Como abrir uma corretora de valores?

Por: | Data: setembro 19, 2021

Como abrir uma corretora de valores?

Como abrir uma corretora de valores? Você conhece o passo a passo e os trâmites legais para montar uma corretora?

Neste conteúdo, vamos apresentar informações completas sobre o assunto e fornecer todas as orientações que você precisa sobre o assunto, vale a pena conferir!

Após conferir tudo que precisa para abrir uma corretora de valores, entre em contato conosco, temos um time de especialistas que pode ajudar você a tirar os planos do papel.

O que é uma corretora de valores?

Antes de conhecer os trâmites e requisitos para abrir uma corretora de valores, é muito importante que você entenda todos os detalhes sobre esse tipo de negócio.

Afinal, o que faz uma corretora de valores? Quais produtos e serviços esse tipo de empresa oferece aos seus clientes?

As corretoras de valores são instituições especializadas em oferecer serviços e opções de investimentos para pessoas físicas e jurídicas.

Na prática, elas comercializam e intermediam aplicações financeiras, tanto da renda fixa, como também da renda variável.

Uma corretora de valores deve estar preparada para fornecer dentre outros, os seguintes produtos e ativos em investimentos para os seus clientes:

  • Certificado de Depósito Bancário (CDB);
  • Fundos de Investimento Imobiliário (FII);
  • Letras de Crédito do Agronegócio (LCA);
  • Letras de Crédito Imobiliário (LCI);
  • Títulos do Tesouro Nacional (Tesouro Direto);
  • Ações da Bolsa de Valores;
  • Brazilian Depositary Receipt – BDR;
  • Fundos de Investimentos em Renda Fixa;
  • Fundos de Investimentos em Renda Variável;
  • Debêntures;
  • Contratos de Índice e Dólar;
  • Opções e Contratos Futuros.

Com o crescente interesse do brasileiro por investimentos, as corretoras estão crescendo e expandindo rapidamente os seus negócios.

Para que você tenha uma ideia do expressivo crescimento do mercado, o número de pessoas físicas cadastradas na Bolsa de Valores praticamente dobrou nos últimos dois anos, saindo de 2,2 milhões de investidores em 2019 para 4 milhões de investidores no momento da publicação deste artigo.

Em um cenário positivo e de crescimento para o mercado de investimentos, não restam dúvidas, abrir uma corretora de valores é um excelente negócio.

Como as corretoras de valores ganham dinheiro?

Você sabe como as corretoras de valores ganham dinheiro? Qual é a fonte de renda deste tipo de empresa?

O empreendedor que deseja abrir uma corretora de valores precisa conhecer de perto as fontes de geração de receitas deste tipo de negócio, veja:

  • Float: Essa é a modalidade onde as corretoras de valores conseguem gerar receita com o rendimento do dinheiro dos clientes que ficam parados nas contas.
  • Spread: O Spread é a diferença entre o preço que os títulos de renda fixa são oferecidos às corretoras pela instituição emissora e o preço que é praticado e oferecido aos clientes.
  • Taxa de custódia: A taxa de custódia é um valor cobrado por parte das corretoras para a manutenção dos ativos em poder do investidor.
  • Taxa de corretagem: A taxa de corretagem é um percentual cobrado pelas corretoras em cima de cada aplicação realizada pelos seus clientes.

A depender da carteira de clientes e da variedade de ativos de renda fixa e renda variável oferecidos, quem decide abrir uma corretora de valores pode alcançar um faturamento milionário.

Quanto custa para abrir uma corretora de valores

Quem almeja abrir uma corretora de valores precisa estar preparado para os custos que envolvem a montagem deste tipo de negócio.

Dentre os principais custos para abrir uma corretora de valores, podemos destacar:

  • Custos com estrutura física: Para abrir uma corretora de valores será preciso investir em estrutura física, o que inclui mobiliário completo, como mesas, cadeiras e armários, além da aquisição ou locação de espaço físico que comporte esse tipo de negócio.
  • Custos com tecnologia: Também será preciso investir em tecnologia, incluindo telefones, computadores, impressoras, sistemas específicos e segurança da informação.
  • Custos com mão de obra: Quem decide investir em uma corretora de valores também precisa investir em mão de obra e profissionais capacitados como contadores, corretores de valores, economistas e analistas de investimento certificados por instituições reconhecidas como a ANBIMA.
  • Custos com legalização: Também será preciso reservar uma quantia para a legalização do negócio, incluindo o seu registro na Junta Comercial, Banco Central e

Contabilidade para abrir uma corretora de valores

Você já sabe que abrir uma corretora de valores pode ser um excelente negócio, mas afinal, qual o passo a passo para legalizar esse tipo de empresa?

Para registrar e legalizar uma corretora de valores, você antes de mais nada precisa contratar uma contabilidade especializada.

O contador é o profissional mais indicado para orientar você na abertura e legalização do seu negócio, mas lembre-se, é muito importante que o serviço de contabilidade escolhido tenha experiência na abertura deste tipo de empresa.

Portanto, se você procura uma contabilidade especializada e um time de profissionais preparados para cuidar de todos os trâmites para abrir uma corretora de valores, conte com o nosso apoio, o time da Já Calculei Contabilidade está à sua disposição!

Clique aqui para entrar em contato conosco e receba todas as orientações para abrir a sua empresa.

Abrir Empresa

Como abrir uma corretora de valores: Passo a Passo

Para abrir uma corretora de valores, será preciso seguir alguns trâmites legais que envolvem a abertura de empresas no Brasil, são eles:

  • Definição na natureza jurídica e regime tributário;
  • Elaboração do Contrato Social;
  • Registro do Contrato Social na Junta Comercial;
  • Emissão do CNPJ – Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas;
  • Emissão da Inscrição Municipal e Alvará de Funcionamento.

Além dos documentos comuns a todas as empresas, quem decide abrir uma corretora de valores também precisará de autorizações especiais concedidas pelo Banco Central do Brasil e pela CVM – Comissão de Valores Mobiliários.

Em relação ao CNAE – Cadastro Nacional de Atividades Econômicas, uma corretora de valores deve ser registrada no seguinte código:

  • 6612601: Corretora de Títulos e Valores Mobiliários.

Agora que você já sabe tudo sobre como abrir uma corretora de valores, entre em contato com o nosso time de especialistas e tire os seus planos do papel.

Fale conosco, agora mesmo, clicando aqui.