios.
  • Sociedade Empresária Limitada: Modalidade de empresa limitada para aqueles que pretendem abrir um negócio com sócios.

A principal característica de uma empresa limitada é a segurança jurídica que ela oferece aos seus proprietários, uma vez que o patrimônio pessoal dos sócios é desvinculado do patrimônio da empresa.

Na prática, isso significa, que os bens particulares do empresário ou sócios não poderão ser utilizados para quitar possíveis dívidas da empresa.

Conhecidas pela segurança jurídica que proporcionam, a Sociedade Limitada Unipessoal e a Sociedade Empresária Limitada estão entre as naturezas jurídicas mais procuradas para a abertura de novos negócios.

Quais os documentos necessários para tirar CNPJ?

Agora que você já sabe como tirar CNPJ MEI, ME e LTDA, é hora de conferir quais são os documentos necessários para tirar CNPJ.

  • RG e CPF do empresário individual ou dos sócios;
  • Comprovante de Residência do empresário ou dos sócios;
  • Inscrição Imobiliária ou Carnê IPTU do ponto comercial;
  • Contrato Social ou Requerimento de Empresário Individual em três vias;
  • FCN (Ficha de Cadastro Nacional) modelo 1 e 2, em uma via.

Dentre os documentos listados acima, temos aqueles de ordem pessoal, como RG, CPF e Comprovante de Residência, e além deles os documentos da futura empresa, como o Contrato Social, o Requerimento de Empresário e a Ficha de Cadastro Nacional.

Por sinal, são justamente os documentos da empresa que costumam gerar mais dúvidas nos empreendedores.

A boa notícia é que clientes Já Calculei não precisam se preocupar com isso, pois o nosso time de contadores está preparado para fornecer todas as orientações e esclarecer qualquer tipo de dúvida.

Conheça o significado dos documentos que mais geram dúvidas na abertura de empresas:

  • Inscrição Imobiliária: É o número de registro na prefeitura, do imóvel onde a empresa será instalada. Todo imóvel possui uma inscrição imobiliária, que pode ser obtida no cartório de imóveis da sua cidade ou no carnê IPTU do imóvel.
  • Contrato Social: É um documento utilizado no registro e abertura de empresas em sociedade, ou seja, com a participação de dois ou mais sócios.

O Contrato Social possui uma série de informações importantes sobre a empresa, desde o seu nome, as atividades que serão desenvolvidas e o percentual de participação de cada sócio.

  • Requerimento de Empresário: É o equivalente ao Contrato Social, só que destinado a abertura de empresas individuais, ou seja, sem a existência de sócios.
  • FCN – Ficha de Cadastro Nacional: Documento com informações básicas sobre a futura empresa, utilizado para protocolar o pedido de abertura e registro do novo negócio.

Quais os benefícios de tirar um CNPJ?

Com um CNPJ ativo, você terá acesso a uma série de benefícios, dentre os quais, podemos destacar:

Acesso a crédito e financiamento em condições especiais: Ao tirar um CNPJ, o empreendedor tem acesso a linhas especiais de crédito e financiamento que podem ser úteis para expandir e acelerar o crescimento dos seus negócios.

Além disso, também é possível captar recursos em rodadas de investimentos e junto a investidores-anjo, o que pode ser fundamental para quem possui uma boa ideia, mas precisa de recursos para colocá-la em prática.

Acesso para emissão de notas fiscais: A emissão de notas fiscais é obrigatória para toda operação que envolva prestação de serviços ou a venda e circulação de mercadorias.

Dito isso, para quem decide tirar CNPJ, o acesso para emissão de notas fiscais é um importante benefício, pois transmite credibilidade e atrai novos clientes, dentre eles, pessoas jurídicas.

Acesso aos melhores fornecedores do mercado: Os melhores fornecedores do mercado, ou seja, aqueles que oferecem o melhor custo-benefício para os seus clientes, vendem apenas para empresas com CNPJ.

Sendo assim, o empreendedor que decide tirar CNPJ também encontra melhores condições para aquisição de mercadorias e insumos.

Permissão para contratar funcionários: Com um CNPJ ativo e atuando como pessoa jurídica, você poderá contratar funcionários, e com isso, expandir a capacidade operacional da sua empresa.

Ao contratar funcionários, você pode delegar tarefas, desenvolver atividades que não conseguiria sozinho, e com isso, chegar cada vez mais longe!

Permissão para participar de licitações: Por fim, outro benefício importante para quem decide tirar CNPJ é a possibilidade de participar em licitações.

Participando de licitações públicas, sua empresa pode vender para órgãos governamentais e assim, garantir bons contratos, incrementando o faturamento dos negócios.

Como podemos observar, não restam dúvidas, tirar CNPJ é uma decisão que pode garantir inúmeros benefícios importantes para o empreendedor.

Como abrir um CNPJ de forma rápida e gratuita?

Por fim, é hora de conferir como tirar CNPJ de forma rápida e gratuita, sem sair de casa, com toda facilidade que a internet pode oferecer.

Com a digitalização e o avanço da tecnologia, tirar um CNPJ ficou muito fácil, confira o passo a passo:

  • Efetue o seu cadastro em nosso chatbot, clicando aqui;
  • Escolha o plano ideal para as suas necessidades;
  • Efetue o pagamento da primeira mensalidade.

Como a Já Calculei Contabilidade Online, você abre o seu CNPJ gratuitamente e sem qualquer complicação.

Atendemos empresas de todo o Brasil, oferecendo um serviço diferenciado, pautado na tecnologia e no atendimento ágil que todo empreendedor e empresário precisa.

Na Já Calculei, você tem acesso a uma plataforma online completa e descomplicada, onde é possível acessar, visualizar e fazer o download de todos os documentos da sua empresa, incluindo guias, folha de pagamento e relatórios diversos.

Nosso maior objetivo é manter a sua empresa em dia com o fisco, enquanto você cuida dos seus negócios, sem precisar se preocupar com qualquer tipo de burocracia contábil.

Para saber mais, conhecer nossos serviços e tirar todas as suas dúvidas, clique aqui e entre em contato conosco.

 

Abrir Empresa