CSLL: O que é, como funciona e como calcular?

Por: | Data: novembro 9, 2021

CSLL: O que é, como funciona e como calcular?

CSLL é a sigla para Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido, um imposto federal que incide sobre atividades do comércio, indústria e serviços.

Instituída pela Lei 7.869/1988 a CSLL tem como objetivo o financiamento da seguridade social, ou seja, aposentadorias, benefícios previdenciários e a saúde pública.

Quem precisa pagar a CSLL?

De acordo com a legislação em vigor, todas as empresas brasileiras são obrigadas a contribuir para a CSLL, incluindo empresas no:

  • Simples Nacional;
  • Lucro Presumido;
  • Lucro Real.

No entanto, em cada regime, há uma sistemática de cálculo e apuração dos impostos diferente, conforme veremos na sequência deste conteúdo.

Como funciona o cálculo e qual é a alíquota da CSLL?

A alíquota da CSLL varia de 9% a 15%, a depender do regime tributário e tipo de atividade desenvolvida por cada empresa.

Na sequência, vamos detalhar as alíquotas e forma de cálculo da Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido em cada um dos regimes tributários disponíveis no país.

Cálculo da CSLL no Lucro Presumido

No Lucro Presumido, para que seja possível encontrar o valor da CSLL, precisamos encontrar em primeiro lugar, a sua base de cálculo.

De acordo com a legislação em vigor, a base de cálculo da CSLL no Lucro Presumido deve ser apurada com base nas alíquotas e atividades listadas na tabela abaixo:

Atividades Alíquota
Serviços Hospitalares

Serviços de Transporte

Comércio

Indústria

12%
Serviços em Geral, (exceto hospitalares e de transporte).

Intermediação de negócios

Administração, locação ou cessão de bens imóveis, móveis e direitos de qualquer natureza.

32%

Uma vez determinado o valor da base de cálculo, aplica-se uma alíquota de 9% para chegar ao valor a pagar do imposto. Veja um exemplo de cálculo:

  • Tipo de empresa: Empresa de Serviços em Geral.
  • Faturamento no mês: R$ 500.000,00
  • Alíquota base da CSLL (conforme tabela): 32%
  • Base de Cálculo: R$ 500.000,00 x 32% = R$ 160.000,00
  • Imposto a Pagar: R$ 160.000,00 x 9% = R$ 14.400,00

Cálculo da CSLL no Lucro Real

No caso das empresas enquadradas no Lucro Real, a CSLL deve ser calculada com base no lucro líquido, com as seguintes alíquotas:

  • 9% para empresas em geral;
  • 15% para instituições financeiras e assemelhadas.

Contabilidade Online

Cálculo da CSLL no Simples Nacional

Por fim, temos o Simples Nacional, regime tributário no qual as empresas recolhem os seus tributos em guia única calculada sobre o faturamento e com pagamento mensal.

As empresas do Simples Nacional recolhem todos os seus impostos, incluindo a CSLL por meio da guia DAS – Documento de Arrecadação do Simples Nacional.

Dentre os impostos que podem fazer parte da guia do Simples Nacional, podemos destacar:

  • IRPJ – Imposto de Renda Pessoa Jurídica;
  • CSLL – Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido;
  • COFINS – Contribuição para Financiamento da Seguridade Social;
  • PIS – Programa de Integração Social;
  • CPP – Contribuição Previdenciária Patronal;
  • ICMS – Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços;
  • ISS – Imposto sobre Serviços.

Por sua vez, a soma desses tributos pode resultar em alíquotas de contribuição que variam de 4% a 33% a depender do volume de faturamento da empresa e suas atividades.

Como fazer o pagamento da CSLL?

O pagamento da CSLL é realizado por meio de uma guia DARF – Documento de Arrecadação da Receita Federal (para empresas do Lucro Presumido e Lucro Real) ou então, por meio da DAS – Documento de Arrecadação do Simples (para empresas do Simples Nacional.

A guia em questão deve ser calculada por um contador e paga até a data do seu vencimento, evitando assim, multas, juros e quaisquer sanções aplicáveis pelo fisco.

Qual a data de vencimento da CSLL?

A data de vencimento da CSLL varia em função do tipo de regime tributário da empresa, confira:

  • Simples Nacional: Até o dia 20 do mês subsequente à sua apuração;
  • Lucro Presumido: Até o último dia útil do mês subsequente ao período de apuração trimestral;
  • Lucro Real: Até o último dia útil do mês subsequente àquele a que se referir.

Vale destacar que nos vencimentos em finais de semana e feriado, o prazo é antecipado para o dia útil imediatamente anterior.

Qual o código da DARF CSLL?

Os códigos mais utilizados para recolhimento da DARF CSLL são os seguintes:

  • 2484 – Pessoas Jurídicas não Financeiras – Lucro Real – Estimativa Mensal;
  • 2469 – Entidades Financeiras – Estimativa Mensal;
  • 6012 – Pessoas Jurídicas não Financeiras – Lucro Real – Apuração Trimestral;
  • 2030 – Entidades Financeiras – Apuração Trimestral;
  • 6773 – Pessoas Jurídicas não Financeiras – Lucro Real – Ajuste Anual;
  • 6758 – Entidades Financeiras – Lucro Real – Ajuste Anual;
  • 2372 – Pessoas Jurídicas Tributadas pelo Lucro Presumido ou pelo Arbitrado.

Como pagar DARF CSLL atrasado?

O interessado em efetuar o pagamento de uma DARF CSLL em atraso precisa providenciar a atualização da guia com juros e multas.

A emissão da guia atualizada deve ser realizada por meio do Sicalc – Sistema de Cálculo de Acréscimos Legais, preferencialmente com o auxílio de um contador.

Quem possui isenção de CSLL?

De acordo com a legislação em vigor, são isentas de CSLL as entidades sem fins lucrativos, desde que atendam aos requisitos legais.

São exemplos de entidades isentas de contribuir para a CSLL:

  • Instituições de caráter filantrópico;
  • Instituições de caráter recreativo;
  • Instituições de caráter cultural;
  • Instituições de caráter educacional e científico.

Conheça a Já Calculei Contabilidade Online

Procurando um serviço completo de contabilidade para calcular e colocar em dia os impostos e contribuições da sua empresa?

Conte com a Já Calculei Contabilidade Online, aqui você encontra serviços completos, assessoria especializada e muita tecnologia.

Temos planos sob medida para a sua empresa, abertura de empresa e troca de contador grátis.

Ainda não é cliente da Já Calculei? Faça o seu cadastro e assinatura agora mesmo, escolha um dos nossos planos:

  • Simples Nacional – Serviços: Indicado para empresas de Serviços enquadrada no regime de tributação Simples Nacional.
  • Simples Nacional – Comércio: Indicado para empresas de Comércio enquadrada no regime de tributação do Simples Nacional.
  • Lucro Presumido: Indicado para empresas de Serviços enquadrada no regime de tributação Presumido.

Sua melhor opção em serviços contábeis é a Já Calculei: Clique aqui e conheça os nossos planos.