Abrir empresa para compra e venda de imóveis: pessoa física ou jurídica?

Por: | Data: agosto 2, 2022

Abrir empresa para compra e venda de imóveis

Vale a pena abrir empresa para compra e venda de imóveis ou é melhor realizar as transações como pessoa física? Essa é uma dúvida relativamente comum entre aqueles que costumam realizar diversas transações no mercado imobiliário.

Abrir um CNPJ para comprar e vender imóveis tende a ser mais lucrativo? Para responder essas e outras perguntas, a Já Calculei Contabilidade decidiu preparar um conteúdo completo sobre o assunto.

No entanto, antes de começarmos, é importante destacar que mesmo com a inflação e a elevação das taxas de juros, o mercado imobiliário brasileiro deve continuar em crescimento, seguindo a tendência dos anos anteriores, conforme dados da Câmara Brasileira da Indústria da Construção Civil (CBIC) e outros players do setor.

Isso é o suficiente para fortalecer a ideia de que investir no mercado imobiliário brasileiro pode ser um excelente negócio.

Diante disso, confira o que você irá conferir ao longo deste conteúdo:

  • Como funciona a tributação para compra e venda de imóveis
  • Qual tipo de empresa abrir para atuar no mercado imobiliário
  • Quais são os CNAEs voltados para o mercado imobiliário
  • Quais os documentos necessários para abrir empresa de compra e venda de imóveis
  • Quanto custa para abrir empresa para compra e venda de imóveis
  • Como abrir uma empresa para compra e venda de imóveis

Abrir Empresa

Como funciona a tributação para compra e venda de imóveis

A tributação para a venda de imóveis como pessoa física é calculada com base na alíquota de 15% sobre o lucro da operação, uma alíquota que é considerada bastante elevada.

Por sua vez, aqueles que decidem abrir empresa para compra e venda de imóveis, podem optar por regimes tributários econômicos, dentre eles, o Lucro Presumido, cuja alíquota é de 5,93% sobre o lucro de cada venda.

Diante da grande diferença entre as alíquotas, podemos confirmar: comprar e vender imóveis como pessoa jurídica é a melhor opção.

Qual tipo de empresa abrir para atuar no mercado imobiliário

Quem pretende abrir empresa para compra e venda de imóveis, pode fazer isso de forma individual ou em sociedade.

Para aqueles que não possuem sócios, a opção mais indicada é a SLU – Sociedade Limitada Unipessoal, por sua vez, aqueles que possuem sócios, podem abrir:

  • Sociedade Empresária Limitada;
  • Sociedade Anônima S.A.

Na prática, tudo vai depender dos objetivos do negócio e da análise da contabilidade.

Quais são os CNAEs voltados para o mercado imobiliário

Para aqueles que pretendem atuar na compra e venda de imóveis próprios, o CNAE adequado é o 6810-2/01 – Compra e venda de imóveis próprios.

Este CNAE compreende, a compra e venda de imóveis próprios, como:

  • Edifícios residenciais (apartamentos e casas);
  • Edifícios não-residenciais, inclusive salões de exposições, shopping centers, etc;

No entanto, em alguns casos também é possível incluir os seguintes CNAEs no CNPJ:

  • 6821-8/01: corretagem na compra e venda e avaliação de imóveis;
  • 6821-8/02: corretagem no aluguel de imóveis;
  • 4110-7/00: incorporação de empreendimentos imobiliários.

Em meio às opções, para vincular o CNPJ nas atividades corretas, o ideal é contar com o apoio e a assessoria de um profissional de contabilidade.

Quais os documentos necessários para abrir empresa de compra e venda de imóveis

Quem pretende abrir empresa para compra e venda de imóveis, precisa reunir alguns documentos pessoais e também, documentos da futura empresa.

A lista é a seguinte:

  • Cópia autenticada do RG;
  • Cópia simples do CPF;
  • Certidão de casamento (se for casado);
  • Cópia simples do comprovante de endereço residencial;
  • Última declaração do IR (Imposto de Renda).
  • Cópia do IPTU ou de outro documento que conste a Inscrição Imobiliária do local para instalação da empresa;
  • Contrato Social ou Requerimento de Empresário (a depender do caso).

Em caso de dúvidas, não se preocupe, pois, o nosso time de contadores estará à disposição para auxiliar você no que for preciso.

Quanto custa para abrir empresa para compra e venda de imóveis

Abrir empresa para compra e venda de imóveis pode representar uma importante economia de impostos e além disso, não exige um alto investimento.

Na prática, você precisará:

  • Adquirir um certificado digital;
  • Efetuar o pagamento da taxa da Junta Comercial;
  • Custear os honorários da contabilidade.

Os custos não são expressivos, principalmente para aqueles que escolhem a Já Calculei, pois aqui, não cobramos honorários para a abertura de empresas.

Além disso, na venda do primeiro imóvel, você já recupera todo o valor investido na abertura do CNPJ e ainda garante um bom lucro.

Como abrir uma empresa para compra e venda de imóveis

Esclarecidas as principais dúvidas sobre o tema, é hora de conferir em um passo a passo completo e objetivo, o que é preciso para abrir uma empresa voltada para compra e venda de imóveis.

Neste tópico, você poderá retirar mais algumas dúvidas ao entender como funciona a abertura de uma empresa no ramo imobiliário aqui no Brasil.

1.Contrate uma contabilidade

Quando o assunto é abrir empresa para compra e venda de imóveis, contratar um serviço de contabilidade que entende do assunto é fundamental.

Além de esclarecer dúvidas, a contabilidade cuidará de todos os trâmites para abertura e regularização da empresa.

2.Escolha da natureza jurídica e do regime tributário

Na sequência e com o apoio da contabilidade, o empreendedor precisará escolher uma natureza jurídica (forma de constituição) e um regime tributário.

Conforme já destacamos, as opções mais indicadas em regime tributário são as seguintes:

  • SLU – Sociedade Limitada Unipessoal;
  • Sociedade Empresária Limitada;
  • Sociedade Anônima – S.A.

Por sua vez, quanto ao regime tributário, é possível optar por uma das seguintes opções:

  • Simples Nacional;
  • Lucro Presumido;
  • Lucro Real.

Abrir Empresa

3.Aguarde a emissão dos documentos

Por fim, basta aguardar alguns dias, enquanto a contabilidade providencia o registro da empresa e a emissão dos seus documentos, incluindo:

  • Registro na Junta Comercial;
  • CNPJ;
  • Inscrição Municipal;
  • Alvará de Localização e Funcionamento.

Deseja saber mais sobre a abertura de empresa para compra e venda de imóveis ou solicitar a emissão do seu CNPJ?

Conte com o apoio da Já Calculei Contabilidade, clique aqui e entre em contato conosco!