eSocial Doméstica: Confira tudo o que você precisa saber

Por: | Data: novembro 18, 2021

eSocial Doméstica

Você sabia que o empregador doméstico também possui obrigações a cumprir perante o fisco? Uma dessas obrigações é o eSocial Doméstica, assunto que vamos tratar ao longo desse conteúdo, retirando suas principais dúvidas.

eSocial é a sigla para Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais Previdenciárias e Trabalhistas, um sistema utilizado por empresas e empregadores domésticos para manter o governo informado dos dados cadastrais e informações relacionadas ao vínculo empregatício dos seus funcionários, como folha de pagamento e afastamentos.

Na sequência, vamos apresentar os detalhes relacionados ao preenchimento de informações no eSocial Doméstica.

Você possui trabalhadores domésticos? Então, confira com atenção cada ponto desse texto para evitar pendências e problemas com o fisco.

Cadastro do empregador no eSocial Doméstica

O primeiro passo para que o empregador se regularize perante o eSocial Doméstica se dá por meio do seu cadastro na plataforma, para isso, basta acessar o site do eSocial, clicar em “Primeiro Acesso” e preencher um cadastro básico que exige as seguintes informações:

  • CPF do empregador;
  • Data de nascimento;
  • Título de eleitor;
  • Recibo de entrega das últimas duas declarações de Imposto de Renda.

Após o cadastro inicial, o contribuinte poderá acessar o sistema utilizando a sua senha GOV ou certificado digital.

No primeiro acesso, o sistema trará as informações de CPF e nome vinculados ao usuário que efetuou o login e solicitará que o empregador informe telefone e e-mail para contato.

Por fim, forneça os dados necessários e clique no botão “Salvar”.

Cadastro do empregado doméstico no eSocial Doméstica

Na sequência, o contribuinte precisará cadastrar e informar os dados de todos os seus empregados domésticos no sistema, para isso, será necessário ter em mãos, as seguintes informações:

  • CPF;
  • Data de nascimento;
  • Número do PIS;
  • Número da CTPS – Carteira de Trabalho e Previdência Social;
  • Endereço completo;
  • Cargo;
  • Valor do salário;
  • Horário de Trabalho.

Após reunir os documentos, acesse a opção “Empregados” e logo em seguida clique em “Admitir/Cadastrar”

Forneça todos os dados necessários e conclua a operação de admissão/cadastro dos funcionários no eSocial Doméstica.

Contabilidade Online

Como preencher a folha de pagamento no eSocial Doméstica?

Após transmitir para o eSocial Doméstica, o cadastro de todos os seus funcionários, o empregador precisará informar mensalmente ao sistema, a folha de pagamento dos seus funcionários.

Para isso, será necessário acessar o eSocial com a senha GOV ou código de acesso e seguir o passo a passo abaixo:

  1. Acesse a opção “Folha/Recebimentos e Pagamentos”;
  2. Selecione o mês e o ano desejado;
  3. Preencha todos os campos com os valores da folha de pagamento;
  4. Clique em “Encerrar Folha”.

Com a transmissão da folha, o empregador terá acesso a guia DAE – Documento de Arrecadação do Esocial, um documento que reúne todas as contribuições devidas pelo empregador doméstico sobre a folha de pagamento, dentre elas:

  • FGTS – Fundo de Garantia por Tempo de Serviço
  • Contribuição para o INSS;
  • Seguro contra acidentes de trabalho;
  • Imposto de Renda Pessoa Física (quando o trabalhador recebe remuneração acima da faixa de isenção);
  • Reserva indenizatória da perda de emprego.

A guia em questão deve ser paga até o dia 7 de cada mês ou dia útil imediatamente anterior, quando feriado ou final de semana.

Por fim, vale lembrar que é altamente recomendável que a transmissão da folha de pagamento e geração da DAE seja feita com o auxílio de um contador, evitando assim quaisquer erros de cálculo ou preenchimento que acarretem em problemas futuros ou pagamento de impostos em excesso.

Qual o valor dos impostos do eSocial doméstica?

O valor dos impostos do eSocial Doméstica que compõem a guia DAE são os seguintes:

  • 8% para o FGTS – Fundo de Garantia por Tempo de Serviço;
  • 8% de Contribuição Previdenciária Patronal;
  • 0,8% de Seguro contra acidentes de trabalho;
  • 3,2% de Reserva indenizatória da perda de emprego.

Vale destacar que além dos valores devidos pelo empregador, a guia DAE também contempla os valores de contribuição ao INSS e Imposto de Renda (quando houver), descontadas do empregado doméstico.

Quanto custa uma empregada doméstica com carteira assinada?

De acordo com a legislação em vigor, a empregada doméstica possui direito a receber mensalmente uma remuneração igual ou superior a salário mínimo nacional, atualmente em R$ 1.100,00.

Além disso, o empregador precisa recolher o FGTS, INSS, Seguro Contra Acidente de Trabalho e Reserva Indenizatória, que juntos somam 20% sobre a remuneração do trabalhador.

Sendo assim, o custo mensal de uma empregada doméstica com carteira assinada não será inferior a R$ 1.320,00.

No entanto, além disso, vale lembrar que o empregador deverá fornecer ao empregado doméstico, um mês de férias remunerada por ano trabalhado e 13º salário.

Como lançar atestado no eSocial Doméstica?

Caso o funcionário doméstico apresente atestado médico e se afaste das suas atividades laborais, o empregador precisa comunicar essa ocorrência ao eSocial Doméstica por meio do registro de afastamentos, seguindo o passo a passo:

  1. Faça login no eSocial Doméstica;
  2. Clique na opção “Trabalhador” e na sequência em “Afastamento Temporário”;
  3. Escolha o empregado a ser afastado;
  4. Clique na opção “Registrar Afastamento”;
  5. Na sequência, informe a data e o motivo do afastamento e salve o registro.

Por sua vez, quando o empregado retornar do afastamento, também será necessário enviar uma comunicação ao eSocial Doméstica. Neste caso, basta clicar sobre o afastamento registrado e selecionar a opção “Registrar Retorno”.

Por fim, informe a data de retorno do afastamento e clique em “Salvar”.

Como pagar a guia do eSocial Doméstica?

Após emitir a guia DAE do eSocial Doméstica, o contribuinte precisa realizar o pagamento até o dia 7 de cada mês ou dia útil imediatamente anterior.

O pagamento pode ser realizado em toda rede bancária e casas lotéricas. Vale destacar que em caso de atraso no pagamento, será cobrado juros de 0,33% ao dia e multa.

Precisando de apoio e assessoria contábil para gerar a DAE e manter as suas informações com o esocial doméstico em dia?

Conte com o apoio e assessoria da Já Calculei, entre em contato conosco!