Como Criar CNPJ para loja virtual

Por: | Data: setembro 5, 2021

Como Criar CNPJ para loja virtual

Para quem está pensando em abrir um e-commerce e tem dúvidas do que é preciso ou como criar CNPJ para loja virtual, é muito importante ter ajuda especializada de quem realmente entende do assunto.

A Já Calculei é uma plataforma de contabilidade online, com uma equipe de contadores especialistas da área, para dar toda a assessoria que você precisa, tirar suas dúvidas e ajudá-lo com a abertura da sua loja virtual.

O bom de escolher trabalhar com a Já Calculei é que tudo é feito online, não só a orientação de como criar CNPJ para loja virtual, mas a própria abertura da empresa, tudo sem sair de casa, nem ter os custos elevados de trabalhar com um escritório de contabilidade tradicional.

Além disso, o empresário e empreendedor pode acessar qualquer informação que precisar na hora que desejar e de onde você estiver.

Pense que já é tarde da noite e você está precisando de alguma informação sobre a sua empresa, com a Já Calculei, basta acessar nossa plataforma web para obter as informações desejadas.

Por sua vez, com um escritório de contabilidade físico, você teria que esperar até o dia seguinte, no horário comercial para obter as mesmas informações.

Abrir Empresa

O que é uma loja virtual?

Loja virtual ou e-commerce, como também são conhecidos, são sites especializados na venda de produtos em meio digital, ou seja, através da internet.

Esse tipo de negócio facilita muito a vida das pessoas, uma vez que permitem a compra de produtos em apenas alguns cliques, sem que o consumidor precise ir até uma loja física.

Por sinal, essa facilidade e comodidade tem contribuído para que as lojas virtuais cresçam em ritmo bastante acelerado.

Segundo dados divulgados pela Neotrust cresceu 27% e faturou R$ 161 bilhões em 2021. Por sua vez, o número de pedidos aumentou em 16,9% alcançando impressionantes 353 milhões de entregas.

Também é válido destacar o crescimento do ticket médio em 8,6%, atingindo a média de R$ 455,00 por compra realizada na internet.

Os números positivos fazem das lojas virtuais uma excelente oportunidade para quem deseja abrir um CNPJ, montar o próprio negócio e conquistar um bom faturamento.

Para aqueles que desejam ingressar neste mercado, mas não sabem por onde começar, temos duas possibilidades:

  • Marketplaces: Sites com grande visibilidade, como Mercado Livre, Amazon, B2W, Via Varejo e Magazine Luíza.

Os marketplaces cedem espaço para que lojistas anunciem e vendam seus produtos em troca de uma parcela de comissão sobre cada venda realizada.

  • Site próprio: Além dos marketplaces os empreendedores também podem optar por investir em um site próprio, ficando livre das comissões cobradas pelos marketplaces.

No entanto, na maioria dos casos, os empresários do setor optam por combinar a venda dos seus produtos no site próprio e também nos marketplaces, aumentando a visibilidade dos produtos e o volume de vendas.

Passo a passo para abrir uma loja virtual

Agora que você já sabe o que é uma loja online, é hora de conferir um passo a passo completo sobre como criar CNPJ para loja virtual.

Ao abrir um CNPJ, você poderá vender os seus produtos para consumidores de todas as partes do país e além disso, poderá contar com uma série de benefícios, incluindo:

  • Redução e economia de impostos;
  • Maior facilidade para contratar transportadoras;
  • Acesso aos melhores fornecedores;
  • Possibilidade de anunciar seus produtos em marketplaces;
  • Permissão para emitir notas fiscais;
  • Facilidade para contratar funcionários;
  • Maior probabilidade de atrair investidores;
  • Dentre outros benefícios importantes.

Diante de todos os benefícios citados, confira o passo a passo e veja como criar CNPJ para loja virtual, pode ser fácil.

1.Contrate um escritório de contabilidade

Quando o objetivo é criar um CNPJ para loja virtual, o primeiro passo é a contratação de um escritório de contabilidade que esteja preparado para atender este segmento.

Lojas virtuais e e-commerces possuem particularidades que precisam ser observadas para garantir que o empresário mantenha seus negócios em dia com o fisco e evite pagar mais impostos que o necessário, uma dessas particularidades é o DIFAL – Diferencial de Alíquotas de ICMS.

Por isso, ao planejar a abertura de uma loja virtual, não abra mão do apoio e assessoria do time de especialistas da Já Calculei Contabilidade Online.

Aqui na Já Calculei a abertura de empresa é gratuita e você pode contar com contadores que realmente entendem do seu tipo de negócio.

2.Separe os documentos para abrir uma loja virtual

Na sequência, você precisará separar os documentos necessários para abrir uma loja virtual, dentre eles:

  • RG e CPF;
  • Cópia do comprovante de residência;
  • Cópia do comprovante de endereço físico da loja virtual;
  • Cópia do IPTU ou Inscrição Imobiliária do imóvel.
  • Certidão de casamento (quando casado).

Importante: Para lojas virtuais abertas em sociedade é necessário separar os documentos pessoais de todos os sócios.

Por sua vez, além dos documentos listados acima, o empreendedor precisará preparar um Contrato Social ou preencher um Requerimento de Empresário.

Os documentos em questão são exigidos pela Junta Comercial e reúnem uma série de informações importantes sobre a futura empresa, incluindo:

  • Razão Social e Nome Fantasia;
  • Qualificação dos sócios;
  • Endereço completo e dados de contato;
  • Atividades desenvolvidas (CNAE);
  • Capital social investido no negócio.

O Contrato Social é exigido para abertura de empresas em sociedade, enquanto que o Requerimento de Empresário é solicitado na abertura de empresas individuais, ou seja, sem sócios.

3.Definição do regime tributário e natureza jurídica

Após separar os documentos necessários, o empreendedor precisará definir em conjunto com o seu contador, a melhor natureza jurídica e o melhor regime tributário para a sua loja virtual.

Temos algumas opções disponíveis para cada caso, dentre as quais, podemos destacar:

Natureza jurídica:

  • EI – Empresário Individual;
  • SLU – Sociedade Limitada Unipessoal;
  • Sociedade Empresária Limitada;
  • Sociedade Anônima S.A.

Regime Tributário:

  • Simples Nacional;
  • Lucro Presumido;
  • Lucro Real.Abrir Empresa

Conte com o apoio da Já Calculei para escolher a natureza jurídica ideal e o melhor regime tributário para criar CNPJ para loja virtual, garantindo assim, uma importante economia de impostos.

4.Escolha do CNAE

Uma das etapas do passo a passo sobre como criar CNPJ para loja virtual é a escolha da lista de CNAEs (atividades) que serão vinculadas ao CNPJ.

Para aqueles que pretendem abrir uma loja virtual, existem muitas possibilidades, como por exemplo:

  • 4781-4/00 – Comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios;
  • 4782-2/01 – Comércio varejista de calçados;
  • 4783-1/02 – Comércio varejista de artigos de relojoaria;
  • 4783-1/01 – Comércio varejista de artigos de joalheria;
  • 4789-0/01 – Comércio varejista de suvenires, bijuterias e artesanatos;
  • 4789-0/02 – Comércio varejista de plantas e flores naturais;
  • 4789-0/03 – Comércio varejista de objetos de arte;
  • 4789-0/04 – Comércio varejista de animais vivos e de artigos e alimentos para animais de estimação;
  • 4789-0/07 – Comércio varejista de equipamentos para escritório.

De acordo com a legislação em vigor, você que pretende abrir uma loja virtual pode escolher até 100 opções e, com isso, anunciar e vender uma enorme variedade de produtos.

5.Registro da loja virtual

Por fim, basta aguardar o prazo necessário para que a contabilidade registre sua empresa nos órgãos públicos, incluindo:

  • Junta Comercial;
  • Receita Federal (CNPJ);
  • Secretaria de Fazenda (Inscrição Estadual);
  • Inscrição Municipal e Alvará de Funcionamento (Prefeitura);
  • Previdência Social e na Caixa Econômica.

Com toda documentação liberada, sua loja virtual estará pronta e devidamente regularizada para entrar em funcionamento. No entanto, queremos aproveitar para recomendar que você considere o passo extra que vamos apresentar na sequência.

6.Registro de marca no INPI

Para evitar que outras pessoas utilizem de forma indevida a sua marca, vendendo produtos em nome do seu e-commerce, sem a sua autorização, faça um registro de marcas no INPI.

O INPI – Instituto Nacional de Propriedade Industrial é o órgão do governo, responsável pelo registro de marcas e patentes, garantindo aos empresários o direito de exclusividade quanto ao uso das suas marcas.

Como criar CNPJ para loja virtual, com segurança e agilidade?

Se você está pesquisando sobre como criar CNPJ para loja virtual, pois está pensando em fazer tudo sozinho, lembre-se que não se trata apenas de conseguir um CNPJ, é preciso definir bem a natureza jurídica da empresa, o regime tributário e registrar a sua empresa corretamente.

Além disso, mensalmente você terá que recolher impostos e cumprir uma série de serviços contábeis e fiscais.

Sendo assim, para fazer tudo com segurança e a agilidade que você quer, nada melhor que contar com a equipe de contadores da Já Calculei.

Com a Já Calculei você pode escolher um plano mensal que seja o mais adequado para a empresa que você deseja abrir.

Abrir Empresa

Em todos os planos, você poderá contar com os seguintes serviço:

  • Acesso à plataforma;
  • Atendimento online via chat e e-mail e WhatsApp;
  • Cálculo mensal dos impostos;
  • As obrigações legais com Receita Federal e Prefeitura (emissão das guias);
  • Relatórios contábeis (DRE e Balanço Patrimonial);
  • Pró-labore dos sócios, se tiver;
  • Imposto de renda da empresa anual;
  • Todos os documentos assinados por um contador.

Como criar CNPJ para loja virtual sem problemas?

Com certeza quando alguém pensa em abrir qualquer negócio a última coisa que deseja é ter problemas.

Sendo assim, para saber como criar CNPJ para loja virtual e evitar qualquer tipo de problema, o ideal é começar da maneira certa, contando com toda a ajuda possível e com a orientação da Já Calculei.

Conte com uma assessoria contábil que entende da legislação vigente e sabe como lidar com todos os trâmites envolvidos na abertura de um negócio virtual.

Ao abrir um CNPJ e manter a sua empresa dentro das normas, você poderá realizar a venda dos seus produtos na internet e manter seu estoque sempre atualizado, enquanto a equipe da Já Calculei cuida de toda a contabilidade do seu comércio digital.

Além disso como já citamos, com a plataforma da Já Calculei, você pode emitir suas notas fiscais, ter contadores gerenciando sua folha de pagamento, cuidando da emissão das guias de pagamento dos impostos, da entrega das obrigações acessórias e da elaboração dos arquivos contábeis de seu e-commerce como o livro diário, DRE e balanço patrimonial.

Além disso, todos os documentos ficam disponíveis na nuvem, para facilitar o seu acesso às informações da sua empresa.

Sendo assim, não espere mais, entre em contato agora mesmo com a Já Calculei e solicite a emissão do seu CNPJ.