Exemplos de razão social

Por: | Data: março 28, 2022

Exemplos de razão social

Definir a razão social da empresa é um dos primeiros passos para o empreendedor que deseja montar o seu próprio negócio.

O curioso, é que muita gente não sabe que apesar de aparentemente simples, essa é uma decisão que pode se mostrar difícil.

Sabendo disso, a Já Calculei Contabilidade decidiu preparar um conteúdo completo, com exemplos de razão social e uma série de informações importantes sobre o assunto.

Com o que vamos apresentar por aqui, esperamos contribuir para que você elimine suas dúvidas e consiga definir com maior facilidade a razão social da sua empresa.

Para saber mais e ficar por dentro de tudo, continue conosco e acompanhe esse conteúdo até o final.

Abrir Empresa

O que é Razão Social?

Razão Social, nome empresarial ou firma individual, nada mais é, que o nome completo de uma empresa.

Normalmente esse nome é constituído de três itens:

  • A identificação da empresa;
  • A sua atividade principal;
  • A sua natureza jurídica.

A Já Calculei, por exemplo, recebeu a seguinte razão social: Já Calculei Contabilidade LTDA.

Na prática, esse é o nosso nome de constituição e registro no cartório e demais órgãos públicos, enquanto Já Calculei é o nosso nome fantasia.

Considerando o nosso exemplo, temos os seguintes pontos de destaque:

Já Calculei é a nossa identificação;

  • Contabilidade, nossa atividade principal;
  • LTDA nossa natureza jurídica.

Sabendo disso, você que pretende abrir uma empresa já precisa ir pensando em exemplos de razão social, uma vez que essa informação será uma exigência da Junta Comercial para registrar a sua empresa.

O que é Nome Fantasia?

Quando falamos em exemplos de razão social, muitos questionam sobre a diferença entre razão social e nome fantasia.

Consultando o CNPJ de qualquer empresa na Receita Federal, você encontrará um nome empresarial (Razão Social) e também um nome fantasia.

Para entender a diferença entre eles, podemos fazer uma analogia simples com uma pessoa física.

Na prática, enquanto a razão social é o nome completo de uma pessoa, ou seja, a forma como ela foi registrada em sua certidão de nascimento, o nome fantasia é o seu apelido, ou seja, a forma como ela costuma ser chamada e reconhecida pelas pessoas.

Por falar nisso, você sabe quem é Ronaldo de Assis Moreira? Conhece essa pessoa ou já viu ela em algum lugar, seja em um estádio de futebol, na rua ou na televisão?

A princípio, você pode dizer que não conhece e nunca ouviu falar em Ronaldo de Assis Moreira, mas certamente saberia que ele é, se perguntássemos por Ronaldinho Gaúcho, não é mesmo?

Para ilustrar o nosso conteúdo e facilitar o seu entendimento sobre o assunto, podemos dizer que Ronaldo de Assis Moreira seria a razão social de uma empresa, enquanto que Ronaldinho Gaúcho, o nome fantasia.

Percebeu a diferença? O nome empresarial é o nome de registro de uma empresa, enquanto que o nome fantasia é normalmente mais curto e voltado para divulgação da empresa perante o público.

Exemplo de Razão Social

Bom, agora que você já sabe o que é razão social e o que é nome fantasia, podemos explorar mais sobre o assunto, conferindo alguns exemplos de razão social. 

Para ilustrar nosso conteúdo, vamos utilizar como exemplo, a Petrobras, empresa brasileira que atua na exploração, refino e comercialização de petróleo e seus derivados.

Quando falamos em Petrobras, todo mundo sabe a qual empresa estamos nos referindo, no entanto, quando falamos em Petróleo Brasileiro S.A, pouca gente sabe de que empresa estamos falando.

Sendo assim, você poderia até mesmo pensar que Petróleo Brasileiro S.A é uma outra empresa, quando na verdade não é.

Na prática, Petróleo Brasileiro S.A nada mais é que a razão social da Petrobras.

Confira outros exemplos de razão social:

  • Razão Social: Coca Cola Indústrias Ltda
  • Nome Fantasia: Coca-Cola
  • Razão Social: Carrefour Comércio e Indústria LTDA.
  • Nome Fantasia: Carrefour
  • Razão Social: Itaú Unibanco Banco Múltiplo S.A
  • Nome Fantasia: Itaú
  • Razão Social: Globo Comunicação e Participações S/A.
  • Nome Fantasia: Globo

Como definir a razão social e abrir uma empresa

Você já conferiu alguns exemplos de razão social e descobriu que uma razão social costuma ser composta por três itens:

  • A identificação da empresa;
  • A sua atividade principal;
  • A sua natureza jurídica.

Finalmente, com base nessas informações é hora de definir o nome fantasia e a razão social da sua empresa.

Vale lembrar, que para fins de registro, a razão social da sua empresa precisa ser única, ou seja, não pode estar em uso por outra empresa.

Basicamente, você precisa pensar em um nome, quanto a natureza jurídica, não se preocupe, pois, o nosso time de contadores lhe fornecerá orientações para a escolha da melhor opção para a sua empresa.

Dentre as opções, temos:

  • LTDA – Sociedade Limitada Unipessoal;
  • A – Sociedade Anônima;
  • SLU – Sociedade Limitada Unipessoal;
  • SS – Sociedade Simples;
  • EI – Empresário Individual.

Abrir Empresa

Como abrir uma empresa

Após conferir alguns exemplos de razão social e tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto, é hora de conferir o passo a passo para tirar seus planos do papel e abrir a sua empresa.

Abrir uma empresa pode ser muito mais fácil do que você imagina, principalmente, quando você já tem a razão social e o nome fantasia para registro do seu negócio.

Basicamente, você precisará seguir dois passos, conforme apresentamos na sequência:

1.Contrate um serviço de contabilidade: A contabilidade ficará responsável por fornecer as orientações necessárias e cuidar dos trâmites e procedimentos necessários para registro da empresa na Junta Comercial e emissão de documentos como:

  • CNPJ – Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica;
  • Inscrição Estadual;
  • Inscrição Municipal;
  • Alvará de Localização e Funcionamento.

2.Separe os documentos necessários: Na sequência, e logo após, contratar a contabilidade, você precisará separar os documentos necessários para registro da empresa, dentre eles:

  • RG e CPF;
  • Certidão de Casamento (para empreendedores casados);
  • Comprovante de Residência;
  • Carnê IPTU do imóvel escolhido para registro da empresa.

Após contratar um serviço de contabilidade e separar os documentos necessários, basta aguardar alguns dias para conclusão do processo de registro e abertura da sua empresa.

Pensando em abrir uma empresa, mas ainda não contratou um serviço de contabilidade?

Aqui na Já Calculei, a abertura de empresa é gratuita, clique aqui e entre em contato conosco para saber mais.