Conciliação Bancária: O que é, como fazer e importância

Por: | Data: dezembro 14, 2021

Conciliação Bancária

Empresas em todos os setores realizam operações de conciliação bancária para garantir a precisão de seus demonstrativos financeiros.

Ao comparar os documentos internos com as declarações externas, quaisquer erros ou alterações que precisem ser feitas podem ser resolvidos em tempo hábil para concluir o fechamento contábil.

A boa notícia é que com o avanço da tecnologia, a conciliação bancária não precisa mais ser um processo demorado e sujeito a erros.

Sua empresa ainda não realiza a conciliação bancária das movimentações financeiras? Então, não perca mais tempo, continue conosco, acompanhe esse conteúdo até o final e fique por dentro do assunto.

Contabilidade Online

O que é conciliação bancária?

A conciliação bancária se refere ao processo de comparação das demonstrações financeiras com um extrato bancário. Embora possa ser executado por um indivíduo para suas próprias finanças, é um processo que ocorre em quase todas as empresas.

Um extrato bancário mostra quais transações ocorreram na conta bancária de uma empresa no último mês. Ao mesmo tempo, sua empresa mantém seus próprios registros financeiros.

Ao comparar seu saldo de caixa em seu balanço com o valor em um extrato bancário, você pode garantir que as transações sejam um reflexo da realidade.

Ao realizar conciliações bancárias regularmente, você pode detectar fraudes e corrigir erros rapidamente. O uso de uma conciliação bancária será capaz de identificar se determinada diferença é explicável ou realmente indicativa de um problema.

As empresas têm a opção de realizar conciliações bancárias em sua própria periodicidade, seja diária, semanal, mensal, trimestral ou anual.

Com o apoio da tecnologia e ferramentas automatizadas de conciliação bancária, tornou-se viável e eficaz realizar conciliações bancárias com maior frequência.

Como é realizada uma conciliação bancária?

Um extrato bancário é conciliado por meio de um comparativo com as movimentações financeiras registradas no sistema da sua empresa.

Com acesso a cada transação, seu contador ou software de gestão financeira registra transações bancárias, comparando-as com as movimentações registradas no sistema e nos controles internos da empresa.

Em uma conciliação bancária, temos duas colunas: a coluna do banco exibe o que exibe as movimentações do extrato bancário e a coluna do sistema interno que mostra quais foram as operações registradas no sistema.

Por várias razões, essas duas colunas podem apresentar diferenças. Diante disso, conciliar um extrato bancário é como investigar onde e por que os extratos não coincidem, para que no final, todos os itens possam ser contabilizados e os saldos alinhados.

Quais são as etapas para a conciliação bancária?

Agora que você já sabe o que é conciliação bancária, é importante destacar quais são as suas etapas, confira o passo a passo:

  1. Compare as movimentações: Observe as movimentações do extrato bancário da sua empresa e faça um comparativo com aquelas que foram registradas no seu sistema.

Certifique-se de que os valores indicados no extrato da conta bancária estão de acordo com as movimentações que foram lançadas no sistema.

  1. Faça ajustes: Observe quais transações estão presentes no extrato bancário, mas que ainda não foram registradas no sistema.

Na sequência, registre as operações para que o saldo final entre a conta bancária, seu sistema, fluxo de caixa e relatórios seja o mesmo.

3.Compare os saldos: Depois de fazer os ajustes necessários na conta de caixa e no extrato bancário, você pode verificar se os saldos das contas correspondem. Se o saldo não for o mesmo, a conciliação ainda não acabou. Nesse caso, você deve voltar e verificar o trabalho novamente.

Somente quando os valores estiverem de acordo, ou seja, os saldos alinhados, você poderá finalizar a conciliação bancária com a certeza de que possui dados precisos à disposição.

Como que frequência realizar conciliações bancárias?

Perguntar com que frequência você deve realizar uma conciliação bancária é como perguntar quantas xícaras de café você precisa por dia. Realmente depende da sua situação.

Quando você tem um grande volume de transações, é necessário realizar conciliações bancárias com uma frequência maior. Sabendo disso, muitos varejistas ou restaurantes executam o processo diariamente.

Quanto mais você esperar para conciliar suas contas, mais tempo e trabalho precisará gastar examinando os registros.

Independentemente da escolha que você fizer para suas necessidades comerciais quanto à frequência de suas conciliações, a melhor escolha é permanecer consistente.

Na prática, não há uma regra geral, existem empresas que realizam conciliações bancárias diariamente, outras semanalmente e algumas até mesmo mensalmente.

Por que fazer conciliações bancárias?

Os benefícios de realizar uma conciliação bancária superam em muito as desvantagens. Além disso, as únicas desvantagens podem ser o tempo e os recursos de que você precisa para realizar o processo.

No entanto, você pode resolver facilmente essas desvantagens ao escolher um serviço de contabilidade que ofereça serviços de conciliação bancária, como a Já Calculei.

Por outro lado, a conciliação bancária oferece uma série de benefícios, dentre os quais, podemos destacar:

  • Detecção de fraudes com antecedência suficiente para revertê-las;
  • Acompanhamento preciso de contas a pagar e contas a receber;
  • Extinção de quaisquer erros, como pagamentos perdidos ou omissões;
  • Alinhamento do saldo e movimentações bancárias com o sistema e relatórios da empresa.

Não tenha dúvidas, a conciliação bancária é uma tarefa fundamental para a gestão financeira e contábil das organizações.

Conheça os serviços e soluções da Já Calculei

Você ainda não conta com serviços contábeis especializados e uma rotina de conciliação bancária para a sua empresa?

Maximize os resultados dos seus negócios e posicione a sua empresa à frente da concorrência, conte com uma contabilidade completa!

Conheça alguns dos nossos serviços:

  • Registro e abertura de empresas;
  • Registro de movimentações contábeis;
  • Conciliação bancária;
  • Apresentação de livros e relatórios contábeis, como Balanço e DRE;
  • Cálculo da folha de pagamento e pró-labore;
  • Registro de admissões, demissões e afastamento de funcionários;
  • Cálculo de impostos e emissão de guias;
  • Entrega de obrigações acessórias exigidas pelo fisco.

Conte com uma contabilidade completa com uma plataforma exclusiva e tenha acesso às informações contábeis da sua empresa de qualquer lugar.

Escolha o seu plano agora mesmo, a partir de R$ 99,00 e garanta economia, ou se preferir, clique aqui e entre em contato conosco para retirar suas dúvidas.