Coworking Médico: conheça essa alternativa e atenda em mais de um local

Por: | Data: julho 11, 2022

Coworking Médico

Você sabe o que é e como funciona um coworking médico? Essa alternativa pode ajudar profissionais da saúde a reduzir custos sem deixar de oferecer a estrutura e o conforto que os seus clientes precisam.

Os espaços de coworking estão sendo cada vez mais utilizados por médicos que estão em início de carreira e ainda não dispõem de recursos próprios para alugar uma sala comercial e montar um consultório próprio.

Sabendo disso, se este é o seu caso, essa pode ser a solução que você buscava para começar a trabalhar por conta própria e fazer sua carreira decolar!

Para saber mais sobre o coworking para médicos e os seus benefícios, não perca mais tempo, continue conosco e acompanhe este conteúdo até o final.

O que é um coworking médico?

O coworking médico é um serviço de economia compartilhada, onde os profissionais podem alugar salas e toda a estrutura que um consultório precisa, por determinado período.

Este tipo de espaço oferece tudo o que um médico precisa para trabalhar e atender os seus clientes de forma adequada, incluindo salas com ar-condicionado, recepção, mobília completa, serviços de limpeza, serviços de agendamento, dentre outros itens.

Além disso, enquanto em um consultório próprio o médico trabalha sozinho, em espaços compartilhados, é possível trocar experiências com outros profissionais, seja na mesma área de atuação ou em outras especialidades.

Sendo assim, ao invés de investir recursos na montagem e manutenção de um consultório próprio, os médicos podem optar pela reserva de horários em espaços de coworking.

Contabilidade Online

Quais são as principais vantagens do coworking médico?

Os coworkings médicos podem oferecer muitas vantagens, e em função disso, estão sendo cada vez mais procurados.

Para que você fique por dentro de tudo, listamos as principais vantagens que um coworking médico tem a oferecer. Confira!

1.Redução de Custos

A redução de custos é uma das principais vantagens associadas ao coworking médico, pois além de não precisar fazer um investimento inicial com o aluguel de uma sala comercial e reformas, o profissional não terá custos relacionados a manutenção e funcionamento do consultório, incluindo:

  • Recepcionista;
  • Aluguel;
  • Condomínio;
  • Luz e água;
  • Internet e telefone.

Na prática, o único custo será com o pagamento das horas de utilização do espaço coworking. Com isso, é possível reduzir significativamente os custos e maximizar o lucro dos médicos, principalmente daqueles que ainda não contam com um grande volume de atendimentos mensais.

2.Maior flexibilidade

Outro benefício dos espaços de coworking é a flexibilidade, tendo em vista características oferecidas por este tipo de estabelecimento, incluindo:

  • O médico pode reservar o espaço com base nas suas necessidades;
  • Não é preciso ficar vinculado a um contrato de aluguel;
  • Se torna muito mais fácil mudar o local de atendimento;
  • É possível atender em vários espaços de coworking e por consequência, em regiões diferentes da cidade.

3.Troca de experiência e networking

Ao atender seus clientes em um espaço de coworking médico, os profissionais podem fazer networking e trocar experiências com outros profissionais.

Além disso, é possível fazer parcerias com médicos de outras especialidades, para que estes façam indicações e contribuam para o crescimento da sua carteira de clientes.

Médicos que possuem algum tipo de especialidade, como cardiologistas e ortopedistas, costumam firmar parceria com clínicos, recebendo assim, muitos pacientes por indicação de outros profissionais.

4.Conforto e comodidade

Outro benefício interessante do coworking médico diz respeito a estrutura e o conforto que este tipo de estabelecimento pode oferecer tanto para o médico, como também para os seus clientes.

Normalmente, os espaços de coworking contam com estrutura completa, incluindo recepção, ambientes climatizados, água, café, serviço de impressão, wi-fi, dentre outros itens importantes.

Não tenha dúvidas, alugar esse tipo de espaço é uma opção para quem não abre mão de conforto e qualidade, mas que ao mesmo tempo, precisa economizar.

Como abrir um CNPJ médico?

Agora que você já conhece o coworking médico, é hora de conferir o que é preciso para abrir um CNPJ, atuar como médico PJ e começar a pagar menos impostos.

Talvez, você não saiba, mas além de economizar ao trocar o consultório próprio por um coworking, médicos de todas as partes do país também estão economizando ao abrir um CNPJ.

Enquanto médicos que atuam como pessoa física são tributados em até 27,50% no Imposto de Renda, médicos que atuam como PJ podem optar pelo Simples Nacional, cuja alíquota para atividades médicas inicia em 6%.

Sabendo disso, confira agora, o passo a passo para abrir o seu CNPJ:

1.Contrate um serviço de contabilidade

Para abrir um CNPJ médico e começar a pagar menos impostos, a primeira coisa que o médico precisa fazer é contratar um contador.

Com o apoio de um contador, o médico poderá esclarecer todas as suas dúvidas sobre a abertura de CNPJ, economizar em impostos e manter suas obrigações em dia com o fisco.

2.Separe os documentos necessários

Na sequência, o profissional precisará separar alguns documentos básicos que serão necessários para o registro da sua empresa, incluindo:

  • RG e CPF;
  • Registro no CRM;
  • Comprovante de Residência;
  • Inscrição Imobiliária do imóvel escolhido para registro do CNPJ (em alguns casos, pode ser a própria residência do médico);
  • Requerimento de Empresária ou Contrato Social (a depender do caso).

3.Escolha um regime tributário e uma natureza jurídica

Por sua vez, com o auxílio da contabilidade, o médico precisará escolher um regime tributário e uma natureza jurídica para vincular ao seu CNPJ.

Regimes tributários:

  • Simples Nacional;
  • Lucro Presumido;
  • Lucro Real.

Natureza jurídica:

  • EI – Empresário Individual;
  • SLU – Sociedade Limitada Unipessoal;
  • Sociedade Empresária Limitada;
  • Sociedade Simples.

Contabilidade Online

4.Emissão do CNPJ e demais documentos

Por fim, será emitida toda a documentação que um médico PJ precisa, incluindo:

  • Emissão do CNPJ na Receita Federal;
  • Emissão da Inscrição Municipal;
  • Liberação do Alvará de Funcionamento na Prefeitura;
  • Registro no CRM – Conselho Regional de Medicina;
  • Emissão do Alvará da Vigilância Sanitária.

Agora que você já sabe que com um coworking médico e um CNPJ, é possível garantir uma boa economia de impostos, é hora de abrir sua PJ médica.

Não perca mais tempo, clique aqui e entre em contato conosco!