Abrir CNPJ Para Vender no Mercado Livre. Passo a Passo

Por: | Data: abril 28, 2021

Abrir CNPJ Para Vender no Mercado Livre. Passo a Passo

Empreender tem se tornado cada vez mais simples e acessível, especialmente com plataformas completas de marketplace, como o Mercado Livre. No entanto, embora você possa começar a vender como pessoa física, possuir um CNPJ faz toda a diferença, especialmente caso queira montar seu negócio e vê-lo prosperar rapidamente.

Para vender no Mercado Livre, você não precisa necessariamente possuir uma empresa aberta, nem mesmo um MEI. No entanto, o site fornece algumas opções a mais para quem está regularizado e deseja crescer, expandindo suas vendas e aumentando sua atuação profissional.

Vamos explicar como vender no Mercado Livre e como você pode abrir um CNPJ para o seu negócio online. Continue lendo!

 

O que preciso para vender no Mercado Livre?

Hoje, para vender no Mercado Livre, você pode se cadastrar como pessoa física, utilizando seu CPF, como MEI, e com seu CNPJ, para Microempresas.

Normalmente, as pessoas começam realmente vendendo como pessoa física. No entanto, o Mercado Livre tem promovido cada vez mais ações para incentivar que seus vendedores se regularizem, de forma que possam ampliar seus negócios.

Uma dessas ações é que você pode vender como pessoa física até R$12 mil por mês. No entanto, uma vez que ultrapasse esse valor, é necessário que você informe seus dados fiscais para continuar vendendo na plataforma, e é essencial possuir um CNPJ para isso.

Outra restrição é quanto ao serviço de transportadora da plataforma, o Mercado Coletas, que hoje está disponível apenas para quem vende com um CNPJ, pois é necessário a emissão de notas fiscais para que a transportadora entregue seus produtos.

Ou seja, possuir um CNPJ pode abrir muitas portas para que você comece a trabalhar e ganhar mais vendendo no Mercado Livre.

 

Quando abrir CNPJ para vender no Mercado Livre?

Para quem deseja começar a vender agora no Mercado Livre, o ideal é começar com seu próprio CPF. No entanto, se você já começou a vender e deseja expandir seus rendimentos, avaliar as opções para abrir uma empresa é essencial.

O próximo passo, a partir da pessoa física, é abrir um MEI (Micro Empreendedor Individual). Com o MEI, você pode emitir notas fiscais para as vendas (embora não seja obrigatório emitir nota fiscal ao vender para pessoa física) e também possui uma máxima de faturamento de R$80 mil ao ano. 

Em seguida, a opção é expandir o seu negócio abrindo uma ME (Micro Empresa), que possui um faturamento muito maior, de R$360 mil ao ano.

Dessa forma, você estará dando um passo de cada vez, gradativamente conforme o crescimento do seu negócio.

Vale ressaltar que regularizar seu negócio é muito importante também para garantir mais segurança em sua atuação, pois você estará em dia com todas as obrigações tributárias e fiscais, que são responsabilidade de qualquer pessoa que atue no comércio (mesmo online!).

Além disso, você estará contribuindo adequadamente e garantindo muitos direitos, como o auxílio-maternidade e até mesmo a sua aposentadoria. Ou seja, você estará já pensado no futuro e trabalhando para garantir mais segurança para você.

Vamos explicar as possibilidades para você que deseja regularizar sua situação e abrir um CNPJ, contando com todos os benefícios que o Mercado Livre fornece para as empresas que atuam em sua plataforma.

 

Como abrir CNPJ para vender no Mercado Livre?

Para abrir o CNPJ é necessário entender as necessidades do seu negócio, escolhendo o tipo de empresa que você deseja ter.

Profissionais da contabilidade podem te ajudar em cada etapa desse processo, entendendo qual é a melhor opção para você em cada momento.

Para isso, é necessário avaliar a sua atuação no Mercado Livre, as possibilidades de crescimento e faturamento do seu negócio e em qual categoria você melhor se encaixa.

Vale ressaltar que abrir um MEI é muito mais simples, pode ser feito online e, além disso, todo o pagamento dos impostos é simplificado. Conforme você passar para abrir uma ME, tudo se torna um pouco mais complexo.

Portanto, é essencial contar com profissionais qualificados que possam avaliar junto com você qual é a melhor opção para abrir um CNPJ para suas vendas online, tanto no Mercado Livre, quanto em qualquer outro sistema de marketplace.

Mas, caso você deseje começar realmente com o passo mais simples, abrindo o seu CNPJ como um MEI, o processo é todo facilitado.

Para isso, é necessário que você não tenha participação em nenhuma outra empresa como sócio ou titular e que seu faturamento não ultrapasse 81 mil ao ano (uma média de R$6.750 ao mês).

Para abrir seu MEI, você pode fazer todo o procedimento online e sozinho, mas é importante contar com ajuda de profissionais que te auxiliem, especialmente em etapas em que possui um conhecimento aprofundado de contabilidade se torna importante para compreender  e completar adequadamente o seu cadastro.

Com o MEI, você conta com muitos benefícios, como a isenção de tributos federais, como o Imposto de Renda, a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS), o Programa de Integração Social (PIS) e até Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

No entanto, o MEI possui as suas limitações e caso você já queira abrir a sua empresa para faturar muito mais do que apenas 81 mil ao ano, uma boa opção seria realmente abrir uma Micro Empresa.

Para isso, é essencial ter ao seu lado um escritório de contabilidade te ajudando desde o começo, isso porque você terá que tomar diversas decisões, como escolher o tipo de empresa, o regime jurídico, pró labore, cuidar dos faturamentos, adequar sua empresa nas obrigações fiscais e tributárias, e  também realizar a emissão de notas fiscais.

Ou seja, essa não é uma decisão muito fácil, mesmo que você esteja apenas vendendo na internet. E, se a sua intenção é crescer e expandir o seu negócio, faturando cada vez mais, é muito importante que você comece a buscar pela regularização mais adequada.

Para isso, estamos disponíveis para te ajudar e auxiliar em cada etapa, desde o primeiro passo para a abertura da sua empresa até o acompanhamento dela. Entre em contato com a equipe da Já Calculei que teremos o prazer em te auxiliar a prosperar com seu negócio de forma regularizada!